A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


segunda-feira, 26 de julho de 2010

PARA QUEM QUER DEIXAR DE COMER CARNE


''NÃO MATEIS NEM HOMENS NEM ANIMAIS, NEM O ALIMENTO QUE VAI PARA VOSSA BOCA. POIS, SE COMERDES COMIDA VIVA A MESMA VOS VIVIFICARÁ, MAS SE MATARDES A VOSSA COMIDA, A COMIDA MORTA VOS MATARÁ TAMBÉM. POIS, A VIDA SÓ VEM DA VIDA, E DA MORTE SÓ VEM A MORTE. TUDO O QUE MATA OS VOSSOS ALIMENTOS, MATA-VOS O CORPO TAMBÉM. E TUDO O QUE MATA O VOSSO CORPO TAMBÉM MATA VOSSA ALMA. E O VOSSO CORPO TORNA O QUE SÃO OS VOSSOS ALIMENTOS, COMO O NOSSO ESPÍRITO SE TORNA O QUE SÃO NOSSOS PENSAMENTOS.''

(Evangelho Essênio da Paz)
--------------------------------------------------------------------------


As árvores absorvem os gases tóxicos do excesso de dióxido de carbono que liberamos na atmosfera, e os convertem em oxigênio respirável. As árvores são os nossos supremos rejuvenescedores: sem elas, a vida na Terra, como a conhecemos, não poderia existir. As árvores das florestas tropicais também proporcionam um ambiente para a maior diversidade de espécies de animais e insetos do mundo. Ao queimarmos nossas florestas tropicais, não apenas destruímos a vegetação que produz oxigênio e o ambiente em que os animais e plantas vivem, mas também liberamos enormes quantidades de dióxido de carbono na atmosfera, e assim aceleramos o deletério efeito estufa.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





Com toda a sua importância, por que as florestas tropicais são destruídas de uma forma tão inexorável? A resposta é uma simples questão de dor e prazer: o fator econômico. Consideráveis incentivos fiscais foram concedidos nesses países para que fazendeiros derrubem as florestas. É para abrir espaço para mais habitações? Claro que não. É para criar pastagens para o gado que será exportado como carne para os Estados Unidos. Os americanos importam dez por cento de sua carne da América do Sul e Central. A fim de atender a essa demanda, as florestas tropicais estão sendo eliminadas.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")



Cada vez que come um hambúrguer, isso representa a destruição de cinco metros quadrados de floresta tropical.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")



Você quer deter a destruição das florestas tropicais? Quer ajudar a restaurar o delicado equilíbrio de nosso ecossistema? Além de enviar seu apoio financeiro para organizações ecológicas, como a Green peace, a coisa mais importante que pode fazer é vincular dor a seus comportamentos pessoais que perpetuam o péssimo aproveitamento do planeta. Um passo, com toda certeza, seria reduzir ou eliminar o consumo de carne de hambúrguer. Um boicote deu certo com a indústria de atum, e pode dar certo aqui também. Não estamos falando apenas de dólares e centavos. O próprio planeta se acha em jogo. Saiba que as decisões que você toma sobre o que põe em seu prato ao jantar determinam, numa escala mínima, mas inegável, coisas como a quantidade de dióxido de carbono que é liberada em nossa atmosfera, e quantas espécies vegetais e animais morrerão a cada dia.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





Vamos analisar o impacto de suas decisões dietéticas num nível local. Talvez você viva num estado americano, como eu, que experimenta uma intensa escassez de água. Na verdade, já se disse que no século XXI a água será o ouro do futuro, um dos nossos recursos mais valiosos e escassos. Como isso pode acontecer, num planeta que é predominantemente coberto por água? O motivo pode ser encontrado na administração incrivelmente medíocre desse recurso vital. Em termos específicos, o problema se relaciona com a indústria da carne. Pense no seguinte: a quantidade de água usada para criar um único bezerro é suficiente para fazer flutuar um contratorpedeiro americano! Na Califórnia, todos nos empenhamos com afinco para poupar água, com providências como não regar os gramados e instalar redutores de fluxo em vasos sanitários e chuveiros. Todas essas ações são importantes, mas você sabia que é preciso 19.394 litros de água para produzir meio quilo de carne? Isso significa que você pode poupar mais água por não comer carne do que poderia se deixar de tomar banho de chuveiro durante um ano inteiro.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





Segundo David Fields, um economista de Cornell, e seu associado Robin Hur, "Cada dólar que os governos estaduais concedem aos criadores de gado, sob a forma de subsídios de irrigação, custa mais de sete dólares aos contribuintes em perdas salariais, aumento do custo de vida e receita empresarial reduzida". O que uma pessoa pode fazer para poupar mais água? A resposta me parece óbvia: cortar o consumo de carne.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





O mesmo acre de terra que produz 120 quilos de carne de boi daria para produzir 20.000 quilos de batata - mais ou menos a diferença entre alimentar uma pessoa e 160 pessoas!



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





Se cada americano reduzisse o consumo de carne em apenas dez por cento, o número de pessoas que poderiam ser alimentadas, usando os recursos que seriam liberados da criação de gado, seria de 100 milhões. É comida suficiente para alimentar cada homem, mulher e criança famintos da Terra... e ainda ter um excedente.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





Finalmente, um dos recursos naturais mais importantes que estamos esgotando em decorrência de nosso hábito de carne é o solo arável. A natureza precisa de 500 anos para criar dois centímetros e meio de solo arável, e no momento estamos perdendo isso a cada 16 anos! Há duzentos anos, os Estados Unidos tinham 54 centímetros de solo arável, e agora temos apenas 15 centímetros. A quantidade de perda de solo arável relacionada diretamente com a produção de carne é de 85 por cento. Sem um solo arável adequado, nossa cadeia alimentar desmorona, e com isso nossa capacidade de existir.



(Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





John Robbins afirma que essa batalha será vencida não no Congresso americano nem nas salas de diretoria, mas pelos indivíduos: "A pessoa que vai ao supermercado, pára no balcão de carne, e pega um filé com a etiqueta de preço de oito dólares por quilo, deve compreender que tem na mão uma ilusão muito dispendiosa. Por trás da pequena etiqueta de preço, escondem-se as florestas tropicais que foram derrubadas, o suprimento de alimentos e água de nossos filhos, o solo arável de nossos filhos, seu futuro meio ambiente. E temos de olhar para o filé e dizer: Isso custa demais. O verdadeiro poder está nas decisões que você toma no supermercado, nos restaurantes e em sua cozinha.



" (Anthony Robbins do livro "Desperte o gigante interior")





As vacas vivas são uma vantagem econômica. É por demais claro que uma vaca viva fornece à sociedade mais alimento do que quando morta – sob a forma de fornecimento contínuo de leite, queijo, manteiga, iogurte e outros alimentos ricos em proteína.



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").





Para se cultivar meio quilo de trigo é necessário apenas 27 litros de água, ao passo que a produção de meio quilo de carne requer entre 1.125 e 2.700 litros de água.


(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").




Na República de Platão, Sócrates, o grande filósofo grego, recomendava uma dieta vegetariana porque ela permitiria ao país usar de maneira mais inteligente seus recursos agrícolas.
(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").
Embora não se divulgue amplamente, os cereais, os feijões e o leite são uma fonte excelente de proteína de alta qualidade.



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").





Não tenho dúvida de que a suspensão do consumo de animais faz parte integrante do destino da raça humana em seu aperfeiçoamento gradual.



(Thoreau)





Sinto que o progresso espiritual requer, em uma determinada etapa, que paremos de matar nossos companheiros, os animais, para a satisfação de nossos desejos corpóreos.



(Gandhi)





Eu conhecia todos os argumentos fisiológicos, econômicos e ecológicos que apoiavam o vegetarianismo, mas foi a experiência, direta da crueldade do homem para com os animais que estabeleceu o verdadeiro alicerce de meu compromisso com o vegetarianismo.



(Peter Burwash - campeão de tênis).





Oh, queridos companheiros, não profaneis vossos corpos com alimentos pecaminosos. Nós temos milho, temos maçãs que curvam os galhos com seu peso e uvas crescendo nos vinhedos. Há ervas de sabor doce e legumes que podem ser cozidos e abrandados no fogo, nem se nos nega o leite ou o mel perfumado com menta. A terra proporciona um suprimento exuberante de riquezas, de alimentos inocentes e oferece-nos banquetes que não envolvem derramamento de sangue ou matança; somente as feras satisfazem sua fome com carne, mas nem todas elas, pois os cavalos, o gado e as ovelhas subsistem de grama.



(Pitágoras)



Certamente não são leões e lobos que comemos para defesa pessoal; pelo contrário, ignoramos estes e chacinamos criaturas dóceis e inofensivas, sem presas ou dentes para nos atacar. Por um pouco de carne tiramos-lhes o sol, a luz e a duração de suas vidas a que elas têm direito por seu nascimento e por sua existência. (...) Se afirmais ser naturalmente projetados para esta dieta, então primeiramente matai vós mesmos aquilo que desejais comer. Entretanto, fazei isto somente através de vossos próprios recursos, sem ajuda de cutelo, de um cacete ou de qualquer tipo de machado.



(Plutarco)



Da Vinci considerava os corpos de comedores de carne como sendo "locais de sepultamento", sepulturas dos animais que eles comiam.



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").



O filósofo francês Jean Jacques Rousseau observou que os animais carnívoros são mais cruéis e violentos do que os herbívoros. Ele concluiu, portanto, que uma dieta vegetariana produziria uma pessoa mais compassiva. Chegou mesmo a aconselhar que não se permitisse que os açougueiros testemunhassem no tribunal ou que se sentassem no júri.



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").





