A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


domingo, 30 de maio de 2010

A imunização por meio de vacinas é uma prática perigosa. Não evita doenças, debilita o organismo e, em alguns casos, pode até matar.



OBS: '' Dentro de nós está o poder de nosso consentimento para a saúde e a doença, a riqueza e a pobreza, a liberdade e a escravidão. Somos nós que controlamos isso e não os outros''.


(Trecho do livro ILUSÕES de Richard Bach)


------------------------------------------------------------------------------------------------





A imunização por meio de vacinas é uma prática perigosa. Não evita doenças, debilita o organismo e, em alguns casos, pode até matar.






Nadando contra a corrente das idéias predominantes na medicina tradicional, quero erguer minha voz contra o que considero uma imposição impiedosa e indefensável no mundo moderno: as vacinas. Nascido numa família de médicos e profissional da área da saúde há 20 anos, durante muito tempo relutei em ponderar sobre esse assunto, ante o medo irracional dos micróbios e suas doenças. Depois de muitos estudos, posso afirmar que as vacinas não só não evitam complicações de saúde, como podem até matar. Tenho quatro filhos, nunca os vacinei e eles, na faixa dos 4 aos 17 anos, são bastante saudáveis.

Como biogenista sei que a saúde não é conseqüência da administração de medicamentos e vacinas. A biogenia vê a saúde como fruto de hábitos saudáveis e da obediência às leis naturais – uma fórmula baseada em água pura, ar puro, alimentos puros. A doença, por sua vez, é fruto da transgressão aos padrões da natureza. Além de não colaborarem na preservação da saúde, as vacinas podem causar inúmeros problemas ao organismo.
Vacinas são poções constituídas de microorganismos mortos ou atenuados que, introduzidas no corpo humano, estimulam o sistema imunológico a produzir anticorpos contra um invasor.
O nome, originário da expressão latina materia vaccinia, lembra a experiência pioneira do médico inglês Edward Jenner, que, em 1796, inoculou, numa criança, soro de varíola bovina, supostamente imunizando-a contra o mal. Segundo a teoria predominante, a vacina gera uma memória reativa que permite ao organismo defender-se do agente patológico. O que poucos sabem é que esta é uma teoria não comprovada que, portanto, não goza de um fundamento científico sustentável.

A crença nas imunizações apóia-se, sobretudo, na "teoria dos germes" de Louis Pasteur, o famoso químico francês do século XIX. Pasteur acreditava que a limpeza reina em nossas células e que todos os micróbios responsáveis pelas doenças procedem do exterior. Deduziu, então, que a um germe específico corresponderia uma única doença, cuja prevenção seria possível mediante a aplicação de uma vacina. Um raciocínio perfeito, não fosse a oposição dos fatos.
A ciência atual demonstra que apenas uma parte dos indivíduos que entram em contato com germes adoecem, o que ressalta a evidência de outros fatores por trás dos sintomas das moléstias. Micróbios vindos de fora têm baixa capacidade reprodutiva, estão inativos e são inócuos. Dificilmente seriam a causa principal de desordens orgânicas. Sabe-se também que o ser humano possui dez vezes mais bactérias do que células, fato que, em vez de anomalia, parece ter origem no sábio equilíbrio da natureza. Afinal, bactérias alimentam-se de matéria em decomposição, toxinas, e cumprem, no interior de nosso corpo, a função de "limpadoras" especializadas. Sem elas, certamente morreríamos.

Um fato histórico, ocorrido em 1890, ilustra de modo irrefutável o que aqui expomos. Naquele ano, em Munique, Alemanha, o Prêmio Nobel de Medicina Robert Koch debatia com o cientista Max Pettenkofer a respeito da ação dos germes quando, subitamente, este último arrancou das mãos de Koch a proveta na qual o médico exibia uma cultura da bactéria do cólera. "Vosso bacilo não é nada, o que conta é o organismo", disse Pettenkofer. Em seguida, diante da platéia horrorizada, sorveu até a última gota o conteúdo mortal do tubo. "Se a vossa teoria estiver certa, em 24 horas serei um homem morto", completou o desafiante. Pettenkofer ainda viveu muito tempo após o episódio e Koch, ironicamente, foi o único a adoecer.
O sonho da imunização por meio de vacinas é uma afronta aos direitos individuais. Antes do final da Segunda Guerra Mundial não havia campanhas amplas de vacinação e, muito menos, obrigatoriedade da aplicação de certas vacinas. Surpreende que tudo isso ocorra na atualidade, apesar de os cientistas continuarem sem saber como as vacinas funcionam e sequer haver um padrão científico para produzi-las.

Há três anos, a Associação Francesa de Poliomielite constatou que a quase totalidade dos casos de poliomielite nos Estados Unidos surgiram em crianças que receberam a vacina oral. Outras vacinas predispõem ao diabete e à síndrome da morte súbita (choques alérgicos fatais). Ao exaurirem e intoxicarem o organismo, elas podem contribuir para casos de encefalite, câncer e Aids. É compreensível: todas elas contêm substâncias tóxicas, como o mercúrio, DNA de animais doentes, pus e outros produtos usados para ativar a produção de anticorpos.
Aos defensores das vacinas deixo aqui um desafio: continuem se expondo a dezenas dessas poções e mantenham-se saudáveis – se puderem.

Fernando Travi é fundador da Sociedade Biogênica Brasileira

sábado, 29 de maio de 2010

Gripe suína: governo usa internet para esclarecimentos





Gripe suína: governo usa internet para esclarecimentos

São Paulo - O Ministério da Saúde montou uma 'operação de guerrilha' para reagir aos e-mails com boatos sobre a vacinação contra a gripe suína e esclarecer a população. Além de responder cada mensagem eletrônica a respeito do suposto perigo da vacina, o ministério criou perfis em redes sociais como Twitter, Facebook, Orkut e Formspring.me (site de perguntas e respostas) como forma de ampliar a comunicação.
Resultado: entre 8 de março e 26 de maio, foram 41.361 intervenções. E a equipe responsável pelo serviço passou a ser convidada para dar palestras em outros órgãos públicos, como Ministério Público Federal, sobre como ampliar a participação na rede mundial de computadores.
O trabalho na internet começou em 2007, durante uma campanha de doação de órgãos, quando comunidades sobre o tema foram contatadas e repassaram as informações do ministério. E foi intensificado com a vacinação contra rubéola - o boato da época era que a imunização seria uma campanha de esterilização em massa.
A participação na rede ganhou força com o início da vacinação contra a gripe suína. "Em março, recebi até 40 e-mails por dia de pessoas perguntando se as informações daquele e-mail eram verdade", diz Marcier Trombiere, chefe da assessoria de Comunicação Social do ministério. A estratégia foi responder cada mensagem, replicando para todos os destinatários do e-mail e pedindo que a informação "correta e científica" do ministério fosse retransmitida. "O ministério foi impelido a trabalhar de forma ostensiva na internet", afirma. Hoje, o ministério tem uma equipe de 12 pessoas para monitorar a internet. O tempo médio de resposta é de 15 a 30 minutos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

FONTE: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia/2010/05/29/gripe-suina-governo-usa-internet-para-esclarecimentos.jhtm

Pesquisa com mais de mil crianças mostra que assistir à televisão emburrece



OBS: olha só que rídiculo..só agora descobriram a realidade rsrs



RIO - Uma polêmica que está sempre indo e vindo, virou hit com os Titãs ("a televisão me deixou burro muito burro demais") e é alvo de inúmeros estudos científicos volta à tona a partir de uma nova e enorme pesquisa da Universidade de Montreal, no Canadá: assistir à televisão emburrece as crianças, como mostra reportagem do The Independent .




Os cientistas acompanharam 1.314 crianças nascidas em Quebec entre 1997 e 1998, com idades entre 29 meses (2 anos e meio) e 53 meses (4 anos e meio) até chegarem aos 10 anos. Seus pais precisavam relatar quantas horas os filhos assistiam à TV e os professores avaliavam a evolução acadêmica delas, suas relações psicosociais e seus hábitos de saúde. Em média, as crianças de 2 anos assistiam a 8,8 horas por semana à TV e as de 4 anos, uma média de 15 horas por semana. A pesquisa foi publicada nesta segunda-feira no Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine.Os pesquisadores descobriram que os pequenos que passavam mais tempo em frente à telinha eram piores em matemática, comiam mais junk food e sofriam mais bullying de outras crianças.As descobertas mostram que há evidências científicas de que a TV prejudica o desenvolvimento cognitivo e que o governo canadense deveria limitar o número de horas das crianças em frente à TV. Os pediatras americanos já recomendam que aquelas com menos de 2 anos não deveriam assistir à TV alguma e as mais velhas deveriam ter um limite diário de 2 horas por dia no máximo. A França já proíbe programas para crianças com menos de 3 anos e a Austrália recomenda que as entre 3 e 5 anos não assistiam a mais de uma hora por dia.




