A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012


Dois patos depois que se confrontam, separam-se e afastam-se em direções opostas. Em seguida cada um deles bate as asas vigorosamente algumas vezes, liberando assim o excesso de energia acumulada durante a luta. Depois disso, eles nadam em paz, como se nada tivesse acontecido.

Se o pato tivesse a mente humana, ele conservaria a luta viva no pensamento por meio de uma história. Provavelmente, ela seria assim: ” Não acredito no que ele acabou de fazer. Ele chegou a poucos centímetros de mim. Pensa que é o dono do lago. Não tem consideração pelo meu espaço privado. Nunca mais vou confiar nele. Da próxima vez, ele vai fazer a mesma coisa só para me aborrecer. Tenho certeza que já está tramando alguma coisa. Mas não vou suportar isso de novo. Vou ensinar a ele uma lição de que não vai esquecer.”

É dessa forma que nossa mente cria as histórias, uma atrás da outra. E é assim que a maioria das pessoas vivem suas vidas, cada acontecimento criam inúmeras histórias.

Aprendamos então com os patos: bata suas asas, isto é, “deixe a história para lá” e retorne para o único lugar importante: o momento presente.

trecho do livro- O despertar da consciência (eckhart tolle)

Nenhum comentário:

Postar um comentário