Pode-se, de fato, pôr em dúvida se a carne dos açougues é, de alguma maneira, necessária à vida. Grãos e outros legumes, juntamente com leite, queijo e manteiga, ou óleo, caso não se tenha a manteiga, propiciam a dieta mais completa, saudável, nutritiva e revigorante. Em nenhum lugar o decoro impõe que alguma pessoa deva comer carne.



(Adam Smith – economista)





Qualquer que seja a minha prática, não tenho dúvida de que a suspensão do consumo de animais faça parte integrante do destino da raça humana em seu aperfeiçoamento gradual. (Henry David Thoreau)É necessário que se corrija o erro de que o vegetarianismo tenha nos tornado fracos de mente e passivos ou inertes de ação. Não considero a alimentação carnívora necessária em nenhuma etapa.


(Mohandes Ghandi)





Certa vez, alguém perguntou à George Bernard Shaw (dramaturgo) por que ele parecia tão jovem. "Não, eu não pareço", retrucou ele. "Aparento a idade que tenho. São as outras pessoas que parecem ser mais velhas do que são. Que pode você esperar de pessoas que comem cadáveres?



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").





É incoerente o fato de orarmos a Deus por misericórdia e justiça, enquanto continuamos a comer a carne dos animais que são mortos por nossa própria causa.



(Isaac Bashevis Singer - escritor, ganhador do prêmio Nobel)





Vários filósofos e líderes religiosos tentaram convencer seus discípulos e seguidores de que os animais não passam de máquinas sem alma e sem sentimentos. Contudo, qualquer pessoa que tenha alguma vez convivido com um animal – seja ele um cachorro, um pássaro ou mesmo um rato – sabe que esta teoria é uma mentira deslavada, inventada para justificar a crueldade.
(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").
Eis que vos tenho dado toda a vegetação que dá semente que há na superfície de toda a Terra, e toda a árvore em que dá fruto e que dá semente. Sirva-vos isto de alimento.



(Gênesis 1:29)





E a todo animal selvático da Terra, e a toda criatura voadora do céu, e a tudo que se move sobre a Terra, em que há vida, tenho dado toda vegetação verde por alimento.



(Em Gênesis 1:30)



Mas a carne com sua vida – seu sangue – não deveis comer. E, além disso, exigirei de volta o sangue de vossas vidas; da mão de cada criatura vivente exigirei de volta.
(Gênesis 9:4)



Diz o Senhor: Já estou farto dos holocaustos de carneiro e da gordura de animais bem cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, de cordeiros e de cabritos. E quando estendeis as palmas de vossas mãos, desvio de vós os Meus olhos. Embora façais muitas orações, não escuto; as vossas próprias mãos se encheram de derramamento de sangue.
(Isaías 1:5)



Quem mata um boi é como o que mata um homem.
(Isaías 66:3)



Todos são criaturas de Deus, embora em diferentes corpos ou roupas. Deus é considerado o pai supremo. Um pai pode ter muitos filhos e alguns podem ser inteligentes e outros não muito inteligentes, mas, se um filho inteligente diz a seu pai: ‘Meu irmão não é muito inteligente; deixe-me matá-lo’, irá o pai concordar?... Analogamente, se Deus é o pai supremo, por que deveria Ele sancionar a matança dos animais que também são Seus filhos?



(Srila Prabhupada do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").





As pessoas que consideram que matar pessoalmente um animal seja algo muito horrendo, tendem a julgar que o simples comer a carne não as envolve em violência. Mas esta opinião é muito superficial e não encontra apoio em qualquer autoridade espiritual válida. De acordo com a lei do karma, todos aqueles que estão associados com a matança de um animal são merecedores de punição: quem permite a matança, quem mata, quem ajuda, quem compra a carne, quem cozinha a carne e quem a come. Em um tribunal de justiça todos aqueles que conspiram em um assassinato são considerados responsáveis, especialmente o grupo que contrata os serviços do assassino.



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").





A matança insensível e brutal de inumeráveis animais indefesos deve ser considerada como um poderoso fator causal desta onda de incontrolável violência.Nos seus significados do Srimad-Bhagavatam, Srila Prabhupada esclarece que a violência generalizada entre os seres humanos é uma reação kármica à matança de animais. Disse ele: "Nesta era, a propensão à misericórdia é quase nula. Por conseguinte, existem sempre lutas e guerras entre homens e nações. Os homens não compreendem que, por matarem irrestritamente tantos animais, eles também terão que ser mortos como animais em grandes guerras. (...) No Ocidente, matadouros são mantidos sem restrição e, portanto, a cada cinco ou dez anos ocorre uma grande guerra na qual incontáveis pessoas são mortas de maneira até mais cruel que os animais. Às vezes, durante a guerra, os soldados mantêm seus inimigos em campos de concentração e matam-nos de forma muito cruel. Estas são reações provocadas pela matança irrestrita de animais em matadouros e pelos caçadores na floresta".



(Fundação Bhaktivedanta do livro "Gosto Superior – guia prático da alimentação vegetariana").



FONTE: http://maisdemilfrasesdeefeito.blogspot.com/2006/10/para-quem-quer-deixar-de-comer-carne.html



-------------------------------------------------------------------------------------------------
Deixo aqui uma sugestão de um ótimo documentário chamado A CARNE É FRACA.
Documentário disponível em 6 partes. (Projeto Nina Rosa)



Parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=IKIBmppiIvM&feature=related



Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=v_rXwTGcLEs&feature=related



Parte 3 http://www.youtube.com/watch?v=--w4Zr_iK_Q&feature=related



Parte 4 http://www.youtube.com/watch?v=DwbtUxkEBVY&feature=related



Parte 5 http://www.youtube.com/watch?v=yEEJmvCJ0N4&feature=related



Parte 6 http://www.youtube.com/watch?v=G-eAYm8sxXc&feature=related



OBS: Tudo neste planeta está aqui buscando evolução como nós. Semelhante atrai semelhante e, se você mata um animal para alimentar-se com certeza você atrairá violência e morte para sua vida. SOMOS TODOS UM...

quarta-feira, 21 de julho de 2010

SINAIS DA PROXIMIDADE DO CINTURÃO DE FÓTONS??




Fotos revelam brilho de misteriosas nuvens noturnas

Astrônomos da Universidade de Bath registram as cores e formas das chamadas nuvens noctilucentes.





O astrônomo John Rowlands e seu orientador, Nick Mitchell, da Universidade de Bath, na Grã-Bretanha, se dedicam a observar e fotografar nuvens noctilucentes ou mesosféricas polares.Pouco se sabe sobre a formação dessas nuvens brilhantes - noctilucente significa "com brilho noturno". Elas se formam tão alto que continuam a receber a luz do sol mesmo depois do entardecer




As nuvens noctilucentes se formam a 85 km de altura, oito vezes mais alto que as outras nuvens mais altas, já nos limites da mesosfera (uma das camadas superiores da atmosfera). A igreja de St. Patrick, na costa norte da Ilha de Anglesey, no País de Gales, é considerada um dos melhores locais para fotografar o fenômeno. Da igreja pode-se observar o céu com clareza, já que sobre o mar, o horizonte não é contaminado por reflexos de luz. As nuvens polares noctilucentes variam muito, em algumas noites surgem no céu e em outras, desaparecem por completo, sem que se saiba as causas. Provavelmente a ocorrência delas tem a ver com as condições atmosféricas. A frequência deste tipo de nuvens pode dar indícios sobre mudanças no clima: acredita-se que elas sejam consequência de variações de longo prazo na mesosfera.
Fonte: BBC Brasil

terça-feira, 20 de julho de 2010

SOMOS TODOS UM

Li um comentário de um amigo que me fez refletir. Ele estava atento ao desespero de uma colega, moradora de um determinado local que está infestado de cupins, e ela procurava uma solução 'ecológica' para acabar com os cupins sem gerar impactos ambientais. Este amigo simplesmente disse ''fulana, você já experimentou conversar com eles? Somos todos um com o universo, tente perguntar para os cupins porque estão ali destruindo madeiras de sua casa. Diga a eles para seguir a outro local e pronto.Não precisa exterminá-los,não seja violenta.''

Aos céticos de plantão, que nunca ouviram a expressão 'somos todos um' ou que acreditam que a raça humana é a única importante neste planeta e que insetos e animais não passam de 'coisas' a serem exterminadas, com certeza ao ler isto devem achar que este cara é maluco, doidão e etc., mas a realidade é que ATRAIMOS O QUE TRANSMITIMOS.Tudo o que pensamos gera uma reação em cadeia ao nosso redor. Apenas temos que estar atentos aos sinais ao nosso redor, pois a natureza,nosso meio social, o cosmos, nos mandam mensagens 24h por dia respondedo aos nossos sentimentos e pensamentos.



Os negativos fazem de tudo para que nós acreditemos que ESTAMOS SEPARADOS do todo. Eles tentam nos distrair o tempo todo para que nós não saibamos O QUE SOMOS E QUEM SOMOS NÓS, pois enquanto seguimos inconscientes deste fato principal, não podemos ter CONSCIÊNCIA DO TODO. Só a partir do momento que descobrirmos quem somos e para o que estamos encarnados neste lindo planeta azul, justamente a poucos meses do JUÍZO FINAL (para os cristãos), ou PRECESSÃO DO EQUINÓCIO ( inversão dos polos magnéticos da terra onde já aconteceu 171 vezes em toda história terrestre) é que poderemos compreender de fato o sentido da UNIÃO. Somos energia, luz manifestados numa dimensão (3d) muito densa por isso temos um corpo físico para manifestação. MAS NÃO SOMOS ESTE CORPO, e se somos energia estamos conectados 24 horas com tudo e todo o planeta, pois tudo é ENERGIA.