Os cientistas que conduziram o estudo afirmaram que a fase pré-escolar é importantíssima para o desenvolvimento do cérebro e que o tempo em frente à TV é um desperdício e pode levar à aquisição de hábitos ruins. A autora do estudo, Linda Pagani, da Universidade de Montreal, disse que o impacto negativo de se assistir à TV nesta idade permanece por toda a vida.- Nossa descoberta mostra que este é um problema de saúde pública e que deveria existir um guia com diretrizes da Academia America de Pediatria sobre o número de horas recomendado em frente à TV.



O psicólogo Aric Sigman, que fez a revisão de 30 estudos científicos sobre TV e computadores, disse que os programas mostrados nos aparelhos modernos têm uma velocidade de edição mais rápida, sons mais altos e cores mais intensas do que nos anos 60 e 70, e que isso afetaria "dramaticamente as nossas mentes".



fonte: o globo

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Sistema educacional = Fraude e Emburrecimento

Tá aqui o link de um documentário curtinho sobre o assunto, mas muito bom. Mostra como o sistema educacional se originou, foi acolhido nos EUA e importado para o Brasil, de modo a "moldar" os pensamentos, de modo particularmente interessante para os governos, que querem bons trabalhadores, bem comportados, que não se oponham ao sistema proposto (caso contrário, atrapalha...hehehe). clique aqui

Retirado do blog http://conexaosirius.blogspot.com

Seja a Luz!

Quem ainda busca o externo não está centrado em si e por essa razão “pegam as cargas dos outros”, pois estão ressonantes com estas cargas, com os problemas alheios. Muitos querem receitas prontas. Porém, quando conseguirem ouvir os vossos corações as receitas virão automaticamente da Fonte.
A receita mais importante é se centrarem em vossos corações. Quem ainda não consegue isso é porque não tem certeza de ser filho da Fonte. Ao ter essa certeza 24hs por dia não haverá magia capaz de agir sobre vocês. Serão expressões da Fonte. Enquanto não se centrarem em vocês, o externo ainda os afetará.



Vocês são o que são, não há como racionalizar tudo o que vem da Fonte Maior. Muitos querem ouvir o seu orixá, o seus amparadores e para isso, devem perceber que esse ouvir é sentir no coração e por isso, acabam não ouvindo nada. Devem trabalhar o cardíaco para receberem ajuda. Parem de viver no mundo do “achismo”.
Assuma quando não souber algo ao invés de falar algo equivocado. Parem de achar, sintam. Ou vocês sentem ou vocês não sabem. O achismo deturpa.
Não externem verbos que vos desarmonizem. Quantas vezes vocês blasfemam contra Deus? Ao terem esta atitude estão blasfemando contra si próprios. Ao odiar alguém estão odiando a si próprios. Quando não acreditam em Deus, não estão acreditando em si.


As qualidades dos orixás estão dentro de vocês. Ao blasfemarem contra algum orixá estão blasfemando contra essa qualidade em vocês. Busquem se transformar em uma manifestação de Deus. Esse estado de graça é o estado para a ascensão.

Aquele que segue Deus, É.


Fonte: www.rodrigoromo.com.br

terça-feira, 25 de maio de 2010

AS DUAS ORIGENS



Existem duas origens para vocês, uma é a biológica humana. A qual annunakis, sirianos, pleiadianos, venusianos, canopianos... um total de 22 delegações fabricaram biologicamente a raça humana. Eles são os que vocês conhecem como deuses.


Porém, a alma de vocês não foi formatada na Terra! Espiritualmente vocês já existiam muito antes de virem para cá e já encarnavam em outros planetas. Vieram fazer uma experiência e aqui ficaram presos porque não estavam capacitados a viver a dualidade das emoções humanas. Ou seja, vocês mesmo eram esses extraterrestres que eu citei!


A origem espiritual monádica, supramonádica do seu Eu Sou é ligada a Micah, a Cristo Miguel, a Mitch Ham Ell, a Shtareer e todas essas hierarquias de luz, mas não a estrutura biológica da raça.

Vocês estão humanos, mas não são humanos!


Vocês já estiverem reptilianos, insectóides e outras formas mais, e voltarão a estar em novas formas.


Neste momento a experiência é no reino mamífero humano. É uma bagagem que estão adquirindo, que irão assimilar em nível de consciência e continuarão a jornada em outras esferas.

É importante que percebam que todas as formas de vida do universo são tão divinas quanto vocês! A energia primordial divina não tem forma, não tem imagem é simplesmente energia. Isso é a Fonte.

Em cada planeta, em cada universo a radiação assume uma forma para conseguir experienciar o processo co-criacional. Em outras palavras, todo filho de Deus deve voltar para Deus como Deus, como um co-criador com Deus. Este é o destino de todos nós, inclusive das entidades espirituais.

Essa jornada na escala temporal terrestre leva alguns bilhões de anos e é irreversível. Todos irão voltar a Fonte de alguma forma.

Fonte: www.rodrigoromo.com.br

H1N1: Ministério da saúde alerta que falso positivo pode ocorrer até 4 meses após vacina

OLHEM COMO ELA PASSA A INFORMAÇÃO, PARECE NÃO QUE ELA FOI PAGA PELA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA PARA PASSAR A NOTÍCIA COM TANTA TRANQUILIDADE, MAS QUE ELA PRÓPRIA É A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA.


Retirado de: http://www.anovaordemmundial.com/


O Departamento de Doenças Sexualmente Transmitíveis, AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde liberou uma nota técnica sobre a possibilidade de resultados falso-positivos em testes imunoenzimáticos (ELISA) para HIV entre pessoas que receberam a vacina contra o vírus da gripe suína.Conforme o departamento, "devido à forma acelerada de produção industrial da vacina contra o vírus H1N1, não há no momento dados disponíveis sobre todos os efeitos colaterais,porém foi observado que pessoas que tomaram a vacina, ao fazer o teste de HIV-1 apresentaram falsos positivo, ou seja, os resultados indicaram que o vírus da aids está presente, quando, na verdade, não está".

De acordo com o Ministério da Saúde, isso ocorre porque, ao tomar a vacina, o corpo começa a produzir anticorpos Imunoglobina M (IgM), primeira defesa do organismo contra infecções. Nesse processo, a presença de anticorpos dirigidos a outros agentes infecciosos que podem ser similares ao HIV, produziriam resultados falso positivo nos exames. Eu achei em algumas publicacoes associacao entre o IgM e o esqualeno. Me corrijam se eu estiver errado, mas me parece que o IgM é um anti-corpo anti-esqualeno. Mais um benefício do esqualeno, minha gente!!!Segundo a orientação do departamento de DSTs, em caso de teste positivo, é recomendada a realização de uma verificação o resultado.


O segundo exame não deve ser reagente em caso de reação cruzada com anticorpos produzidos em resposta à vacina contra o vírus da gripe suína. Ainda assim, o resultado negativo nestes testes não descarta a infecção pelo HIV, já que o paciente pode estar no estado de soro conversão, ou outra enfermidade que interfira nos resultados.O Ministério da Saúde recomendou que os profissionais responsáveis pelo diagnóstico do HIV-1 devem informar aos pacientes que receberam a vacina da gripe suína sobre a possibilidade de resultado falso positivo nos testes. Caso necessário, também devem convocar os pacientes para a realização de nova coleta após 30 dias, até que o diagnóstico seja definitivo.


-----------------------


Update:


Na matéria da globo é detalhado que o falso resultado positivo pode ocorrer até 112 dias após tomar a vacina, ou seja, 4 meses. O mais incrível é que este "probleminha" já havia sido detectado pela Anvisa em março, mas apenas agora, no fim da campanha, é que resolveram divulgar a informação. No vídeo da globo diz que o prazo é de 30 dias, mas na matéria escrita é de 4 meses. Nem conseguem entrar em acordo neste período.Segunda a técnica Lilian Inocêncio, "não há motivo para pânico. Ninguém precisa se preocupar porque nenhum paciente vai receber o resultado positivo sem que seja feita a contraprova", afirmou Lilian.


