A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


sábado, 21 de agosto de 2010

SER X TER

Não é de hoje que eu observo a importância que as pessoas dão para valores e acumulos materiais. Quase todo mundo está absorvido pela MATRIX do capitalismo e todos os ''ismos'' necessários para manter a mente humana focada no consumismo desenfreado.



Muito se fala em TER coisas para satisfazer o vazio existencial predominante na grande massa, mas quase nunca ou nunca vemos realmente pessoas interessadas em SER.
Quando conhecemos alguém seja em cursos, palestras, escolas, em festas ou comprando um pãozinho na padaria de manhã, é notável perceber a seguinte pergunta pós as primeiras básicas OI TUDO BEM, COMO VAI, então vem a fatídica ''o que você faz? o que você estudou? com o que você trabalha? Se você percebeu que toda busca é vazia você responderá ''VIVO NO PRESENTE APENAS, NADA MAIS QUE ISTO..NÃO FAÇO NADA E TAMBÉM NÃO BUSCO NADA PORQUE JÁ ACEITEI O TODO'' com certeza, a pessoa não se conformaria com esta resposta.



Este sistema só está com este bando de lunático nos dominando porque continuamos alimentando as diretrizes afirmadas por eles..se você não faz absolutamente nada na sua vida igual ao resto do mundo ou ''MODELINHO PADRÃO'' a sociedade e familiares te fazem se sentir um E.T, com uma grande pressão mental.

A Nova Era praticamente chegou, e como adentrarmos nela com esta mente cheia de velhos paradigmas? impossível..para o novo surgir tudo o que é velho tem que morrer.
As pessoas sempre estiveram na busca de preencher suas vidas,pois se sentem fragmentadas e precisam conquistar muitas coisas e pessoas.
Uma frase do Taoísmo é muito interessante por nos fazer refletir muito ''A ESTRELA SE APOIA NO VAZIO''


Uma pessoa cheia de coisas na cabeça, cheia de pensamentos e desejos insatisfeitos, preocupações e ancia de ter, ter e ter não tem ESPAÇO para perceber a dadiva do Silêncio interior, do VAZIO que tudo é e não sente a dádiva de contemplar e ACEITAR a essência do TODO.

Quando você percebe que não há nada externo a ser conquistado, uma grande paz de espirito é alcançada. Eu não estou dizendo para as pessoas se alimentarem de luz e técnicas afins, virar hippies ou morar nos himalaias jejuando, NADA DISSO..pois isso seria o EXTREMO de um ponto de vista e já sabemos que para tudo tem que ter equilíbrio, CAMINHO DO MEIO, nem sobrando e nem faltando. Só aponto para uma CONDIÇÃO EQUIVOCADA onde por muito tempo foi imposto este ideal do TER ao invés de SER.


Quando há ACEITAÇÃO própria com seus dons e jeito único de ser, muitas bençãos universais vem aos seu encontro pois, você se aceitando não há comparação.Você passa a ser você mesmo, transmite uma grande paz e luz própria e descobre que tudo é passageiro. Descobre que saber quem somos nós verdadeiramente dentro desta teia da vida, é a meta AQUI E AGORA. Você passa a ser celebrativo e alegre e já não deixa o medo dominar como no estado passado fragmentado. Muito se fala de guerras apocalipticas, batalhas e afins, mas desconfio que a verdadeira batalha verdadeira neste mundo é SER LIVRE PARA VIVERMOS NOSSA VERDADEIRA ESSÊNCIA.


O que importa se este final de ciclo esta recheado de pestes e catástrofes? tudo vai passar e o que importa é celebrar o AGORA.Você descobre que o único lugar realmente seguro é dentro de si mesmo e passa a sentir e viver no AMOR e o seu MELHOR te protege porque sua vibração é alta e nada inferior te atinge.

Neste mundo neurótico é muito mais fácil TER realmente, pois SER implica responsabilidade e autoapoio, e ser original e extraordinário hoje em dia em um mundo onde todos imitam e seguem a ''norma'' ou ''padrão'', realmente é para poucos.


Agora deixo uma letra de música chamada Ouro de Tolo do Saudoso Raul Seixas que foi um homem extraordinário a frente de seu tempo e por isso muito mal interpretado pelo ''padrão'' comum.. Grande estrela que deixou seu corpo físico e voltou para o céu exatamente no dia 21/08/1989...


Ouro de Tolo

Eu devia estar contente
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeirosPor mês...

Eu devia agradecer ao Senhor
Por ter tido sucessoNa vida como artista
Eu devia estar feliz
Porque consegui comprarUm Corcel 73...

Eu devia estar alegre
E satisfeito
Por morar em Ipanema
Depois de ter passadoFome por dois anos
Aqui na Cidade Maravilhosa...

Ah!Eu devia estar sorrindo
E orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa...

Eu devia estar contente
Por ter conseguido
Tudo o que eu quis
Mas confesso abestalhado
Que eu estou decepcionado...

Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto "e daí?"
Eu tenho uma porção
De coisas grandes prá conquistar
E eu não posso ficar aí parado...

Eu devia estar feliz pelo Senhor
Ter me concedido o domingo
Prá ir com a família
No Jardim Zoológico
Dar pipoca aos macacos...

Ah!Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro
Jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco...

É você olhar no espelho
Se sentir
Um grandessíssimo idiota
Saber que é humano
Ridículo, limitado
Que só usa dez por cento
De sua cabeça animal...

E você ainda acredita
Que é um doutor
Padre ou policial
Que está contribuindo
Com sua parte
Para o nosso beloQuadro social...

Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentes
Esperando a morte chegar...

Porque longe das cercas
Embandeiradas
Que separam quintais
No cume calmo
Do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora
De um disco voador...


Ah!Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentesEsperando a morte chegar...

Porque longe das cercas
Embandeiradas
Que separam quintais
No cume calmoDo meu olho que vê
Assenta a sombra sonoraDe um disco voador...

2 comentários:

  1. Ah Viajante Cósmica, obrigada por esse texto, outra pérola de sensibilidade, de uma mente realmente da nova era.

    Parabéns!

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. AH querida flor!! eu que agradeço a cada dia por ter encontrado você, a Laura e a Iara. Grande Bjo..NAMASTÊ!!

    ResponderExcluir