Tudo o que os negativos fazem é bombardiar nossas cabeças com falsas informações através da mídia e da sociedade em geral, fazendo-nos crer que temos que ser melhores do que os outros, incetivam a destruição por território, incentivam a competição, incentivam as pessoas a TEREM sempre mais coisas superficiais, fazendo-as acreditarem que o consumismo exacerbado trará felicidade para suas vidas. Incentivam o endividamento através dos cartões de créditos, fazendo as pessoas ficarem escravas deste sistema capitalista inútil, pois isto DESTRÓI OS RECURSOS NATURAIS e sem a mãe natureza não há FILHOS para contar história.





Muito futuramente, teremos que aprender na raça a lei da sobrevivência, pois as catástrofes que atingirá os quatro cantos da terra fará muita gente perder OS BENS MATERIAIS tão incentivados pelos negativos. Teremos que aprender a viver em grupo, plantar e improvisar moradias e etc., pois todo este mundo que vemos será lavado,PURIFICADO, por uma mega tsunami, terremotos e catástrofes. Tudo isto é normal, pois faz parte DE TODO FINAL DE CICLO DESGASTADO. Bom, os que sobrarem de tudo o que está para acontecer, terão que ter despertado a consciência, dons, faculdades e potencialidades como telepatia, dom da cura, telecinese e etc.,para ajudar os demais a recomeçar um novo ciclo, UMA NOVA ERA.


Tudo isso porque? porque foi muito cômodo aceitar a estratégia de manipulação dos negativos, a troco do PODER. Foi cômodo aceitar viver numa sociedade mentirosa, falsa em troca da satisfação dos cinco sentidos,destruindo a natureza em troca de bens materiais, shoppings, fábricas de fumaça e etc,e infelizmente o tempo agora é curto e muita gente ainda acha que poderá continuar assistindo suas tv's,continuar com seus trabalhos estressantes em troca de um salário rídiculo,indo a praia no feriadão e ficar no transito 10 horas para chegar até lá, acha que poderão seguir com sua mente rídicula cheia de vícios, churrasco de bichos inocentes mortos e cachaça.



Creio que seja lá o que tenha nos criado, com certeza esperava algo melhor do que somos agora. As pessoas simplesmente IGNORAM a realidade de si mesmas e quando acontece algo que as amedrontam, correm para a igreja. Despendem de qualquer esforço de OLHAR PARA SI MESMAS, pois seus olhos estão na vida alheia e na crítica destrutiva. E daí eu me pergunto como reagirão estas pessoas a estes eventos..com certeza sentarão no chão e ficarão chamando jesus... Não tem um dia em que eu deixo de pensar ''como seria tudo mais fácil se todo mundo acordasse para a realidade agora. Se todo mundo simplesmente despertasse do sonho profundo desta vida de ilusão e tivesse consciência da unidade da qual estamos inseridos''. Somos um com a mãe natureza, tudo o que nós pensamos atinge todo mundo e todo o planeta..tudo o que nós falamos e sentimos afeta todo o resto..SOMOS O PLANETA..

Como será para as pessoas dependentes de seus trabalhos extremamente materialistas acordar e ver que não terão mais aquele ofício a cumprir, praticamente de segunda a segunda? Como serão para as pessoas capitalistas e consumistas ver que simplesmente não terá mais onde gastar seu dinheiro em coisas futeis e inúteis? Por aí já podemos ver que a coisa vai ficar feia, pois muita gente vai pirar...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

O QUE SÃO OS CHEMTRAILS??

Chemtrails são rastros deixados por aviões sem identificação, e estes rastros quimicos vão se expandido e formando nuvens. Chemtrails também são grandes nuvens químicos dispersados em grande altitude antes de anoitecer para que durante a noite cumpram com a finalidade de preencher as bolhas ionosféricas e assim evitar a perda de sinal das comunicações e perda de equipamentos por causa das bolhas ionosféricas centenas de milhares de dolares em satélites que colidem no espaço ou por outros defeitos que acabam por inutilizando o equipamento.Efeitos nos Humanos e seres vivos em geralO principal efeito dos Chemtrails na saúde dos Humanos é a baixa imunidade e doenças respiratórias como tosse, gripe, tuberculose , pneumonias entre tantos outros problemas confirmados no mundo. Os Chemtrails começaram em 1999 e já fizeram 10 anos e aqui no Brasil por falta de conhecimento científico as pessoas não tem informação nem conhecimento, nós já divulgamos a mais de 1 ano.






Esta Gripe Suína foi mais uma consequência dessa fumigação diária dos Chemtrails sob nossas cabeças.A questão aqui é esclarecer o que está acontecendo porém como existe os porquês? quem faz? para? e etc nos vamos dar atenção as consequências para a vida e os seres vivos deste planeta.Objetivo dos Chemtrails?Expansão das comunicações e controle de população.





Conhecimento é a palavra-chave, quem tiver interesse pode começar agora:
http://imageevent.com/firesat/strangedaysstrangeskies




Clifford E Carnicom


Conteúdo em português
Chemtrails - tradução do espanhol


Links sobre Chemtrails escrito por Brasileiros
http://mateusteixeira.wordpress.com/tag/chemtrails


Relatório observações de Chemtrails no Brasil entre Out e Dez / 2008


Chemtrails em Florianópolis - 29/01/2009


Chemtrails em Florianópolis - 31/10/2008
Chemtrails em Florianópolis - 20/12/2008
Chemtrails no México


Chemtrail


Este fenômeno vem sendo reportado em todas as partes do mundo desde 1999 e desde então o clima ficou instável, doenças surgem nao se sabe de onde ou se inventa uma desculpa, e a verdade é que estamos sendo bombardeados diariamente com estes químicos que além de produzirem estas chuvas artificiais, liberam estas moléculas que vão se agrupando até formarem uma área instavel, é neste momento que entra a HAARP pode aquecer a ionosfera ou oceano ate determinada largura a uma temperatura de 600º isso gera um ciclone instantâneo e conforme as condições criadas com os chemtrails pode-se criar um furacão e depois manipulando o campo magnético da terra pode-se manipular a direção do vento e direcionar a onde quiserem.


A manipulaçao climática esta sendo usada como arma de aniquilação em massa, com as chuvas e enchentes vem a crise da agricultura e da economia e todo o setor. Junto com os Chemtrails vieram as mudanças climáticas e as doenças. Chemtrail e HAARP trabalham em conjunto e com um único objetivo, ter o controle do clima no mundo, sem falar da parte de bombardear muitas doenças ao redor do planeta, para alimentar a industria farmacêutica, e para depois irem com os seus remédios salvar o povo flagelado por estes mesmos, pena a mídia não mostrar o verdadeira face do problema, será falta de conhecimento de nossos reporteres? E o governo? Pesquisadores? Meterologistas do Brasil?


Vejam um exemplo de Chemtrail Acompanhamos um estudo feito por Clifford E Carnicom , onde ele dedica a carreira a comprovar os efeitos desta guerra química que vem sendo usada contra a população civil de vários países pobres ou em desenvolvimento, porque nos países ricos o povo reclamou e com isso conseguiram ver o sol novamente. Aqui temos outro estudo que reporta os chemtrails em varias partes do mundo é uma pagina com 360 artigos com texto e fotos , demora um pouco para carregar:


http://imageevent.com/firesat/strangedaysstrangeskies


Mais uma fonte:Armas Climáticas de Washington


Fique de olho nos céus e quando ouvir um barulho de avião muito alto , e conseguir bater uma foto ou várias envie-nos para ajudar a elaborar um estudo em lingua portguesa sobre este fenômeno que acontece a muito tempo em nosso espaço aéreo, e porque que voam livres em nosso espaço aéreo ????? Chemtrails não são somente riscos no céu, esta massa cinzenta que permanentemente está sob nossas cabeças é composta de partículas metálicas formando uma grande radar, uma grande antena propiciando as comunicações em qualquer lugar do planeta. E o Lula acho que também não sabe de nada?????E a televisão?


Não fazem nada a não ser apregorar esta mentira que é o aquecimento global, ficam propagando a política de mentir que o planeta esta com problemas climáticos e não informa a verdade do porque que estamos vivendo estes problemas climáticos, é uma pena os reporteres serem coniventes com a mentira.Vejam outra foto com um Contrail veja que logo após a passagem do avião o rastro desaparece, confira, nesta foto aparecem 3 aviões:Veja que um contrail pode permanecer um pouco mais tempo visível dependendo das condições atmosféricas ou pode ser que não sejam apenas contrails ja vi algo com mecânicos que presenciaram estes equipamentos extras que nem aparecem na planta do avião e são manipulados por quem recolhe os dejetos orgânicos dos aviões, contrails tem sombra observe na foto acima a sombra, um chemtrail não produz sombra.


Os Chemtrails permanecem por várias horas e conforme reportado por pesquisas em vários lugares, existem um padrão. Após a passagem do avião as moleculas injetadas começam a expandir e se aglomeram e em algumas horas o tempo fica encoberto e nebuloso e vai expandindo até formar uma nuvem de tempestade.Os quimicos são dispersados em grande altitude antes de anoitecer para que durante anoite cumpram com a finalidade de preencher as bolhas ionosfericas e assim evitar a perda das comunicações e de equipamentos.Estamos traduzindo muito conteúdo, aguardem.Expandam suas idéias, não acreditem em tudo que lavadora de cabeças e mentes televisão lhe diz.


FONTE: http://www.lagoaviva.org/index.php?pagina=25







sábado, 17 de julho de 2010

EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA





Últimamente muito se tem falado sobre como expandir a consciência. A palavra consciência origina-se do latim 'concientia' que significa 'conhecimento partilhado com ou de algo', logo, podemos definí-la como CONHECIMENTO. Existem muitas maneiras de expandí-la, pois, o principal foco da consciência é o acerca de si mesmo para então ser possível ter a percepção do TODO. Muitas pessoas acabam achando que o intelectual e o raciocínio lógico se resumem a consciência, se tornando assim uma enciclopédia humana a cerca de inúmeros assuntos, mas o principal que é conhecer a si mesmo, se torna impossível para um cérebro que foca somente o hemisfério esquerdo. Para tudo é lógico ter equilíbrio, e quando se alcança este equilíbrio interior é que se torna possível a expansão da consciência. Isto seria como uma ponte entre o humano e o cosmos.