De acordo com ela, "nenhum paciente é informado de que tem o vírus HIV sem que seja feita antes a contraprova."Normalmente a pessoa quando tem positivo é chamada para fazer outro exame, de forma que no meu ver não muda nada. Vão chamar o camarada para fazer um outro exame, o que deixaria qualquer indivíduo completamente desesperado. Imaginem a quantidade de pessoas com exames falso positivos já desde março? Quantas pessoas não tiveram suas vidas arruinadas por causa de um falso positivo deste? Não há motivo para panico? Porque não deram esta informação antes então?E claro que não foi divulgado para não atrapalhar a campanha de vacinação. Se as pessoas já tinham dúvidas em tomar a vacina, imaginem sabendo que ela teria ainda mais este efeito?Achei interessante esta declaracão do chefe do Laboratório de Imunologia Clínica e Alergia da USP:
"No limite, o que acontece com a produção industrial em ritmo acelerado da vacina contra a nova gripe é que, se a quantidade de adjuvantes, os componentes que potencializam a ação da vacina, estiver um pouco acima, pode fazer a resposta imunológica ter uma reatividade cruzada: acabar dando positivo para várias outras coisas."



E que tal os efeitos nocivos de uma maior quantidade de esqualeno?Vejamos no site da GSK, uma das produtoras da vacina, na seção de interações da vacina Pamdemrix, a vacina contra H1N1 da GSK:

http://health.gsk.com/hcp/H1N1Vaccine/safety.htm

"Após a vacinação contra a gripe, podem ser obtidos falso positivos nos testes de sorologia pelo método ELISA para o anticorpo do vírus da imunodeficiência humana-1 (HIV-1), vírus da hepatite C e, especialmente, HTLV-1. Nesses casos, o método de Western Blot é negativo. Estes resultados falso-positivos transitórios podem ser devidos à produção de IgM em resposta à vacina."Esta informação estava disponível desde outubro de 2009. Isto pode ser checado pesquisando pelo texto em inglês, e o resultado mais antigo é de 29/out/2009. Mas claro, não havia interesse em divulgar esta informação.

H1N1: MÉDICO EXPÕE OS MITOS SOBRE A GRIPE E A VACINA - APAREÇAM, APAREÇAM



A vacina contra H1N1: Notícias direto do úbere de blossom


Dr. Alessandro Loiola

Era uma fresca manhã de 14 de maio de 1796 quando o médico inglês Edward Jenner pegou o menino James Phipps e arranhou e bezuntou seus braços com secreções purulentas colhidas das mãos de uma ordenhadeira chamada Sarah. Sarah havia recentemente contraído uma forma de varíola bovina das tetas de sua vaquinha predileta, Blossom. E Blossom, ruminando serena, nem sabia o que eram varíola ou tetas, tampouco que ela própria era um bovino.
E então James, de apenas 8 anos de idade, adoeceu, teve febre, sentiu-se mal por alguns dias e recuperou-se. Mas isso não foi suficiente para Jenner. Após alguns dias, ele investiu novamente sobre o menino (cientificamente falando, claro), sentando-lhe uma dolorosa injeção de material fresco de varíola humana. Afora a picada, o menino nada sentiu ou desenvolveu. Ele havia se tornado imune à varíola – o equivalente atual a ser imune ao HIV.
A experiência bizarra de Jenner poderia ser classificada como algo entre o desumano e o neonazista – ou ambos -, mas sua audácia resultou em um avanço que salvaria mais vidas que qualquer outra descoberta médica na assombrosa história da humanidade. Utilizando camponeses como porquinhos da Índia, Jenner havia descoberto a vacinação.Quase 3 séculos mais tarde, somos assolados por uma nova epidemia. Desta vez, uma mutação do banal vírus da Gripe. Sim, banal. Perto de uma garrafa de cerveja, o influenza H1N1 é um iniciante: calcula-se que o H1N1 tenha ceifado cerca de 15 mil vidas no ano passado, em todo o mundo. No mesmo período e local, pelo menos 2,3 milhões de pessoas morreram devido a problemas relacionados ao consumo de álcool - e você não tem um ataque de pânico ao ver uma garrafa de Chivas, tem?
Ah, sim: segundo dados da OMS, a cada ano o trânsito causa mais de 1 milhão e duzentas mil mortes e o Fumo, cerca de 5.000.000 de óbitos. Se você conhece algum tabagista que dirige, providencie agora mesmo uma coroa de flores para ele. Quem sabe comprando adiantando você consegue um bom desconto.Por causa da burrice generalizada... perdão, deixe-me corrigir: por causa das agendas equivocadas, da incapacidade institucionalizada e da corrupção hereditária, nosso governo vai investir uma senhora grana na aquisição e distribuição de mais de 100 milhões de doses da vacina contra H1N1. Pilhas e pilhas e pilhas de notas de reais investidos em uma campanha nacional de seringa-marketing. Tsc, tsc.
Quer melhorar a saúde da população?
Então que tal não deixar faltar remédio para hipertensão no posto saúde e acompanhar de perto todo e qualquer hipertenso? Afinal de contas, a hipertensão arterial é responsável por mais de 7 milhões de mortes prematuras a cada ano.Mas tudo bem. Isso combina como uma luva com a estratégia de saúde de um (des)Governo que criou com pompas e circunstâncias o Fome Zero, destinado a aplacar a desnutrição de 18 milhões de brasileiros – e pouco fez para controlar o excesso de peso que atinge outros 70 milhões de patrícios. Temos 3 gordos para cada 1 desnutrido e querem distribuir mais comida. Tá certo. Nada contra. O faturamento do meu consultório agradece.
Minha pirraça com esta campanha de imunização contra o H1N1 reside na sinistra rapidez com que uma vacina de massa foi desenvolvida e prontamente disponibilizada à população. Os primeiros casos de H1N1 foram detectados em abril de 2009 e menos de um ano depois já temos uma vacina "absolutamente segura e eficaz"? Hum... sei não... vou perguntar pro Papai Noel, pode?Em 1999, uma vacina infantil "altamente eficiente" contra rotavírus foi rapidamente retirada do mercado nos EUA: após 14 meses de vacinações, as estatísticas mostraram que a RotaShield aumentava de modo significativo o risco de intussuscepção – um tipo de obstrução intestinal potencialmente fatal.Até hoje, corre solta a discussão se o aumento nos casos de autismo observado nas últimas décadas não estaria relacionado ao timerosal, um conservante presente em muitas vacinas. A pressa é inimiga da perfeição – e vizinha do superfaturamento.Uma (excelente) revisão recente da Cochrane Collaboration, envolvendo mais de 70 estudos científicos de qualidade, concluiu que nem mesmo a vacina contra gripe comum possui evidências concretas sobre sua eficácia em pessoas com mais de 65 anos de idade. Que dirá a vacina para o H1N1.
A princípio, espera-se que uma vacina cause menos efeitos que a doença contra a qual ela oferece proteção. Mas esses dados ainda não estão disponíveis para a vacina contra o H1N1. Os próprios especialistas americanos, do CDC, do FDA e do Departamento de Defesa estão vigilantes para identificar quaisquer eventuais efeitos colaterais. "Podem ocorrer alguns efeitos adversos, algo poderia acontecer, mas nós acreditamos que isto é altamente improvável", disse o especialista Dr. Mark Mulligan, diretor executivo do Emory Vaccine Center, em Atlanta (EUA).Como é que é? Eles "acreditam" que um efeito colateral é altamente improvável? É alguma procissão de fé? Chama o Papai Noel aí de novo.Eu muito modestamente creio que um programa direcionado para a melhoria das condições sanitárias e nutricionais da população possuiria uma relação de custo-benefício bem superior a certas campanhas de vacinação. Por exemplo: por que não substituir a campanha anual de vacinação contra gripe por um programa sazonal orientando a população a utilizar suplementos de vitamina D3?
Ao contrário da vacina, a vitamina D3 oferece uma proteção quase universal contra o Influenza. Além disso, em doses maiores, a D3 pode ser capaz de curar a gripe.Lamentavelmente, a mentalidade feudal de Edward Jenner prevalece. Seu legado intelectual pode ser insubstituível, mas não tenho vocação para cobaia. Entre as injeções contra H1N1 e o estábulo, ainda prefiro o úbere de Blossom.Se a curiosidade lhe mordeu, recomendo então mais alguns links para artigos sensatos sobre H1N1 e a milagrosa vacina:
- Pandemia de gripe ou pandemia de pânico? - http://www.channel4.com/news/articles/science_technology/pandemic+flu+or+pandemic+panic/3279557
- Uma gigantesca indústria aguarda pela pandemia - http://www.spiegel.de/international/world/0,1518,637119,00.html
- O que nós realmente sabemos sobre a vacina?http://www.theglobeandmail.com/news/opinions/what-do-we-know-about-the-vaccines-safety-not-enough/article1242422/
- Estudo de Vigilância Epidemiológica na Austrália conclui: não existem evidências mostrando proteção significativa da vacina contra gripe em qualquer faixa etária. http://pesquisa.bvsalud.org/h1n1/resources/mdl-19660248
- Entrevista com Dr. Tom Jefferson, renomado epidemiologista do Cochrane Collaboration Group - http://blogs.ft.com/healthblog/2009/09/11/interview-dr-tom-jefferson-and-pandemic-flu-vaccines/
---Formado em Medicina pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, com especialização em Cirurgia Geral pela Fundação Educacional Lucas Machado (Belo Horizonte/MG), o médico capixaba Alessandro Loiola vem atuando há mais de 10 anos como desenvolvedor de conteúdo científico para jornais, revistas, canais de televisão e Internet. Palestrante, autor de vários livros sobre saúde e centenas de artigos publicados no Brasil e no exterior, Dr. Alessandro pode ser encontrado como colunista e colaborador em mais de 200.000 páginas na Web. Atualmente, reside e clinica em São José dos Campos, São Paulo

quarta-feira, 19 de maio de 2010

07/AGOSTO/2010 O FIM DE UM MUNDO?




