A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


segunda-feira, 5 de março de 2012

A MATRIX É PURA ILUSÃO


Coloquei um post sobre os Illuminatis e surgiram alguns comentários que me fizeram pensar em escrever sobre a ilusão da Matrix. Já há algum tempo venho percebendo que o pessoal que se liga em ufologia e em conspirações esbarrou, literalmente, no controle da "Matrix", a ilusão na qual estamos inseridos. Meu marido sempre fala que estas pesquisas que faço não me levarão a nada, porque estou tentando entender a ilusão, e ilusão é ilusão, não há nada para entender, apenas para tentar sair dela. E a saída dela é pela espiritualidade.

Quando nos permitimos conceber que tudo, absolutamente tudo isto aqui, toda a matéria e todos os sistemas sociais em que estamos inseridos é uma ilusão, uma ilusão que é controlada por dentro e por fora da Matrix, assim como no filme as máquinas controlam a ilusão de fora e de dentro através de seus agentes (os agentes internos penso eu que são os Illumintis), fica fácil perceber como, às vezes, ficamos nos degladiando sobre questões que são absolutamente indiferentes, não nos levarão a nada. Porque ficamos discutindo se é melhor a ilusão atual ou a futura, se é melhor a ilusão em que somos escravos do dinheiro, ou se é melhor a ilusão em que seremos escravos da tecnologia, de chips e coisas do gênero. Tudo continua sendo apenas uma ilusão, da qual podemos nos desprender, quando estivermos realmente dispostos a fazer os sacrifícios necessários a tanto, como fizeram os Budas do passado, que largaram tudo e ficaram lá, em meditação, buscando, de fato, alcançar a iluminação e cair fora da ilusão da Matrix. Isto não é proibido dentro da Matrix, mesmo porque são pouquíssimas, senão raríssimas pessoas realmente dispostas a largar todos os prazeres dos sentidos da matéria oferecidos pelas ilusões da Matrix para obter esse resultado. Então as "perdas", para os que têm interesse em nos manter na ilusão, são bem poucas de cada vez.

De outro lado, para a grande maioria das pessoas como nós, comuns, que tentam levar suas vidas da melhor maneira, até buscando a espiritualidade, às vezes, mas sem, de fato, fazer os sacrifícios que seriam necessários para realmente cair fora da ilusão da Matrix, é do nosso interesse que a Matrix ofereça um formato o menos sofrível possível. Neste aspecto (mas sem perder de vista que a Matrix continuará sendo parte da ilusão), as mudanças que estamos passando trarão uma nova configuração da Matrix, com upgrade, um formato mais avançado, com possibilidades mais interessantes que o formato atual. Mas continuará sendo a Matrix, uma ilusão da qual precisamos sair, um dia, quem sabe, talvez depois de muitas encarnações.

Neste aspecto, fico pensando: as almas, como nós, que estão imersas nessa ilusão e não conseguem ainda sair fora dela, sucumbem todos os dias ao comodismo da matéria, a viver o dia a dia, curtir os prazeres dos 5 sentidos, e buscar só de pouquinho a espiritualidade, frequentando algum lugar ou realizando algumas práticas, como meditação, mas sem realmente mergulhar nessas coisas, fazer só de pouquinho, como a maioria faz (leva a vida, trabalha etc, curte a matéria e frequenta algo da espiritualidade, mas apenas como um complemento), tem que haver algum lugar para todas essas almas ficarem, até alcançarem a iluminação e sair desse estado de ilusão. Admtindo-se que tudo, na matéria, tudo, é ilusão e estamos neste mundo, nesta ilusão, destinado a almas nesse nível de consciência do seu estado de ilusão. E a grande maioria de nós não irá se iluminar e cair fora da Matrix tão cedo, ainda levará muitas e muitas encarnações. Logo, a conclusão a que cheguei é que o mundo da ilusão é necessário para abrigar almas nesse nível de consciência e, como os níveis são muitos variados, há vários mundos de ilusão, inferiores e superiores. E este aqui está passando por um upgrade para um nível de ilusão melhorzinho, para abrigar almas um pouco mais conscientes, mas ainda em estado de ilusão. É uma melhora geral, mas continua sendo ilusão e esta é num formatinho de prisão, sendo que para escapar dela não é nada fácil.