Podemos observar as pessoas reacionárias ou de conhecimento limitado a cerca de tudo o que a cerca, que elas não tem consciência de quem são e para que estão encarnadas. Simplesmente acham que tudo começou aqui e tudo irá acabar aqui no planeta.Não aceitam nada que possam 'Abrir' suas mentes, sendo assim preferem atacar ou partir para a violência verbal para defender 'seus limites' de crença. Essas pessoas não sabem trabalhar a essência que existe em todos nós, que é energia,e como vivem inconscientes achando que seus vícios e fracassos são elas mesmas e não FALTA DE CONHECIMENTO, perdem a maior benção que é esta vida. Somente quando nos damos conta de que a encarnação humana é uma grande experiência de libertação, é que nossa consciência começa a se expandir.

Neste caminho, muitos espiritualistas e buscadores fizeram e fazem uso de psicoativos e drogas para auxiliá-los nesta busca de conhecimento interior. Eu parto do princípio de que nada é necessário para alcançar este estado de expansão além de meditação profunda. Na meditação e só neste estado interior de equilibrio e paz, é possível se dar conta do que somos nós realmente.
Experiências com qualquer tipo de drogas tem efeito passageiro,sendo assim a pessoa acaba ficando dependente daquela situação momentânea e sensação ao invés de focar o objetivo da percepção de si mesmo 24 horas por dia.

Com a meditação profunda, aos poucos outras dimensões começam a se abrir diante de seus olhos,e isto pode ser alcançado a qualquer momento. Chegará o momento do qual sua paz será inpertubável e o estado de expansão consciencial será permanente, pois você alcançará sua essência verdadeira e simplesmente viverá o que é realmente. Toda briga, luta, dúvida, competição e medo vem de um estado de ser fragmentado. Nós nascemos inteiros, prontos para a vida, unidos com o todo. Mas a MATRIX faz de tudo para fragmentar e implantar crenças destrutivas através de familiares, escolas e sociedade em geral para acreditarmos que somos apenas uma pequena parte sem nenhum poder.

Somente com a meditação é possível retornar para a unidade e sair em busca do CONHECIMENTO VERDADEIRO. Você se tornará consciente de que todo poder para o bem ou para o mal está dentro de você, e que na verdade nunca esteve fora.
Neste estado você começa a observar e contemplar a unidade em tudo, e o estado de paz e equlíbrio permanece. O espírito (luz) domina a matéria (personalidade) e a bem aventurança é alcançada.


Agora deixo um exercício de meditação e canalização de energia:



Sente-se em um lugar tranquilo e silencioso;


Feche os olhos concentrando a atenção no umbigo;


Por alguns minutos apenas observe a respiração tranquilamente;


Comece a respirar rapidamente expirando-inspirando-expirando-inspirando..


Mantenha os olhos fechados e continue neste ritmo rápido o máximo que puder: expirando-

Inspirando-expirando-inspirando e assim continue rapidamente por uns 2 minutos com a atenção no umbigo.


Inspire e tente reter a respiração por 3 segundos e Expire profundamente. Continue de olhos fechados.
Permaneça observando a respiração normal tranquila do início por mais uns minutos. Abra os olhos vagarosamente.


Repita o exercício quantas vezes quiser principalmente ao acordar ou antes de dormir. Mantenha o estado de paz.


OBS: este pranayama (exercícios respiratórios) pode causar tontura ou nauseas em algumas pessoas. Isto é normal no ínicio, mas se lhe for incômodo, pare e volte para a respiração normal.




sexta-feira, 16 de julho de 2010

A Força do Pensamento!!

"É mais do que urgênte despertar a Força do Pensamento, em especial, o Pensamento Positivo, com ele podemos mudar o rumo de nossa vida alimentando-a com motivação e liderança"
É necessário que você saiba que existe uma força imensamente superior à eletricidade e à dinamite: a força do pensamento. Quando você pensa em algum amigo ou em um membro da família, escapam de seu cérebro ondas mentais; estas ondas são como as das emissoras de rádio e viajam através do espaço, chegando à mente daquela pessoa na qual estamos pensando.



Você tem que saber que assim como o homem tem mente, assim também todo o Universo tem mente. Existem a mente humana e a mente cósmica. A Terra é a mente condensada. O Universo inteiro é mente condensada. As ondas da mente universal saturam o espaço infinito. O engenheiro que vai edificar uma casa, o primeiro que faz é realizar o projeto mental, quer dizer, a constrói na mente; depois, a projeta no plano e, por último, a cristaliza materialmente. Assim, toda coisa, toda construção existiu primeiro na mente. Não pode existir nada no mundo físico ou material em que vivemos sem antes ter existido no mundo da mente.





É necessário aprender a concentrar e projetar a mente com precisão e grande força. E necessário que você saiba que concentrar a mente é fixar sua atenção em uma só coisa. Quando você fixa a atenção mental em um amigo distante, quando você se concentra nesse amigo, pode estar certo de que seu cérebro emite ondas mentais potentes que, inevitavelmente, chegarão ao cérebro de seu amigo.
O importante é que você se concentre verdadeiramente. É necessário que nenhum outro pensamento seja capaz de distraí-lo. Você deve aprender a concentrar sua mente.
Quem aprende a manejar a força do pensamento, vai com absoluta segurança ao triunfo, assim como a flecha chega ao alvo guiada pela mão do exímio arqueiro. Lembre-se de que o mundo é um produto da mente. Você é o que é pela mente. Você pode transformar-se totalmente, fazendo uso da força do pensamento. O pobre e miserável é assim porque quer ser assim; com a mente se sustenta pobre e miserável.




O rico e poderoso é assim porque, com a mente, se fez assim. Cada um é o que quer ser com a força da mente. Cada um projeta no mundo da mente cósmica o que é e o que quer ser. Os projetos da mente se cristalizam fisicamente e, então, temos, na prática, uma vida rica ou miserável, feliz ou desgraçada. Tudo depende do tipo de projetos mentais que hão cristalizado. Assim como a nuvem se condensa em água e a água, em gelo, a força mental também. Primeiro nuvens (projetos), depois água (circunstâncias, desenvolvimento do projeto) e, por último, o gelo duro (o projeto convertido em fatos concretos).
Se o projeto foi bem feito e com força suficiente, se os fatos ou o desenvolvimento dos fatos e as circunstâncias foram maravilhosos, o resultado será a vitória. A condensação perfeita do projeto é a vitória.



Os fatores básicos para o triunfo de um projeto são três:


1º força mental.
2º circunstâncias favoráveis.
3º inteligência.


FONTE: http://menteaberta2012.blogspot.com/

quarta-feira, 14 de julho de 2010

GUINADA MAGNÉTICA "MOVE" O POLO NORTE

Jonathan Leake - The Sunday Times





LONDRES - O Pólo Norte está de mudança. Cientistas encontraram grandes buracos no campo magnético da Terra, sugerindo que os Pólos Norte e Sul estão se preparando para trocar de posição, numa guinada magnética.Um período de caos poderia ser iminente, no qual as bússolas não mais apontariam para o Norte, animais migratórios tomariam o rumo errado e satélites seriam queimados pela radiação solar.Os buracos estão sobre o sul do Atlântico e do Ártico.



As mudanças foram divulgadas depois da análise de dados detalhados do satélite dinamarquês Orsted, cujos resultados foram comparados com dados coletados antes por outros satélites.A velocidade da mudança surpreendeu os cientistas. Nils Olsen, do Centro para a Ciência Planetária da Dinamarca, um dos vários institutos que analisam os dados, afirmou que o núcleo da Terra parece estar passando por mudanças dramáticas.''Esta poderia ser a situação na qual o geodínamo da Terra opera antes de se reverter'', diz o pesquisador.



O geodínamo é o processo pelo qual o campo magnético é produzido: por correntes de ferro derretido fluindo em torno de um núcleo sólido. Às vezes, turbilhões gigantes formam-se no metal líquido, com o poder de mudar ou mesmo reverter os campos magnéticos acima deles.A equipe de Olson acredita que turbilhões se formaram sob o Pólo Norte e o sul do Atlântico. Se eles se tornarem fortes o bastante, poderão reverter todas as outras correntes, levando os pólos Norte e Sul a trocar seus lugares.Andy Jackson, especialista em geomagnetismo da Universidade de Leeds, Inglaterra, disse que a mudança está atrasada: ''Tais guinadas normalmente acontecem a cada 500 mil anos, mas já se passaram 750 mil desde a última.''Impacto
A mudança poderia afetar tanto os seres humanos quanto a vida selvagem. A magnetosfera fornece proteção vital contra a radiação solar abrasadora, que de outro modo esterilizaria a Terra.A magnetosfera é a extensão do campo magnético do planeta no espaço. Ela forma uma espécie de bolha magnética protetora, que protege a Terra das partículas e radiação trazidas pelo ''vento solar''.