07/08/2010 – (especialmente entre 6 e 9 horas da manhã - no H.Sul - deste dia)


Esta informação é particularmente destinada aos estudiosos da astrologia. Vejam o mapa astrológico deste dia, especialmente entre as 06 e 09 horas da manhã. O texto abaixo é uma colaboração de Carlos Maltz, em seu blog. É importante visualizar o mapa. Há sites gratuitos sobre astrologia que vocês podem acessar para vê-lo. É muito ilustrativo e impactante.


07/AGOSTO/2010 O FIM DE UM MUNDO?

texto por Carlos Maltz – http://www.carlosmaltz.com.br/



Como você já deve ter percebido, 2010 começou forte. Parece que a Natureza "ligou o turbo". No consultório, voltei de um mês de férias e encontrei a maioria das pessoas vivendo uma aceleração radical em seus processos existenciais. Em português simples e claro: "o bicho tá pegando".


E a Astrologia, esta velha senhora, o que tem a nos dizer nesse momento? Ela pode nos auxiliar de alguma forma a compreendermos e nos posicionarmos melhor em relação ao que está acontecendo, e ao que há de vir?Do alto de seus 5.000 anos de idade, dona Astrô não se abala muito com pouca coisa. Já viu impérios outrora indestrutíveis virarem ruínas...Já viu civilizações que antes ditavam as regras, virarem pontos turísticos... Viu demônios virarem santos, santos virarem demônios, metalúrgicos virarem presidentes, astros do rock virarem astrólogos, políticos outrora muito populares virarem Judas... Enfim... Ela já viu de tudo... E sabe que "a vida vem em ondas como o mar"... Vem e vai... Vai e vem...


Dona Astrô pode nos auxiliar muito num momento desses, em que a corda está esticando. Pode nos lembrar de que isto é um ciclo, e que os ciclos têm a sua natureza, necessidade e duração.E que ciclo é esse?Teremos em 2010, mais precisamente no final de Julho de 2010, um alinhamento que (felizmente) não acontece todo momento.

Urano, planeta regente do signo de Aquário, um dos três "deuses da mudança", geralmente associado à processos de quebras e rupturas radicais em modelos vigentes, completa uma volta e chega ao primeiro grau de Áries, que é também o primeiro grau de todo o Zodíaco. Só isto, já é um acontecimento astrológico significativo, que marca um momento de renovação.Junto á Urano, vem Júpiter, considerado pelos antigos, como o grande "benéfico" do Zodíaco, também está associado á avanços em paradigmas ideológicos.No início de 1762, os dois astros estavam alinhados no primeiro decanato do signo de Áries. Este ano é marcado pelo inicio da guerra entre Espanha, maior potência naval da época, e a Inglaterra, que passaria a ser a nova potência maior. O grande império ibérico caminhava para o fim, e o nascente império anglo-saxão começava a despontar.Em 1845, Urano e Júpiter encontraram-se mais uma vez nos primeiros graus de Áries. Naquele ano, o parlamento britânico promulgou a "Lei Aberdeen", que foi um passo decisivo para a futura libertação dos escravos, evento que também, sem dúvida nenhuma, foi paradigmático para os padrões da época, e iniciou um novo ciclo para a humanidade, visto que teve um impacto profundo nas relações sociais e econômicas dali para frente.Em Julho de 1927, novamente Urano e Júpiter chegavam aos primeiros graus de Áries.


Aquele foi um ano marcado pela primeira travessia sem escalas do Atlântico, realizada por Charles Lindbergh em seu "Spirit of Saint Louis". Evento que sem dúvida deixou o mundo muito "menor" do que era até então. Aquele ano também foi marcado por acontecimentos políticos radicais que tiveram importância capital nos desdobramentos futuros. Em Agosto, uma revolta do exército chinês dá origem ao que viria ser o "Exército Vermelho", que teve papel fundamental na revolução que transformou a face e a história daquele antigo país, e está na base do peso que ele tem hoje no planeta. Naquele mesmo ano, Benito Mussolini promulga a "carta do trabalho", que transforma a Itália em estado corporativo, e abre as portas para o Fascismo, e Josef Stálin, após expulsar León Trotsky, torna-se líder absoluto do PC e da URSS. Novamente, um mundo estava terminando, e outro estava começando.Como podemos ver, este alinhamento marca o início de uma mudança radical. As pessoas estão fazendo barulho á respeito de 2012, mas na verdade, o mundo acaba mesmo, é em 2010. Pelo menos o mundo tal qual o conhecemos até aqui.O céu de 2012 não apresenta nenhum aspecto astrológico radical. Nenhum que chegue próximo ao que teremos esse ano.Se não bastasse o encontro de Júpiter e Urano em Áries, que como vimos, marca novos momentos politico-ideológicos, temos ainda a posição de Saturno, senhor do tempo e das colheitas nos primeiros graus de Libra, fazendo uma "oposição" exata á conjunção Júpiter-Urano. E Saturno não está só.


Com ele vem Marte, como todos sabem, o senhor da guerra. Se isso tudo não bastasse, Plutão, outro "deus da mudança", implacável e compulsivo, faz uma "quadratura" á esse povo todo, nos primeiros graus de Capricórnio, outros signo "Cardinal".O céu está pesado. De todas as conjunções anteriores que eu citei, essa é, sem dúvida, a mais tensa e a mais radical. O velho e o novo estão cara-a-cara para um confronto que já se anuncia há uns três anos. E agora não tem mais como "empurrar com a barriga", "não tem mais pra onde correr".O que está vindo pela frente?Quem tiver olhos, verá... Um velho mundo morrendo, e um outro, novo,nascendo...Todos já estamos sentindo a onda gigante de renovação que está chegando...As mudanças acontecem em todos os níveis: no planeta, em nosso país, aqui no DF e também, como não poderia deixar de ser, em nossos lares, consciências e em nossas vidas. Todos gostam de mudanças planetárias, mas quase ninguém gosta quando elas começam a acontecer em nossas vidas, de verdade.Quase todos nós, conscientes disto ou não, admitamos isto ou não, somos apegados aos modelos e estilos de nossas vidas, por mais deficientes e causadores de sofrimento que eles sejam. Faz parte de nossa natureza. Somos todos, mais ou menos conservadores. Basta ver quando algo realmente novo chega a Terra, a reação contrária que causa, e a pouca adesão que conquista, num primeiro momento.O Cristianismo hoje é uma potência política e econômica, influindo em governos, movimentando bilhões e capitaneando guerras. Mas no começo, se limitava a doze pessoas, e durante quinhentos anos, ser simpático a esta idéia era motivo bastante para mandar alguém ser almoço dos leões.Só que tem momentos, que é mudar ou mudar. E esse é um desses momentos.Todo esse transtorno e esse "rebuliço" em nossas vidas são as mudanças chegando e batendo na porta dos nossos velhos estilos de vida, que se defendem como podem. Com unhas e dentes, como Saturno e Marte sinalizam.Será que estamos dispostos a mudar? Será que sabemos o que precisamos mudar? Ou será que ainda estamos pensando que os problemas em nossas vidas são causados pelo ex, pela ex, pelos filhos, a sogra, pelo Lula, pelo Arruda, por nossos inimigos, Deus, o diabo, etc.? A Tsunami da transformação planetária está batendo na praia. Ou pegamos essa onda e vamos com força para frente, ou ela nos pega e quebra a espinha dorsal de nossas resistências. A hora de mudar é agora. Se a sua vida já está de pernas para o ar e você não está dando conta sozinho, procure ajuda. Um médico, padre, psicólogo, terapeuta, astrólogo, um amigo de verdade... Enfim, alguém que possa te ajudar a se enxergar, que nós não viemos equipados de fábrica com espelho retrovisor. Somos todos muito hábeis para enxergar cisco no olho do irmão, e cegos para ver a trave em nosso próprio olho...Boa sorte amigos, e coragem... Toda força à frente que o novo nos espera... E sua urgência ruge...