Lembrei do final do filme O Pequeno Buda, que conta a história do Buda até atingir sua iluminação (curiosamente, o ator desse filme também é o Keanu Reeves, o mesmo do Matrix), quando ele enfrenta o demônio Maya, da ilusão, e consegue superá-lo, ele termina dizendo a ele "Òh grande Arquiteto, você é pura ilusão". Isto sempre me chamou muito a atenção, porque ele chama o demônio da ilusão como O Grande Arquiteto. Logo, O Grande Arquiteto = Demônio = Ilusão. Este mundo da matéria, todinho ele, é do capeta, como dizem os evangélicos, e eles estão certos. Mas ele é um Grande Arquiteto, porque criou este mundo e ele é necessário para almas como nós, que precisamos dele para tentar passar um tempo e ter lições que nos levem até a iluminação, um dia. Acho que o mais difícil para todo nós é tomar consciência de que não temos grande nível de consciência, tomar consciência de que somos todos iludidos, fazemos parte das massas presas na ilusão, como muitos dizem (e estão certos - machuca, ofende, mas é verdade - o machucar e se ofender só faz parte de nossos egos imensos que não consegue lidar com a verdade, é só mais uma ilusão e a pior de todas, que nos deixa tapados para perceberr a verdade e nos deixa mais vulneráveis ainda para continar a sermos manipulados e megulhados nesta ilusão).

Sei lá, só uma reflexão.

abração
Iara De Lorenzo



4 comentários:

  1. Oi Iara! eu não estou querendo ficar por mais vezes (encaranções) por aqui. Acho que o bonde vai passar por estes tempos. São momentos de mudança que estamos passando e não há forças contrarias para nos impedir. É uma questão de escolha pessoal. Eu, particularmente estou fazendo esforços hercúleos para lidar com essa Matrix, pois depois que aprendemos a ver além das ilusões e falcatruas, fica difícil "conviver" nessa energia do medo e da falta de poder pessoal. A Nexus está por aí e temos que ir além do que aprendemos nessa questão de carma, débitos de vidas, colônias espirituais, ou seja, é tudo uma prisão. Abração prá você!

    ResponderExcluir
  2. Olá Fernando! gratidão por seu comentário!

    Este blog não é da Iara não rs.. o dela é o CONEXÃO SIRIUS. Eu compartilhei este texto dela aqui pois, é de imensa importância esclarecer esta energia que podemos aproveitar para o despertar da consciência que está fluindo em direção ao nosso planeta agora.

    Sim! eu também acredito que a liberdade está acessível agora a qualquer um, basta se desfazer de crenças impostas através das religiões, onde nos fizeram acreditar por séculos que somos pecadores, que precisamos fazer rituais para deuses, santos e etc., que precisamos ter uma religião, que precisamos disso..daquilo e etc.,

    Tudo parte do mesmo programa imposto em nossas mentes para que a mesma nunca chegasse ao silêncio interior, para que sempre ficassemos ocupados com tudo ao nosso redor, menos com nossa própria consciência...

    Mas como você bem disse, a nexus está aí...acreditem os seres ou não, esta energia já está se manifestando em nossos corpos físicos e trazendo tudo aquilo que por muito tempo varremos para debaixo de nosso tapete mental, a tona...

    Nosso destino é a liberdade...nada mais que isso hehehe não importa quanto tempo as pessoas fiquem presas a suas mentes e crenças religiosas durante a vida ou na morte rs...

    Ser livre não é cômodo para seres que se acostumaram a viver em bandos... TUDO É QUESTÃO DE NECESSIDADE DE CRENÇA...

    Grande discernimento o seu, amigo!
    Abraço e luz da consciência!
    Viajante Cósmica.

    ResponderExcluir
  3. oiê. Eu encerrei o conexão sirius. Passei aqui para deixar o endereço do meu novo blog, se quiser passar por lá...hehe
    beijinhos
    Iara
    http://sementesdomillenium.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Iara!
    Sim, com certeza irei conferir e já recomendar o link como ótima fonte de pesquisa ;)

    Grande abraço!

    ResponderExcluir