O campo magnético provavelmente não desapareceria de uma vez, mas ele poderia enfraquecer enquanto os pólos trocam de posições.A onda de radiação resultante poderia causar câncer, reduzir as colheitas e confundir animais migratórios, das baleias aos pingüins. Muitas aves e animais marinhos se guiam pelo campo magnético da Terra para viajar de um lugar para outro. A navegação por bússola se tornaria muito difícil. E os satélites - ferramentas alternativas de navegação e vitais para as redes de comunicação - seriam rapidamente danificados pela radiação.O ponto zero e a mudança das eras do calendário Maia Profecias ancestrais e diversas tradições indígenas anteviram o fenômeno. Mas agora para surpresa de muita gente, é a própria ciência que começa a reconhecer importantes mudanças no campo magnético e na freqüência vibratória da Terra.O ápice do processo, que segundo alguns especialistas, deverá ocorrer em alguns anos provavelmente provocará a inversão do sentido da rotação do nosso planeta e também a inversão dos pólos magnéticos.



O texto que o Guia Lótus agora veicula é baseado nas informações que enfoca o trabalho do geólogo norte-americano Greg Braden, maior estudioso do fenômeno.Braden trabalha a partir da interface ciência-esoterismo e é autor do livro "Awakening to Zero Point " (Despertando para o Ponto Zero – ainda não traduzido para o português) e de um vídeo de quatro horas sobre o fenômeno e suas possíveis conseqüências para a humanidade.Greg Braden está constantemente viajando pelos Estados Unidos e marcando presença na mídia demonstrando com provas científicas que a Terra vem passando pelo Cinturão de Fótons e que há uma desaceleração na rotação do planeta. Ao mesmo tempo, ocorre um aumento na freqüência ressonante da Terra (a chamada Ressonância de Schumann).




Quando a Terra perder por completo a sua rotação e a freqüência ressonante alcançar o índice de 13 ciclos, nós estaremos no que Braden chama de Ponto Zero do campo magnético.A Terra ficará parada e, após dois ou três dias, recomeçará a girar só que na direção oposta. Isto produzirá uma total reversão nos campos magnéticos terrestres.Freqüência de base crescente
A freqüência de base da Terra, ou ''pulsação'' (chamada Ressonância de Schumann, ou RS), está aumentando drasticamente. Embora varie entre regiões geográficas, durante décadas a média foi de 7 e 8 ciclos por segundo. Esta medida já foi considerada uma constante; comunicações globais militares foram desenvolvidas a partir do valor desta freqüência.




Recentes relatórios estabeleceram a taxa num índice superior a 11 ciclos.A ciência não sabe porque isso acontece – nem o que fazer com essa situação. Greg Baden encontrou dados coletados por pesquisadores noruegueses e russos sobre o assunto – que, por sinal, não é amplamente tratado nos Estados Unidos.A única referência à RS encontrada na Biblioteca de Seattle está relacionada à meteorologia: a ciência reconhece a RS como um sensível indicador de variações de temperatura e condições amplas de clima.Braden acredita que a RS flutuante pode ser fator importante no desencadeamento das severas tempestades e enchentes dos últimos anos.Campo magnético decrescenteEnquanto a taxa de ''pulsação'' está crescendo, seu campo de força magnético está declinando. De acordo com professor Banerjee, da Universidade do Novo México – EUA, o campo reduziu sua intensidade à metade, nos últimos quatro (4) mil anos.





E como um dos fenômenos que costuma preceder a inversão do magnetismo polar é a redução deste campo de força, ele acredita que outra inversão deve estar acontecendo.Braden afirma, em função disso, que os registros geológicos da Terra que indicam inversões magnéticas também assinalam mudanças cíclicas ocorridas anteriormente. E, considerando a enorme escala de tempo representada por todo o processo, devem ter ocorrido muito poucas dessas mudanças ao longo da história do planeta.




Impacto sobre o Planeta


Greg Braden costuma afirmar que estas informações não devem ser usadas com o objetivo de amedrontar as pessoas.Ele acredita que devemos estar preparados para as mudanças planetárias, que irão introduzir uma Nova Era de Luz para a humanidade: iremos além do dinheiro e do tempo, com os conceitos baseados no medo sendo totalmente dissolvidos.Braden lembra que o Ponto Zero ou a Mudança das Eras vem sendo predito por povos ancestrais há milhares de anos. Têm acontecido ao longo da história do planeta muitas transformações geológicas importantes, incluindo aquelas que ocorrem a cada treze (13) mil anos, precisamente na metade dos vinte e seis (26) mil anos de Precessão dos Equinócios.





O Ponto Zero ou uma inversão dos pólos magnéticos provavelmente acontecerá logo, acredita Braden. Poderia possivelmente sincronizar- se com o biorritmo de quatro (4) ciclos da Terra, que ocorre a cada vinte (20) anos, sempre no dia 12 de Agosto. A última ocorrência foi em 2003 .Afirma-se que depois do Ponto Zero o sol nascerá no oeste e se porá no leste. Ocorrências passadas, deste mesmo tipo de mudança, foram encontradas em registros ancestrais.




Os reflexos na vida humana





Greg Braden assinala que as mudanças na Terra estarão afetando cada vez mais nossos padrões de sono, relacionamentos, a habilidade de regular o sistema imunológico e a percepção do tempo. Tudo isso pode envolver sintomas como enxaquecas, cansaço, sensações elétricas na coluna, dores no sistema muscular, sinais de gripe e sonhos intensos.Ele associa uma série de conceitos de ordem esotéricos aos processos geológicos e cosmológicos relacionados ao Ponto Zero.





Para Braden, cada ser humano está vivendo um intenso processo de iniciação.O tempo parecerá acelerar-se à medida que nos aproximarmos do Ponto Zero, em função do aumento da freqüência vibratória do planeta: 16 horas agora equivaleriam a um dia inteiro, ou seja, 24 horas.Durante o fenômeno da mudança, aponta ele, a maior parte de tecnologia que conhecemos deverá parar de operar. Possíveis exceções poderiam ser em aparelhos com tecnologia baseada no ''Ponto Zero'' ou Energia Livre.A inversão causada pelo Ponto Zero provavelmente nos introduzirá à Quarta Dimensão, diz o geólogo, então tudo que pensarmos ou desejarmos vai se manifestar instantaneamente. Isto inclui amor e medo. Daí que a intenção passará a representar um papel de suma importância na vida humana.

Um novo DNA


Para Braden, nosso corpo físico vem mudando à medida que nos aproximamos do Ponto Zero. Nosso DNA estaria sendo ampliado para doze (12) fitas em sua hélice, ao mesmo tempo em que um novo corpo de luz começaria a ser criado. Em conseqüência: nos tornaríamos mais intuitivos e com maiores habilidades curativas.Ele afirma também que todas as doenças dos anos 90, incluindo a AIDS, desaparecerão.Nossos olhos ficariam como os do gato, para se ajustarem à nova atmosfera e nível de luz.




E todas as crianças nascidas depois de 1998 provavelmente terão capacidades telepáticas.O Calendário Maia destaca Braden, predisse todas as mudanças que estão ocorrendo agora. Os seus textos afirmam que estamos indo além da tecnologia e voltando aos ciclos naturais: os da Terra e os do Universo.Por volta de 2012 estaríamos então entrado na Quinta Dimensão (depois do salto para a Quarta Dimensão, que deverá ocorrer no próprio Ponto Zero).


O que é Ressonância Schumann?



Acredite ou não, a Terra comporta-se como um enorme circuito elétrico. É verdade que a atmosfera é um condutor bastante fraco e se, não houvessem fontes de carga, toda a carga elétrica terrestre se disseminaria em cerca de dez (10 )minutos.Existe uma ''cavidade'' definida pela superfície do planeta e o limite interior da ionosfera 55 km acima. Em qualquer momento dado, a carga presente nesta cavidade é de 500.000 C (Coulumbs). Existe uma corrente de fluxo entre o chão e a ionosfera de 1 a 3* 10- 12 A (Ampéres) por metro quadrado. A resistência da atmosfera é de 200 W (Ohms). O potencial de voltagem é de 200.000 V (Volts).Aproximadamente 1.000 tempestades luminosas acontecem a todo o momento no mundo. Cada uma produz de 0,5 a 1 A (Ampére), e elas, juntas, contribuem para a medida total do fluxo da corrente na ''cavidade eletromagnética' ' da Terra.As Ressonâncias de Schumann são ondas eletromagnéticas quase estáticas que existem nesta cavidade.






Como ondas de uma mola, elas não estão presentes o tempo inteiro, e sim têm de ser estimuladas para serem observadas. Elas não são causadas por nada que acontece no interior da Terra, sua crosta ou seu núcleo.Parecem estar relacionadas à atividade elétrica na atmosfera, particularmente em períodos de intensa atividade luminosa. Elas ocorrem em diversas freqüências entre 6 e 50 ciclos p/s; especificamente 7, 8, 14, 20, 26, 33, 39 e 45 Hertz, com uma variação diária de cerca de 0,5 Hertz. Manchas solaresEnquanto as propriedades da cavidade eletromagnética da Terra permanecem as mesmas, estas freqüências também permanecem inalteradas. Presumivelmente, há uma mudança devida ao ciclo da mancha solar, já que a ionosfera da Terra responde ao ciclo de 11 anos de atividade solar.Ressonâncias de Schumann são mais facilmente observadas entre 2.000 e 2200 UT.







Tendo em vista que a atmosfera suporta uma carga, uma corrente e uma voltagem, não é surpreendente encontrar tais ondas eletromagnéticas.As propriedades ressonantes desta cavidade terrestre foram previstas inicialmente pelo físico alemão W. Schumann entre 1952 e 1957, e detectadas pela primeira vez por Schumann e Konig em 1954.A primeira representação espectral desse fenômeno foi preparada por Balser e Wagner em 1960. Muito da pesquisa, nos últimos 20 anos, foi conduzida pela Marinha norte-americana, que investiga freqüências extremamente baixas de comunicação com submarinos.Quem deseja mais informações técnicas, pode buscar o Handbook of Atmospheric Electrodynamies, vol, 1, de Hans Volland (CRC Press,1995). O capítulo 11 inteiro é sobre a Ressonância de Schumann, tendo sido escrito por Davis Campbel, do Instituto Geofísico da Universidade do Alaska.