C.Maltz




segunda-feira, 17 de maio de 2010

Controle sua Mente

Se por acaso alguém lhe dissesse que a cura para qualquer enfermidade está dentro de você mesmo(a) e que no seu interior há um grande poder absoluto capaz de criar qualquer coisa que realmente necessitar, você acreditaria? Toda esta sociedade (matrix) aponta para uma direção oposta, onde eles necessitam te manter preso ao sistema de crenças deles e tudo o que eles não querem é te ver livre. Por isso eles fazem você acreditar que existem doenças incuráveis, que você é fraco, que para cada doença existe um remédio e se não tiver eles criam. 


Tudo isto para mover rios de dinheiro por trás de farmácias e laboratórios. Eles te fizeram e fazem aceitar o controle mental que eles impõem porque o 'sistema' depende de pessoas faceis de 'controlar'. Somos a imagem e semelhança do nosso criador, logo temos o imenso poder de criarmos o que quisermos. 




A CURA PARA QUALQUER DOENÇA ESTÁ DENTRO DE VOCÊ. Sempre que temos alguma enfermidade desde uma simples gripe, é apenas um aviso de que esquecemos do nosso próprio poder e que saímos dos propósitos divinos, é sinal que estamos prestando atenção demais a fatos externos sem importância. Daí você me pergunta: mas se temos este poder todo, porque que o mundo está ruim? Bom, nossa mente se soubermos usa-la a nosso favor criará situações extraordinárias, se 24 horas por dia desejarmos um mundo melhor,se direcionarmos nossos pensamentos para fatos e coisas positivas, se nos atentarmos a cada palavra e ação e direcionarmos nossas vidas para a luz e para o todo ao invés de pensarmos apenas no próprio umbigo, muita coisa conseguiríamos mudar neste planeta. Mas a maioria das religiões pregam isso? Não.


Elas dizem o oposto, pregam a catástrofe, o medo e diz que você é um pecador. Fazem de tudo para você não ser livre, pois se você ser um medroso será sempre dependente e pagará sempre o salário dos pastores (dizimos e ofertas para 'garantir seu lugar no céu'). E os governantes falam sobre isto? Não. Estes mais do que todos querem que a massa seja ignorante para ser mais fácil de dominar. Porque você acha que tão pouco dinheiro é investido na educação? eles não querem pessoas inteligentes, questionadoras e pessoas corajosas. 


 Você é um deus em desenvolvimento neste planeta, antes de aceitar o que a mídia te impõe PENSE. Não aceite ser mais um, pois é exatamente isto que eles querem. Somos seres infinitos e muitos estão neste planeta em trabalho da luz. Quebre seus antigos paradigmas, aceite a verdade, o novo.
A mente da maioria da humanidade hoje é controlada pela mídia. Tudo o que eles pregam é o consumismo, para que você se sinta escravo do dinheiro e compre sempre muito mais do que você realmente precisa, apenas pela 'moda'. 


Tudo o que eles pregam é o medo, para que você tenha receio de tudo e todos achando que o 'diabo ta solto' em todos os lugares,e sempre pense o mau do seu próximo ao invés de amá-lo como a ti mesmo.Tudo o que eles querem é te distrair, para que você não acorde para a realidade do que realmente está acontecendo a séculos e não pense por si próprio. Se você não pensar por si próprio, alguém pensará por você. Perceba que a maioria das pessoas falam mal das outras ou falam de coisas fúteis que tem a ver com distração. E então você pergunta: mas se eu começar a ser uma pessoa positiva, que acredite no bem em tudo e em todos, se eu me sentir forte o suficiente a ponto de acreditar que minha saúde é inabalável, se cuidar da minha alimentação, se eu viver consciente do meu corpo como meu maior templo, se preferir ficar em silêncio ou em meditação ao invés de fazer comentários maldosos, eu serei um solitário pois a maioria prefere dar poder ao mal do que o bem. 


Então, pense por si mesmo...
A maioria das pessoas são condicionadas a situações e crenças ruins, e se sentem ameaçadas ao pensar diferente, porque tem medo de olharem para si mesmo(a), é o tal 'COMODISMO'. O planeta está com esta egrégora ruim porque a maioria da humanidade pensa desta forma. A maioria tem a mente controlada pois nossos pensamentos criam a nossa realidade, e se você não pensa por si próprio e na sua própria vida...a massa PENSARÁ POR VOCÊ. Tente sair do que é o COMUM a todos. Renove suas crenças, não aceite o controle mental externo,antes de aceitar algo como verdade absoluta, aprenda a questionar e ver o outro lado EM TODAS AS SITUAÇÕES. 









sábado, 15 de maio de 2010

O CAMINHO PARA O DESPERTAR


A chave mais fundamental para o despertar é se tornar mais presente em sua vida. Então você pode estar se amando e se aceitando incondicionalmente ao nível da personalidade. Isto inclui todas aquelas coisas que você gostaria de mudar em si mesmo. Ciúme, possessividade, controle, julgamento, desamparo, impotência, culpa, censura, incerteza, arrogância, expectativa, ressentimento, raiva, tristeza, frustração, dependência, só para citar alguns. Querer mudar qualquer uma destas qualidades em si mesmo é uma rejeição sutil delas, o que não é aceitação incondicional. Apenas identifique e reconheça todas estas qualidades, à medida que surgirem dentro de você. Reconheça todas estas coisas. Esteja disposto a aceitar que ao nível da mente e do ego, é isto que você se tornou. Quanto mais você reconhece e aceita, mais lhe será revelado. Quanto mais você estiver se amando e se aceitando deste modo, mais se tornará ancorado na vigilância e na Presença.A segunda chave para o despertar é permitir as suas emoções a plena expressão. Há muitas emoções do passado que você reprimiu, por uma razão adequada.


 Mas elas queriam ser liberadas, assim é necessário encontrar uma oportunidade para liberar velhas emoções como a raiva e a tristeza. Uma vez liberadas, elas desaparecerão para sempre. E quando novas emoções surgirem, permita-lhes a expressão plena. Se estiver zangado, então gritem, berrem, ou batam em uma almofada. Se estiver triste, então chore. Mas é importante assumir total responsabilidade pelas suas reações emocionais. Ninguém deve ser culpado por elas. Elas estão vindo do seu passado que você está projetando na situação presente. Não expresse a sua raiva perante àquele que você acredita que lhe irritou. Apenas bata em uma almofada, imaginando ser alguém que o irritou. E se você estiver total e incondicionalmente amando e aceitando a sua raiva, ela lhe revelará os seus segredos.A terceira chave para o despertar é a confissão. Isto nada tem a ver com a idéia Católica da confissão. Você não cometeu nenhum pecado que precise ser confessado a fim de que seja absolvido. Não há necessidade para o perdão. Se você confessar estas qualidades a alguém que absolutamente não faça julgamentos, e que esteja plenamente presente, isto lhe ajudará a reconhecer a qualidade que você está confessando.Em sua confissão, você está dizendo: "Este sou eu. É quem eu me tornei. Eu sou possessivo e controlador." Ou "Eu estou me culpando." Ou "Eu sempre fico com raiva quando não faço do meu próprio modo." Ou "Eu não me permitirei a ficar muito próximo às pessoas porque eu tenho medo de que poderia ser rejeitado."Ao confessá-lo e reconhecê-lo, isto é liberado. E você é liberado ao nível da Presença, onde nenhuma destas qualidades existe. Elas não podem existir porque não faz parte de sua verdadeira natureza. Elas existem somente ao nível da mente.A quarta chave para o despertar é aceitar a plena responsabilidade por si mesmo. Isto o liberará do mundo da expectativa, do ressentimento, da censura e da culpa. Isto o levará à liberdade total.A quinta chave para o despertar é deixar ir. Dance. Perca o controle.

FONTE:  http://lumestria.blogspot.com

sábado, 8 de maio de 2010

Anunnaki



''Existem apenas duas maneiras de ver a vida.
Uma é pensar que não existem milagres
e a outra é que tudo é um milagre."
(Albert Einstein)


Meu post de hoje reforça esse pensamento:
Tudo é uma invenção? Tudo imaginação? Fantasia? Coisa de gente que não tem o que fazer?




Eu trabalho com crenças. Tudo gira em torno de crenças. E foi com a crença que “eles” nos programaram. Nos deram um programa para ver o que “eles” queriam que víssemos.









A grande virada e tão falada evolução espiritual nada mais é que uma RE-PROGRAMAÇÂO de nossas mentes. Esse processo é doloroso. Não dá para “apagar” algo sem colocar outra coisa no lugar. Mas o processo já começou. Você que freqüenta meu BLOG pode perceber isso.




Após algumas indagações por meio eletrônico e de pessoas amigas, resolvi abrir um leque de informações maior devido a falta de oportunidade de muitos em procurar por si próprios respostas para suas dúvidas = PREGUIÇA de ler.




Então aqui vai um resumo de nossa existência. Me perdoem se troquei a ordem dos fatos em algum momento. É muita informação para minha cabeça. O que é claro para mim, não é de maneira alguma para outros. Então vamos lá.




Conhecimento é ruptura









Há 450 mil anos atrás extraterrestres humanóides chegaram por aqui, nesse planeta. Estavam passando pelas redondezas a bordo de sua nave mãe – NIBIRU, quando avistaram um lugar lindo cheio de vida selvagem.




Na verdade estavam à procura de um minério essencial para a sobrevivência de sua nave – o ouro - que andava com sérios problemas técnicos, pondo em risco a vida de diversas raças que coabitavam o mesmo espaço (NIBIRU) em harmonia. Esses seres moradores desse planeta/nave foram batizados pelos Sumérios por Anunnaki que significa – Aqueles que desceram do céu.




Nibiru é um planeta com dimensões enormes – maior que Júpiter. Ele orbita ultimamente em nosso sistema solar (isso nem sempre foi assim) em uma rota em forma de elipse, por isso não podemos vê-lo com facilidade. Sua passagem por nós leva 3.600 anos – o equivalente a 1 ano Anunnaki – seu trajeto atravessa o cinturão de asteróides (Kuiper Belt) entre Marte e Júpiter (deu pra entender o porque da freqüência de asteróide ultimamente?)




Nibiru foi designado pelos povos antigos pelo signo da CRUZ. A palavra NIBIRU foi traduzida pelos Sumérios (a civilização mais antiga da humanidade que se tem notícia – 4.500 mil anos a.C) como “planeta que atravessa” ou que passa. Ou seja, a cada 1 ano Anunnaki (3.600 nossos) eles dão uma passadinha por aqui para ver como vão as coisas...









Os Anunnaki detém uma capacidade tecnológica que os capacitam a viajar no tempo e espaço. Coisa que para nós é filme de ficção científica.




Sua chegada até esse planeta teve como princípio a mineração de ouro, a exploração via mar, mas a coisa não fluiu muito bem e resolveram retirar do solo. Os textos contam que eles estavam em número de 600 em terra e outros voltaram com Nibiru. Mas a coisa começou a esquentar nas minas Africanas, pois não havia cerveja, futebol e mulheres o que desencadeou um motim!




Enki, um dos filhos do Senhor dos Anunnaki (ANU) idealizou a construção de um escravo para realizar esses serviços humilhantes. Enki até sugeriu que pegassem como material genético inicial uns macacos espertos que desarmavam suas armadilhas de caça, já que eram bem inteligentes e tinham um jeitão bem parecido com um homem (homo erectus), mas que precisava de um bom upgrade para fazer o trabalho dos Anunnakis




Vc deve estar pensando... e esses homos erectus, de onde vieram? Por favor, não vai dar para eu falar sobre isso agora. Pesquisem sobre Panspermia, ajuda aí, né!? É muita história para contar...


O UPGRADE


Os ETs que dominam a genética pegaram o DNA do Homo erectus e uniu com o dos Anunnaki. ENKI sabia que esse primata, assim como todos os seres da Terra, possuíam material genético compatível com os de Nibiru, porque aqui a vida teria se iniciado com esporos orgânicos (Panspermia) trazidos de lá, após a colisão com Tiamat. Pesquisem isso também.




ENKI e sua esposa NINTI (ETs médicos) extraíram o óvulo de uma fêmea primata (Homo Erectus), fertilizando, in vitru, com o espermatozóide de um macho Anunnaki e implantaram no útero de uma fêmea Anunnaki.




Uma história que nunca foi explicada.
“Eles” deram o nome de “Mitos da antiguidade”









Sitchin em seus livros ressalta que durante as experiências empíricas desses cientistas nibiruanos, para a criação do servo ideal, fizeram várias tentativas com outras espécies de mamíferos, anfíbios, répteis, aves e peixes.




Essa misturada danada de genes deu péssimos resultados. Mesmo com todo avanço tecnológico havia erros na mistura. Esses erros foram resultados de seres antropomórficos, de aspecto exótico ou monstruoso, conhecidos, ao longo da história, como quimeras - consideradas como imaginação popular de uma época...




Vai ter imaginação assim na...




São eles os Centauros (homem cavalo) cíclopes (gigantes com um olho na testa), harpias (mulheres aladas), tritões (homem, anfíbio, metade peixe), sereias (metade peixe), minotauros (homens touro), hidras (bichos com varias cabeças), górgonas (meduzas), sátiros (homens com rabo de cavalo (literalmente), ouvidos, nariz de porco, pés de cabra)




Placas sumérias com anotações de ENKI, à respeito dessas experiências, revelaram que muitos tinham sérias disfunções biológicas, mas outros se adaptavam bem e desenvolviam, inclusive com alto grau de inteligência.




Esses mitos são frutos de terríveis estudos de engenharia genética. Hoje não nos chocaria tanto, pois sabemos que podemos clonar qualquer coisa ou colocar orelhas humanas em ratos!




No início esses seres detinham um posto de Semi-Deuses. Por isso os povos os adorarem – o Deus da música, o Deus das águas, e o Deus disso e daquilo. O politeísmo pode ser justificado assim.




A partir do momento que a civilização foi crescendo, ficando mais informada, esses seres ganharam uma visão ameaçadora. Já não eram mais tão engraçadinhos assim... As crianças já não queriam mais um minotauro no Natal...




Personagens conhecidos na história como Gilgamesh (pesquisem sobre essa figura), Perseu e Hércules combateram e perseguiram essas criaturas até sua extinção.




Após muita prática, ENKI enfim conseguiu criar um ser bem interessante que foi nomeado de ADAMU (Adão para os íntimos). A partir do DNA desse belo ser uniu com o DNA de sua esposa NINKI dando assim origem a primeira fêmea apta a procriação.




Assim que receberam o “fruto do conhecimento” sobre seus potencias de acasalamento, Adão e Eva puderam seguir com a ocupação da Terra dando origem a uma nova raça – ser humano. Homo Sapiens = homem sábio.




Sitchin diz ainda, que o mito da "serpente tentadora" do Éden, se refere ao termo "Nahash" (Portador do Conhecimento), um dos muitos epítetos de ENKI, que o deixava muito envaidecido, enaltecendo suas habilidades científicas.




ENKI portava um cajado de metal em forma de haste circundante por duas serpentes. Isso te lembra alguma coisa? A palavra "mãe" se originou de MAMI, um dos epítetos suméricos de NINTI, a Senhora que nos deu a Vida.




A prole de Adão e Eva também foi clonada por ENKI para acelerar e ampliar a descendência e as gerações futuras gerando mais e mais humanos de agradável aparência física (os primeiros escravos não eram lá essas coisas) e portadores do gene de longevidade Anunnaki, embora vivessem bem menos que eles. Alguns atingiram a idade de mil anos de vida. Exemplos desse fato foram os personagens Matusalém, Noé e Enoque, que foram alguns dos principais patriarcas pre-diluvianos.









Essa característica genética foi mantida até as primeiras dinastias egípcias, quando então começou a se deteriorar, porque o próprio relógio biológico dos Anunnaki ficou debilitado pela vida neste planeta. O ciclo circadiano diferente reprogramou seu DNA para as condições terrestres.




Ao longo das gerações, esses escravos deixavam de ser apenas trabalhadores ou escravos nas minas. Aprenderam novas tarefas como cozinhar lavar, passar levar as crianças pro colégio...




Com tanto talento e poucas fêmeas Nibirinas por perto... os Anunnaki gostaram das fogosas humanas e matinham relações sexuais com elas diariamente dando origem a uma raça de novos Deuses – Homens e Anunnaki.




Daí você imagina o que aconteceu – Tudo quanto foi ET queria dar uma volta com uma humana... surgiu dessa mistura híbridos gigantes chamados Nefilins, anakins, refains ou titãs.




Aos novos seres humanos meio homem meio Deus, foram lhes ensinado a fazer espadas, facas, escudos, couraças, espelhos, bijuterias, tintas e corantes, fabricação de cosméticos, e usar pedras preciosas. A ter posses e delimitar terras.




As Escolas de Mistério dariam a seres escolhidos a aprendizagem sobre feitiçaria, da importância do movimento dos corpos celestes, o uso de raízes e plantas para a medicina, astronomia, astrologia etc. e tudo mais relativo a que hoje, nós damos o nome de paranormalidade.