''Ao entardecer dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu está vermelho escuro. Hipócritas! Sabeis portanto discernir os aspectos do céu, e não podeis reconhecer os Sinais dos Tempos?'' - MATEUS – XVI, 2,24.




De autor incógnito escrito em 82, mas mostra o perfil atual do humanidade. Observa-se, por toda a face da Terra, significativos sinais de uma grande mudança!Toda a humanidade se encontra num estado de ''tensão'' e ''expectativa' '. Expectativa de quê? ninguém sabe ao certo, mas é um fato e ela existe, como bem o demonstra a insegurança pública.Os mais céticos, afirmam ser devido à contingente situação atual da sociedade mundial. Alguns sociólogos afirmam ser devido às armas nucleares, ao chamado ''equilíbrio do terror'', cujo arsenal nuclear é suficiente para destruir todo o planeta mais de uma centena de vezes.




Já os ocultistas afirmam que estes ''sintomas planetários sociais'' são o ''Inconsciente Coletivo'' prognosticando uma terrível e implacável seleção ou separação do trigo do joio, proveniente de um grande ''Julgamento Cíclico''.Em verdade, contudo, podemos apenas afirmar que: ''Os tempos esperados já chegaram'' e que pouco importa se os homens estejam ou não conscientes disto.Ademais, o real conhecimento da Causa que tanta repercussão vem fazendo refletir na insegura humanidade, pertence somente àqueles que se fizeram dignos de tais revelações.Já um certo discípulo teve ocasião de dizer: ''Quatro círculos concêntricos se apresentam atualmente para definirem a evolução espiritual dos seres que habitam a face da Terra: o , ou externo, é formado pelos ''irremediavelmente perdidos'' ou seja, aqueles que se defrontaram com o dantesco portal onde se lê ainda as seguintes palavras: LASCIATE OGNI SPERANZA, O VOI CH'ENTRATE. Sim, para estes, foram perdidas todas as esperanças;O , ''dos ''prováveis'' , ou aqueles que lutam como: RARINANTES IN GURGITE VASTO (raros náufragos nadando num vasto abismo), para se salvarem da grande tribulação do presente ciclo, que a tudo e a todos ameaça destruir;





O círculo, é formado pelos já redimidos ou salvos, ou seja, aqueles que passaram por todas as provas dolorosas da vida e delas saíram vitoriosos;Finalmente, o grupo, formado pelos guias ou instrutores da humanidade. Os que se acham ocultos no interior do templo dedicado ao culto de Melkitsedek, e que outro não é senão o da Universidade Eucarística, o GRAAL de todos os Graals, sintetizados na Fraternidade Universal da Humanidade.Estes últimos seres a que se refere a citação acima, muito bem sabem o que há de suceder num futuro próximo e muito mais. Sabem ainda a razão porque a divindade manifestar-se-á como a ''Face Rigorosa'' (em lugar da amorosa) do Eterno e Soberano Senhor dos Universos.De qualquer forma, para os cegos de espírito, que obstinadamente negam este futuro óbvio, eis os conselhos do sábio Sacerdote Atlante RA-UM.




''Quando a estrela BAAL caiu no lugar, onde hoje só existe mar e céu, os dez países, com suas Portas de Ouro e Templos Transparentes, tremeram e estremeceram como se fossem as folhas de uma árvore sacudida pela tormenta.Eis que uma nuvem de fogo e fumaça se elevou dos palácios. Os gritos de horror lançados pela multidão enchiam o ar. Todos buscavam refúgio nos templos, nas cidades, e o sábio UM apresentando- se, lhes falou: ''Não vos predisse eu todas essas coisas?'' Os homens e mulheres cobertos de custosas vestes e pedras preciosas clamavam: ''UM, salva-nos!'' Ao que replicou UM: ''Morrereis com vossos escravos, vossas riquezas, e de vossas cinzas surgirão outros povos. Se eles, porém, vos imitarem, esquecendo-se de que devem ser superiores, não pelo que adquirirem, mas pelo que oferecerem, a mesma sorte lhes caberá. O mais que posso fazer é justamente morrer convosco. Não tiveste dignidade para viver tenham pelo menos dignidade para morrer''.




As chamas e o fumo afogaram as últimas palavras de UM que, de braços abertos para o ocidente desapareceu nas profundezas do oceano com 64 milhões de habitantes do imenso continente.O parágrafo abaixo se refere a dados, a mim enviado, relativos à última anotação sobre a freqüência de Schumann (09.03.2002) : Com relação a aceleração da freqüência planetária tivemos a felicidade de saber que ela acelerou mais um pouco no último sábado (passou de 28 para 27 ciclos e quanto mais baixa menor o tempo e mais facilidade de contato com os seres).



Assim nosso tempo, que até 1971 correspondia a 24 horas, atualmente está em menos de 12 horas por dia..Obs: A sensação psico-mental é de que 12 h é equivalente a 24h. Daí muitos dizerem ''O tempo está passando mais rápido, não sobra tempo para nada...

sábado, 10 de julho de 2010

DESPERTE...

Nestes últimos dias tenho pensado bastante sobre tudo o que está acontecendo e que está para acontecer. Na verdade tenho a impressão de que tudo o que os negativos andam fazendo para que as pessoas permaneçam presas nesta MATRIX, e isto inclue chip's, Lhc,veneno nos alimentos, no ar, na terra, na água e etc., não irá adiantar NADA. Eles realmente estão desesperados por que toda forma de CONTROLE está para acabar, e lógicamente eles também. Bom, ultimamente tenho visto alguns posts e comentários em vários blogs, falando sobre a NOM e a Nova ERA, e basta ter um pouco de discernimento e a PINEAL despertando dentro da nossa cabeça, para perceber a diferença das duas que são TOTALMENTE diferentes.

O que eu entendo por NOM é o DOMÍNIO geral, o NAZISMO novamente ativo, comandando tudo e todos como ROBÔS e quem não servir para esta função da BESTA, morre. Entendam por BESTA, algum ser extremamente negativo usando um corpo físico, se achando dono do universo e tenho milhões de escravos obdecendo e adorando este ser macabro com todas as formas de materialismo exacerbado e sem NENHUMA espiritualidade.

O que eu entendo por NOVA ERA, a ESPIRITUALIDADE reinará e todos os seres serão auto sulficientes e a unica forma de DOMÍNIO que existirá será o de SI PRÓPRIO, pois, todos os seres desta era de aquário, serão realmente um com o cosmos, será um planeta sem fronteiras, sem países, sem estados, enfim, um único continente onde o único governo que existirá será o de DEUS, A LUZ. Todos os seres terão as capacidades extra sensoriais desenvolvidas, como telepatia e etc., e quase sempre não será preciso utilizar a fala, até porque será possível saber o que os outros pensam. Todos poderão ir para onde quizerem, não existirá limites físicos, os seres de outros planetas sempre estarão presentes para trocarem experiências espirituais e ensinar. Este mundo que nos é visível ainda hoje, DESAPARECERÁ totalmente com seu séquito de domínios, e aflições.

Todos os seres estarão livres dos DOMINADORES, e todos cuidaram da terra, mãe gaia com muito amor. A única lei existente será a lei do AMOR. Todos terão a consciência desperta e reinará a era dos BUDAS, todos se dedicando a cuidar de GAIA e trabalhar sempre a serviço DA luz maior criadora.TODOS saberão que qualquer ação atingirá o TODO, então só irão cometer ações benéficas com extrema consciência em tudo e de tudo.


Bom, posso estar sendo otimista em demasia, mas realmente é o que eu sinto. Por mais que os negativos estejam lutando para que este mundo continue do jeito que está, por mais que eles em conjunto com a BESTA MÃE rsrs..estejam correndo contra o tempo para que o maior número de catástrofes nos atinjam e a maioria pereça, eles não irão impedir a evolução de acontecer. Portanto, é necessário estarmos preparados agora mais do que nunca, pois a agenda deles continua ativa para que o maior número de pessoas DESENCARNE NA ILUSÃO. E ilusão é justamente TUDO o que vemos como real atualmente. Não é a toa que os sábios hindus chamam este mundo de MAYA, que significa exatamente ILUSÃO. TUDO O QUE OS EXTRAS NEGATIVOS CRIARAM NESTE PLANETA para nos manter presos A VERDADE DELES e não a REAL liberdade QUE VEM DA LUZ CRIADORA e não deles.




E o que eles criaram? AH!! manipularam tudo para nos aprisionar, dominam o sistema educacional para nos MOLDAR a matrix, Dominam a política, TV, JORNAIS, MUSÍCAS DE BAIXA VIBRAÇÃO que só falam de traição, drogas, prostituição,dor, ódio e etc., ELES FAZEM DO DINHEIRO O MAIOR DEUS, para criar PRECONCEITO, ÓDIO, AMBIÇÃO,e todos os sentimentos baixos, envenenam crianças com vacinas com micro chips, criam doenças e depois mais vacinas envenenadas, como uma PSEUDO solução, enfim, tudo para nos DOMINAR, INCLUINDO religiões para sempre pensarmos que o SALVADOR está fora de nós, e que não precisamos fazer nada em nosso íntimo para despertarmos realmente.E O PIOR DE TUDO, FAZEM AS PESSOAS ACREDITAREM QUE SÃO ESTE CORPO. Nós não somos nosso corpo, somos luz, energia em constante evolução. Buda, um grande iluminado hindu, dizia que TODA FORMA É VAZIA E O VAZIO A VERDADEIRA FORMA.