Sitchin afirma que, segundo os sumérios, a estatura média dos Anunnaki era de 3,5 a 4m atingindo até 7m e que seus descendentes titãs mantiveram esse nível.




As lendárias civilizações da Lemúria e Atlântida teriam sido as primeiras erguidas por esses seres, que conviviam com a humanidade, e foram adorados como deuses e semi-deuses.




Essa mistura de raças não agradou ao chefão ANU. Tudo ficou de cabeça pra baixo. Não mais sabiam quem era ET ou humano. Eles se copulavam entre famílias – filhos com pais, irmãos com irmãs... muita confusão.




Com a aproximação da data da chegada de NIBIRU, movimentos no planeta desencadearam – vulcões, terremotos, asteróides, tsunamis - mudando o clima do planeta (muito parecido com o que estamos passando agora)




Um conselho galáctico foi formado para decidir o que fazer com o pessoal lá de baixo já que NIBIRU já estava a caminho e iria fazer um estrago danado ao se aproximar da Terra.




"Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente. Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. E disse o Senhor: Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito." (Gênesis 6:1, 7).




Não preciso dizer que ANU adorou a ocasião, pois já estava irritado com aquele bacanal, resolvendo assim apagar essa civilização da face da Terra. Passar uma borracha em tudo aquilo que foi feito por seu filho cientista. A coisa ficou fora de controle.




O conselho não se entendia e os negativos venceram os positivos no voto sobre a aniquilação da espécie humana.




Os positivos foram proibidos de alertar os humanos do que viria pela frente.




ENKI ficou inconformado com a perda de todo seu trabalho de anos. Tão bonitinho os humanos... Foi aí que teve a idéia de (secretamente) avisar a um sumério chamado Ziusudra – Noé para íntimos – para pegar um grupo de humanos e algumas espécies de animais e plantas diferentes para serem salvas da terrível catástrofe que estava por vir com a chegada do NIBIRU.
Além dos eventos climáticos, os pólos iriam se inverter gerando dias de imensa escuridão e pavor.




Os Anunnaki então partiram felizes da vida para sua Nave mãe – NIBIRU - achando que haviam destruído tudo e todos.




Bom, o resto da história a gente já sabe e parece que eles também ficaram sabendo que os danados dos humanos não foram extintos.




Entendam a grandiosidade do trabalho do Prof. Sitchin para nossa era. Há toda nossa história traduzida, argumentada e exemplificada com riqueza de detalhes que só alguém muito alienado pode recusar a ver!




Você ainda pensa: “Mas se isso tudo for verdade, porque não nos avisaram sobre tudo isso?”









Instrumentos de repressão, como a Ordem dos Cavaleiros Templários e a Inquisição, foram usados para suprimir esses conhecimentos da humanidade e mantê-los nos porões da igreja católica ou sob o domínio de obscuros rabinos.




Por que?
Vc faz idéia daquele que passou toda sua existência indo a igreja, beijando padre, rezando para um Deus que desejou aniquilar vc da Terra por que disse que somos pecadores!




Imagine você se esse povo soubessem que a expressão "ser feito à imagem e semelhança de Deus", refere-se à uma mesquinha manipulação genética de uma espécie semi-humana por outra super-humana, resultando numa outra espécie humana para fins de escravatura!!




Como você acha que esse povo se sentiria?!




A bíblia e o alcorão, versões cristãs e islâmicas do Antigo Testamento, são compilações de antigas escrituras sumérias e mesmo os textos Vedas hindus, tiveram uma mexidinha pelos babilônios.




O que aconteceria com a Igreja Católica, se as pessoas tomassem conhecimento de que são herdeiras genéticas de alienígenas?




Os cristãos se perguntariam: "Então não somos feitos à imagem e semelhança de Deus? Então Adão não existiu?"Não irei para o céu?!”




Intencionalmente foi planejada uma versão histórica da humanidade para dar continuidade a essa submissão aos cleros e aos governos seculares e manipuladores, que há milhares de anos se organizam em sociedades secretas, manipulando o antigo conhecimento mesopotâmico!




Eu peço que você reflita:




A NASA já sabe de NIBIRU desde sempre! Se ela vier a público dizer que é possível a existência de Nibiru, logo... os Anunnaki também existem!




Se os Anunnakis existem, logo a história de que a cada 3.600 anos há uma catástrofe sem precedentes é justa!





E se isso não bastasse, há vida inteligente e que UFOS e ETs não são coisas de um maluco qualquer!




E, se as catástrofes são iminentes... logo, estamos perdendo tempo nos questionando se isso é verdade ou não!




Sitchin foi consultor pessoal dos generais norte-americanos Colin Powell e Norman Schwarzkopf, durante a guerra do Golfo. Powell tinha um particular interesse na organização militar dos sumérios.




Nos últimos quinze anos os militares norte-americanos se mudaram para a região que foi o berço da civilização suméria.




Coincidência? Deixo essa para você pensar.




Fonte: http://bloglaurabotelho.blogspot.com

sexta-feira, 7 de maio de 2010

VIVO OU MORTO? UM ALERTA CROP-CIRCLE



Esse crop-circle apareceu no dia 15 de julho de 2008 numa plantação em Avebury Manor na Inglaterra. Você sabe o que significa esse desenho?
É a posição exata dos planetas do sistema solar no dia 21 de dezembro de 2012.

Não acredita?
Um software qualquer disponível na internet, como celestia, por exemplo:

http://baixaki.ig.com.br/download/Celestia.htm, pode nos dizer a posição exata dos

planetas no sistema solar, escolhendo o dia e o ano


Colocando no programa a data de 21 de dezembro de 2012, teremos exatamente a formação do desenho acima, que incrivelmente é idêntico ao desenho na plantação.

No dia 22 de julho de 2008, uma semana depois, o desenho foi modificado para isso:

O Sol ficou enorme, engoliu literalmente Mercúrio e Vênus, apareceu um corpo celeste, que pode ser um planeta, um cometa, um asteróide atrás do Sol e por fim, aquele monte de hieróglifo ao lado do círculo vazio, que especulações a parte, ninguém sabe o que significa.

Ah, Ravena, 21 de dezembro de 2012! Por favor, sem piração.
Já era pessoal, estou mais que pirada, acabo fazendo link de todas as informações que eu recebo do mundo, com tudo que venho aprendendo. Ninguém a minha volta vê o que eu vejo, com raras exceções, portanto pra manter a minha sanidade mental, divido tudo com vocês, assim todo mundo fica louco junto....

Esses crop circle são um alerta: Prestem atenção nesse dia!

A contagem de datas no calendário maio teve início no dia 11 de Agosto de 3114 a.C. (no calendário gregoriano), e é tão preciso que eles conseguiram prever e registrar todos os eclipses solares até 2012, com uma margem de erros insignificante.
Acho que as informações contidas nesses calendários, tem grande relevância se comparado à história recente da humanidade, por exemplo: só em 1533 através de Copérnico, a raça humana descobriu que a Terra girava em torno do Sol, coisa que para aquele monte de "gente primitiva" maia não era segredo nenhum e nos deixaram provas disso, assim como os Súmerios que registraram nas tabuinhas suméricas o nosso sistema solar só há 4.500 anos atrás.

É, o "emburrecimento" se tornou regra número 1 à humanidade, como forma de impor limites, manipulação e escravidão.

Bom, mas voltando ao calendário, todo mundo sabe onde termina a estória...

1-Alguns levantam a bandeira do fim do mundo

2-Alguns levantam a bandeira da Nova Era

3-Alguns acreditam no fim da Era do Medo, da Escravidão, um novo começo, Transição planetária e nossa passagem para 5 dimensão.

4- Tem zumbi assistindo novela, futebol e big brother que nunca ouviu falar nos maias e afins...

5- E ainda continuando nos zumbis, existem aqueles que já ouviram sim falar, mas que insistem em dizer que essa onda de 2012 é como a onda do boom do milênio (1999 para 2000), preferem ir ao shopping gastar seu rico dinheirinho, porque a vida é curta e nós temos mesmo é que curtir...

6- Pessoal extremamente religioso enxergando os sinais (por todos nós observados) como o tempo que antecede a chegada de seus respectivos Messias nas suas nuvenzinhas brancas.
O que necessariamente não é pura alucinação, já que os pais da humanidade, geneticamente falando, estão voltando (Nibiruanos).
Eu fico com o número 3 da lista.
Fim do medo, transição planetária, Nova Era, 5º dimensão.

O que os textos antigos nos dizem:

Nibiru ou Planeta X, está voltando e sua aproximação já está causando muita confusão no sistema solar.
Em 21 de dezembro de 2012, o sol estará alinhado com o centro da galáxia, atravessando o equador galáctico.
O sistema solar viaja numa espécie de sobe e desce


O que interessa é que tanto cientistas quanto os que acreditam nas profecias maias e sumérias, concordam que, para que o sol tenha esse movimento em onda, é necessário haver outro corpo que o atraia com sua gravidade.

Nibiru - definido pelos sumérios - como o planeta que cruza - pode ser o nosso planeta - nave - problema. E pode ter certeza, ele será um problemão.


29 de abril de 2010

Um relatório do Dr. Matese, pode ter encontrado um planeta gigante em sistema solar exterior.

A equipe da Universidade de Louisiana, John J. Matese , juntamente comDaniel P. Whitmire , têm um importante passo na composição de estrelas binárias. Desta vez, por aproximação , determinar a provável existência de planetas gigantes fora do sistema solar, que teria uma massa cerca de 1,4 vezes o de Júpiter e orbitando seria na área interna do cinto de Oort.
A inversão dos pólos também está atrasada:

JONATHAN LEAKE
The Sunday Times

LONDRES - O Pólo Norte está de mudança. Cientistas encontraram grandes buracos no campo magnético da Terra, sugerindo que os Pólos Norte e Sul estão se preparando para trocar de posição, numa guinada magnética.

Um período de caos poderia ser iminente, no qual as bússolas não mais apontariam para o Norte, animais migratórios tomariam o rumo errado e satélites seriam queimados pela radiação solar.

Os buracos estão sobre o sul do Atlântico e do Ártico. As mudanças foram divulgadas depois da análise de dados detalhados do satélite dinamarquês Orsted, cujos resultados foram comparados com dados coletados antes por outros satélites.

Andy Jackson, especialista em geomagnetismo da Universidade de Leeds, Inglaterra, disse que a mudança está atrasada: "Tais guinadas normalmente acontecem a cada 500 mil anos, mas já se passaram 750 mil desde a última."

A mudança poderia afetar tanto os seres humanos quanto a vida selvagem. A magnetosfera fornece proteção vital contra a radiação solar abrasadora, que de outro modo esterilizaria a Terra.

A magnetosfera é a extensão do campo magnético do planeta no espaço. Ela forma uma espécie de bolha magnética protetora, que protege a Terra das partículas e radiação trazidas pelo "vento solar".

O campo magnético provavelmente não desapareceria de uma vez, mas ele poderia enfraquecer enquanto os pólos trocam de posições. A onda de radiação resultante poderia causar câncer, reduzir as colheitas e confundir animais migratórios, das baleias aos pingüins. Muitas aves e animais marinhos se guiam pelo campo magnético da Terra para viajar de um lugar para outro. A navegação por bússola se tornaria muito difícil. E os satélites - ferramentas alternativas de navegação e vitais para as redes de comunicação - seriam rapidamente danificados pela radiação.

Profecias ancestrais e diversas tradições indígenas anteviram o fenômeno. Mas agora para surpresa de muita gente, é a própria ciência que começa a reconhecer importantes mudanças no campo magnético e na freqüência vibratória da Terra (Ressonância de Shumann).
PARA LER NA ÍNTEGRA CLIQUE AQUI

De acordo com Greg Braden que está constantemente marcando presença na mídia demonstrando com provas científicas que a Terra vem passando pelo Cinturão de Fótons e que há uma desaceleração na rotação do planeta. Ao mesmo tempo, ocorre um aumento na freqüência ressonante da Terra (a chamada Ressonância de Schumann).

Quando a Terra perder por completo a sua rotação e a freqüência ressonante alcançar o índice de 13 ciclos, nós estaremos no que Braden chama de Ponto Zero do campo magnético.

A Terra ficará parada e, após dois ou três dias, recomeçará a girar só que na direção oposta. Isto produzirá uma total reversão nos campos magnéticos terrestres.

Greg Braden costuma afirmar que estas informações não devem ser usadas com o objetivo de amedrontar as pessoas. Ele acredita que devemos estar preparados para as mudanças planetárias, que irão introduzir uma Nova Era de Luz para a humanidade: iremos além do dinheiro e do tempo, com os conceitos baseados no medo sendo totalmente dissolvidos.

Braden diz que o ponto Zero ou a Mudança das Eras vem sendo predito por povos ancestrais há milhares de anos. As transformações acontecem a cada treze mil anos, na metade dos vinte e seis anos de Precessão dos Equinócios ( o tempo que o sistema solar leva para dar uma volta em torno de Alcione, estrela central da constelação de Plêiades. Esta foi a conclusão dos astrônomos Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos)



A inversão causada pelo Ponto Zero provavelmente nos introduzirá à Quarta Dimensão, diz o geólogo, então tudo que pensarmos ou desejarmos vai se manifestar instantaneamente. Isto inclui amor e medo. Daí que a intenção passará a representar um papel de suma importância na vida humana.

O tempo parecerá acelerar-se à medida que nos aproximarmos do Ponto Zero, em função do aumento da freqüência vibratória do planeta: 16 horas agora equivaleriam a um dia inteiro, ou seja, 24 horas.
(E o tempo realmente está voando, já estamos em maio, não podemos perder tempo)

Por volta de 2012 estaríamos então entrado na Quinta Dimensão (depois do salto pata a Quarta Dimensão, que deverá ocorrer no próprio Ponto Zero).



Certo, o tempo está correndo como nós dos big brothers, o clima está louquinho, ontem vi que está nevando em plena primavera em alguns locais da Europa, terremotos nem são mais notícias, vulcão nervoso pra todo lado do planeta, enchentes, calor e frio intensos.
Já sabemos que são em sua maioria influências externa da galáxia, em sua maioria, porque existe uma minoria com evidências fortíssimas de envolvimento "Illuminático" através de armas como a HAARP.


Sem esquecer que estamos prestes a presenciar a terceira guerra mundial, talvez uma falsa invasão alienígena, doenças, entre outras coisas.


Ah, já estava esquecendo do nosso amigo Sol, louquinho para mostrar porque ele é nosso "Astro Rei".


O que você sabe e o está procurando é que fará a diferença de onde você estará. A Laura Botelho, uma vez me disse que basta atravessar a rua para cruzar uma "dimensão", e é a mais pura verdade, enquanto eu estou escrevendo aqui no Brasil, no meu paraíso pessoal, as pessoas na Grécia estão vivendo seu inferno astral, o povo no Haiti se matando por comida, a maioria das crianças no seu mundo de fantasia, enfim, cada um na sua dimensão.


Não existe evolução sem mudança, somos Espíritos num corpo, Energia na matéria, portanto acredito que todos teremos que nos desapegar da matéria, todos sabemos que a morte física é um fato, mas sua percepção desse fato é que fará a diferença nessa ou em outra dimensão.


Somos Espíritos logo somos imortais, Somos energia logo somos mutáveis, porque estamos sempre em constante aprendizagem.


Em que dimensão você quer ficar? Qual será sua percepção?


Vivo ( livre) ou Morto ( escravo)?

FONTE: evoluindo-sempre.blogspot.com

quinta-feira, 6 de maio de 2010

"Nas profundezas do Insondável jaz o Ser. Antes que o céu e a terra existissem, Já era o Ser. Imóvel, sem forma. O Vácuo, o Nada, berço de todos os Possíveis. Para além de palavra e pensamento está o Tao, origem sem nome nem forma, a Grandeza, a Fonte eternamente borbulhante: O ciclo do Ser e do Existir".

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Aprendendo a Falar Menos


O problema real é com as pessoas que falam continuamente e não sabem o que estão dizendo nem por quê. Elas continuam a falar porque não podem parar. Mas, se você ficar um pouco consciente de toda a tolice e do problema que se passa na mente, se você ficar consciente de que nada existe para dizer, de que tudo parece trivial, então você hesitará.
No início parecerá que você está perdendo a capacidade de se comunicar - não é o caso. Na verdade, as pessoas não conversam para se comunicar, mas para evitar a comunicação. Logo você será capaz de realmente se comunicar. Espere e não force. Não se preocupe com o silêncio. Você se preocupa, contudo, porque toda a sociedade se sustenta sobre a conversa, sobre a linguagem, e as pessoas muito eloqüentes se tornam muito poderosas na sociedade - líderes, eruditos, políticos, escritores. Você fica com receio de estar perdendo o domínio da linguagem, mas não se preocupe. O silêncio é o domínio de Deus, e, quando você souber o que é o silêncio, terá algo a falar.
Quando você entrar fundo no silêncio, pela primeira vez suas pa lavras carregarão significado. Então elas não serão apenas palavras vazias, mas estarão repletas de algo do além. Elas têm uma poesia em si, uma dança; carregam consigo a graça que você traz em seu interior.

OSHO