Não temos forma, porque somos energia, consciência usando um corpo físico necessário para esta vibração da terceira dimensão. Fora daqui, desta dimensão não temos forma, somos feixes de luz. Tudo o que os negativos querem é nos manter APEGADOS A TERCEIRA DIMENSÃO, pois mesmo desencarnados eles poderão continuar manipulando fazendo-nos acreditar que a encarnação é necessária. Buda dizia, que ao despertar a consciência você sai automaticamente do SAMSARA, ou ciclo de reencarnação, porque você descobre que não precisa voltar aqui nesta dimensão. O que faz você voltar aqui é o APEGO aos PRAZERES SENSORIAIS, e você não precisa disso. Isto é o que todos os iluminados vieram nos mostrar, JESUS, BUDA, KRISHNA,OSHO e etc., nenhum deles criaram RELIGIÃO.


Sabiam que isto não era necessário, pois CADA UM PODERIA SE TORNAR SEU PRÓPRIO GUIA OU MESTRE, eles queriam LIBERTAR todo mundo desta ilusão.Quem criou a religião, foram seres que quiseram nos manter escravos aqui, foram como sempre os DOMINADORES. Não é a toa que todos não foram ACEITOS aqui, foram tidos como mentirosos na época, porque eles eram contra TODAS AS FORMAS DE DOMÍNIO.


Agora deixo um ótimo exercício muito bacana da filosofia HATHA YÔGA, para despertarmos nosso mestre interior e a percepção extrasensorial:


Este exercício terá que ser feito em um lugar com completo silêncio, é recomendado após uns 15 minutinhos de meditação ao acordar ou antes de dormir..


1° sente-se numa posição confortável, com a coluna ereta se possível;

2° introduza os seus polegares nos ouvidos. Feche os olhos, tapando-os com os dedos indicadores. Tampe o nariz com seus dedos médios e finalmente sele os lábios com os dedos anulares e mínimos.


Nos primeiros dias, se ouvirá os seus sons fisiológicos, porém, pouco a pouco ouvirá durante a prática sons cada vez mais e mais delicados. Assim despertará o seu ouvido mágico e a clarividência.


Provavelmente nas primeiras semanas, ao fechar os olhos será possível ver exatamente onde se encontra a pineal e ver algumas cores. o importante é manter a respiração tranquila e prestar atenção ao que ocorre.

Este é o gesto que fecha as sete portas da entrada dos sentidos na cabeça: ouvidos, olhos, narinas e boca. Em ambos os casos é importante que o praticante se assegure que os ouvidos ficaram bem tapados e que a posição é confortável para que não haja necessidade de interromper o exercício antes do previsto. Por fim, enquanto tiver alguma inflamação nos ouvidos evite o pránáyáma.

Aprofundando: Enquanto manter os ouvidos, os olhos e a boca tapados, continue com os indicadores pressionando levemente cada narina;

Comece inalando pela narina esquerda e expirando pela direita mantendo a esquerda tapada. Depois inverta a respiração, tapando a esquerda e respirando pela direita e expirando pela esquerda.

Algumas pessoas podem sentir uma leve tontura no começo, mas persistam, pois isto é normal no desenvolvimento da percepção extra sensorial. Apenas parem com o pranayama, que é o exercício respirátório e mantenham a respiração normal tranquila do ínicio.

OBS: Caso alguém sinta falta de ar, pare imediatamente este exercício e relaxe o máximo que puder. ok?!

JESUS EXISTIU OU NÃO? CLARO QUE SIM, MAS SEUS ENSINAMENTOS FORAM DISTORCIDOS

Bem, como essa coisa toda que está rolando no mundo está baseada no Apocalipse e demais profecias (que acredito que estão sendo seguidos como um plano por alguns, forçando sua ocorrência), e tudo isso tem um fundo religioso, não adianta querer escapar disso, então vou colocar algumas coisinhas a esse respeito. Particularmente, eu acredito em tudo e, ao mesmo tempo, não sigo nada...hehehe. Sempre fui em toda e qualquer religião, li os livros religiosos, tenho a maioria aqui em casa, desde parte dos Vedas, do hinduísmo, budismo tibetano, budismo taoísta, fui iniciada na Wicca, meu marido é hinduísta, inclusive já foi monge, e nós temos uma ligação grande com a comunidade hindu. Minha família é católica, então fui batizada lá, fiz o catecismo e só, depois fui para os meus caminhos. Tenho o Alcorão, os livros religiosos judaicos, os textos gnósticos, as bíblias, os apócrifos, bem, tenho um monte de livros e já visitei tudo quanto é religião e gosto dos ensinamentos delas, de forma geral.




Entendo que os textos religiosos, em geral, são baseados na manifestação da divindade na Terra, que ocorreu em algum tempo muito longínquo, e ficou registrada por todo o globo, onde encontramos os paralelos dessa mesma história na vida de Krsina (que entendo que foi essa manifestação original), na vida de Hórus, na vida de Quetzacoatl, na vida Jesus, na vida de Mitra e outros tantos, porque havia mais de 20 religiões, antes do cristianismo, que contou exatamente a mesma história: um emissário, que nasceu sob a Estrela de Belém (Sirius), pregou desde criança, teve 12 discípulos, foi crucificado, morreu subiu aos céus e voltou, enfim, essa história. Ela corresponde à astroteologia.
Todavia, o que também pode ter ocorrido, é a inclusão dos grandes iniciados e mestres do passado, como tendo vivido tal história, o que não significa que Jesus não existiu, ou Krsina ou todos os demais. Entendo que esses grandes mestres existiram, assim como mais recentemente tivemos vários encarnados desse tipo, como Francisco de Assis, como Sai Baba, como Gandhi, Osho e tantos outros. Só que hoje não cola mais tentar encaixar suas vidas nessa história antiga sobre os 12 discípulos e morrer na cruz e tudo o mais.




Tem um detalhe, é comum aos grandes iniciados, seguir os passos de se fazer as coisas como ensinadas. Então, é comum o mestre escolher 12 discípulos, o coven tem 12 discípulos e um mestre, por exemplo. Logo, não fica difícil entender que Jesus tenha tido, de fato, 12 discípulos e ele como mestre, que corresponde às 12 casas do zodíaco e o 13º é seu centro, a união de tudo, onde todos devemos chegar para alcançar a iluminação. Então não é difícil encaixar iniciados nessa história. São conhecimentos iniciáticos. Iniciação no que? Nos pequenos e grandes mistérios, para se alcançar a iluminação.
São coisas que somente podem ser realizadas para se alcançar, passos que têm que ser seguidos. Pode-se comparar a qualquer teoria científica, que disciplina os passos a serem seguidos numa experiência para se alcançar certo resultado, é a mesma coisa. Se você quer alcançar um resultado, tem que seguir esses passinhos. Acho muito estranho o pessoal que é cético querer zombar dessas coisas, ou achar que não tem provas científicas disso, quando eles fazem exatamente a mesma coisa nas ciências. A única diferença é o que o resultado dos métodos iniciáticos é sentida internamente, no corpo físico, mental e espiritual. Por isso quem pratica e obtém os resultados, não mais abandona: porque sente os resultados, seu corpo fica mais saudável, sua mente começa a entender várias coisas, sua consciência amplia, seus contatos com o divino ampliam, enfim, ela vai se iniciando...hehehe.






Por que eu acredito na existência de seres especiais, emissários divinos, e até na própria manifestação da divindade na Terra? Simples: de onde vocês acham que nós viemos? Todos os ensinamentos espiritualistas afirmam que somos "centelhas" divinas, ou seja, somos pedacinhos da divindade. Por isso pensamos, agimos, temos uma personalidade, temos uma alma, um espírito etc. Se somos pedacinhos dessa divindade que pode ser manifestada aqui, com tais atributos, é meio lógico que a própria divindade tenha esses mesmos atributos, só que perfeitos, porque a divindade é o todo: ela pensa, ela age, ela tem personalidade etc. Por isso os hinduístas referem-se a Krisna como a Suprema "Personalidade" de Deus.
Se a divindade pode soltar pequenas centelhas de si e deixar que se manifestem como individualidades, que somos nós, o que a impede, se quiser, de se manifestar diretamente aqui? Nada, ela faz o que quiser, ela é TUDO. Além disso, nós não estamos manifestados aqui de bobeira, só pra comer e encher a cara (embora haja muitos que só queiram fazer isso...hehehe - livre-arbítrio). Nós temos experiências aqui e estamos sempre aprendendo, ampliando a consciência, evoluindo e a iluminação total, a compreensão de tudo, a ligação com o divino, pode-se se dar aqui na matéria, por que não?





Por isso tem mestres, tem gente que conhece mais, tem mais consciência, outros menos, e assim por diante. E os que sabem mais ensinam, não é assim? Como é o nosso modelinho nas escolas, os professores não são aqueles que sabem mais e vêm nos ensinar? É a mesma coisa na espiritualidade. Não somos ensinados a ter respeito pelos mais sábios, pelos professores, pelos pais, etc? Por isso devemos ter esse mesmo respeito pelos mestres da espiritualidade. Não ADORAÇÃO, ninguém fica adorando e se prostando frente a um professor, não é mesmo? A mesma coisa na espiritualidade e com seus mestres: devemos ter respeito por eles, não adorá-los. Jesus ensinava essas coisas, e o pessoal pegou sua imagem e o transformou num ícone de adoração, exatamente o que ele REPUDIAVA.




Em relação a Jesus, tenho umas informações, coletadas de vários livros e outras fontes de pesquisas, sobre o fato de que ele, de fato, existiu. Os hinduístas têm registros de tudo na Índia, com mais de 3000 anos, inclusive. Um mestre hinduísta que meu marido conhece já viu, pessoalmente, na Índia, o registro que eles possuem da passagem de Jesus pela Índia, onde ele esteve estudando. Nos livros apócrifos de Jesus, que também tenho aqui em casa, são relatadas todas as viagens de Jesus nos supostos anos perdidos dele, até os 33 anos. Bem, não foram tão perdidos assim...hehehe, muito menos em vão, o cara saiu em peregrinação, estudando ocultismo por todos os lados, esteve na Índia, no Tibet, no Egito e em outros lugares, em todos estudando de um tudo: astrologia, yoga e tudo quanto era conhecimento desse gênero. Tornou-se um grande iniciado. No Egito ele recebeu o título de O Cristo, pelos graus atingidos nas escolas iniciáticas daquele local.




Jesus sobreviveu à crucificação e fugiu para a Índia, onde teve filhos (não sei se casou lá ou se foi com a própria Maria Madalena que foi sua esposa), e há, inclusive, seus descentdentes lá. Ele foi enterrado na Cashemira, onde sua tumba existe até hoje, conhecida como a Tumba do Profeta. Lá também ele foi conhecido e respeitado como um grande mestre, e sua tumba é considerada sagrada. Já li reportagens (na Sexto Sentido lembro que saiu uma) sobre o fato de que há arqueólogos e historiados que tentaram obter autorização para exumar essa tumba, mas os indianos são muito devotos e não permitem que seja profanada uma tumba de um grande mestre da espiritualidade, e negaram essa autorização. Lá ele ficou conhecido como Issa e possuem, inclusive, todo o relato de sua vida, que era um Israelita, que sobreviveu à crucificação e fugiu pra lá, etc.




Assim, Jesus existiu de fato e há inclusive, provas de sua existência. O problema que essas provas, em particular, não interessam à Igreja Católica, nunca interessaram. Houve um período na história em que eles se preocuparam em encontrar provas históricas de sua existência, mas essas implicavam em ter que retirar todos os dogmas em torno dos anos perdidos de Jesus, da morte e ressurreição, da subida aos céus e, inclusive, da divindade de Jesus, pois ele casou, teve filhos, há inclusive seus descendetes na Índia. Vejam, divinos todos nós somos, o "x" da questão é que há diferença entre uma manifestação direta da divindade suprema na Terra e um iniciado que atinge a iluminação. Jesus não foi uma manifestação direta da divindade na Terra, como o foi Krsina. Jesus foi um iluminado, um grande mestre.





Constantino, no Concílio de Nicéia, quando resoltou adotar o Cristianismo como religião oficial do Estado, decidiu que iriam declarar Jesus como manifestação da divindade, o que, até então, nunca tinha feito parte do culto cristão.
Enfim, as provas históricas da existência de Jesus não interessavam, mas eles não tinham outra. Então eles "fabricaram" uma prova, com uma declaração de Flavius Josefus a esse respeito, que, hoje, qualquer historiador ensina que é falsa. Logo, o que temos, é que a Igreja Católica prefere ficar sem as provas históricas da existência de Jesus, do que rever todos os ensinamentos distorcidos que embasam sua religião.





Fica fácil entender por que a Igreja rejeita tais provas, quando estudamos a história e quais eram, realmente, os ensinamentos de Jesus. Ele era o MAIOR REBELDE, CONTRA TODOS OS ENSINAMENTOS RELIGIOSOS SEPARATISTAS. Ele era contra as diferenças provocadas pelas religiões, contra o fato de que o conhecimento da espiritualidade ficasse restrito apenas aos rabinos, ou aos swamis no hinduísmo. Ele ensinava que para ter acesso à divindade NÃO É PRECISO INTERMEDIÁRIOS e que todos têm o mesmo potencial e o mesmo direito. Ensinava que todos somos iguais. Enfim, o cara era o rebelde, veio para atirar um monte de verdades na cara do pessoal, das religiões. E se até hoje isso é algo perturbador, imaginem só naquela época!!!
Lógico que os judeus não aceitaram o que ele falava, na Índia também ele teve problemas, enfim, o que ele ensinava feria as crenças religiosas estabelecidas, o cara causava polêmica mesmo. E é lógico que a igreja não tem interesse de que tais coisas sejam descobertas, nem naquela época, nem hoje. Porque Jesus não pregava a necessidade de igrejas, nem de padres, era exatamente o oposto!!!





Não tinha nada dessas baboseiras de dogmas, nem de pecado, nem de inferno, nada disso. Vários desses conceitos foram extraídos de outras religiões, como o Zoroastrismo. O Imperador Romano Constantino fez uma enorme trapalhada com os ensinamentos cristãos. Ele adotou apenas a IMAGEM de Jesus, cujo culto estava crescendo dentre os romanos da época, mas nao pegou seus ensinamentos originais, o que era até mesmo óbvio, porque Constantino queria criar uma religião para fins políticos, para unificar o Estado, que estava com muitos conflitos por causa das diversas religiões. O culto cristão da época era o "alternativo" daquela época.





Era o que hoje são consideradas as práticas esotéricas, ocultistas, ou algumas religiões novas, como o Daime, por exemplo. Era o culto alternativo, rebelde, que ia contra as religiões da época, que era a mesma coisa que as religiões dominantes de hoje, que continuam fazendo a mesma coisa que naquele tempo: criando separações, elites, evitando passar os verdadeiros ensinamentos da espiritualidade para as pessoas etc. Enfim, a história sempre se repete, não é esse o ditadinho?
Fazendo uma analogia, o que Constantino fez foi o equivalente a hoje pegar a imagem de Osho, ou do Raul Seixas, que foram grandes rebeldes destes nossos tempos, falando a verdade e se prostando contra toda a hipocrisia desses nossos tempos e conquistando muitos adeptos por causa disso, e encaixou suas imagens nas crenças da época, que seria o equivalente a encaixar nas crenças atuais da igreja católica ou qualquer outra, tipo, encaixar na imagem de Jesus pregada pela igreja ainda hoje.






E Constantino e o pessoal desse concílio fez uma meleca só: misturou textos judaicos, com as crenças dos deuses romanos (hoje considerados na mitologia), do mitraísmo, deuses pagãos, vixe, fez uma salada mista. E ao longo do tempo aperfeiçoamentos do gênero continuaram sendo feitos, em especial colocando deuses pagãos como santos ou como demônios (a maioria desses deuses hoje são conhecidos como demônios, que era para o pessoal ficar longe desses cultos e adotarem a religião cristã - lógico, quem iria adorar um demônio? o povo ficava com medo e, até hoje, vemos o resultado disso.) A idéia de demônios foi extraída do Zoroastrismo.
Nas bíblias antigas, e até mesmo nos textos religiosos judaicos mais antigos, não havia tal crença. Lúcifer, por exemplo, nunca existiu.





Foi um erro de tradução da bíblia e que depois foi aproveitado para se criar um mito conveniente, na existência desse grande ser do mal, que quer coletar nossas almas. As bíblias atuais não mais são editadas com a referência a Lúcifer, sabiam? É porque o feitiço virou contra o feiticeiro....hehehe. Lúcifer signifca "aquele que mais brilha" e é uma referência à Estrela da Manhã, aquela que mais brilha é Vênus, e Jesus é referido dessa forma. Aí, é lógico, não demorou o pessoal associar Lúcifer a Jesus...hehehe. Então tiraram isso das bíblias atuais e hoje afirmam, na boa, que foi um erro de tradução (melhor assim, não é não?...hehehe).




Mas o mito está instalado e o povo ainda tem medo até de pronunciar esse nome. Tentaram associar Lúcifer à figura do anjo caído que, se não me engano, era Shaitan, o Satã, de que o pessoal tem tanto medo também. Todavia, os anjos caídos, a quem ler os apócrifos de Enoque, foram aqueles que ficaram do lado da humanidade. Coloquemos no conceito extraterrestre, nas explicações de Sitchin.
Os anjos são os anunnakis, extraterrestres que nos criaram geneticamente, a partir dos seres que aqui viviam (aqueles australoptecos, esses tipos). Mexeram geneticamente e saimos nós!!! Aí, obviamente, éramos considerados inferiores, com potencial inferior ao deles etc e éramos utilizados para trabalho escravo. Parte dos anunnakis, quando estavam para cair fora daqui, perguntaram: e aí, o que a gente faz com essas coisas que nós criamos? Aí uma parte deciciu: a, mata tudo! A outra parte se rebelou contra isso, falaram não, que não era assim, tínham que ensinar esses seres e não os deixar como selvagens., que não era para matar a todos. Esta parte que se rebelou contra "Deus", "são os anjos caídos".




Eles vieram até aqui e ensinaram os humanos a cozinhar, se arrumar, tomar banho, enfim, hábitos de higiene, a viver civilizadamente, a fazer armas, lutar, se defender etc. Antes disso, nós fomos criados e deixados para viver como selvagens, como animais. (por isso aquela estória de que o fruto proibido era o do conhecimento e que estávamos felizes no paraíso - lógico, estávamos como animas ignorantes, que eram usados para trabalho escravo, sem consciência disso e então não se opunham - era o escravo perfeito, não se rebelava, não questionava, totalmente ignorante, praticamente uns burros de carga, literalmente). Como diz o ditado, a ignorância é uma benção! Enfim, os tais anjos caídos, que o pessoal quer que tenhamos medo deles, são exatamente aqueles que tiveram amor, respeito e consideração por nós!!! Foram eles que deram um toque pra Noé conseguir sobreviver, porque se fossem pelos "Deuses", eles tinham matado tudo!




Agora olhem a coisa toda sob a ótica "deles", desses "deuses". Eles que estão no comando, certo? Sempre estiveram. Deixaram seus descendentes para reinar aqui, sob autorização do poder "divino" (não é isso que a monarquia sempre pregou? que eles têm o sangue real, o direito divino de nos governar?). Eles são os donos de tudo aqui, inclusive de nós. E, obviamente, deixaram ordens de como fazer com que nós obedeçamos. Sob a ótica deles, os que se rebelaram contra os seus interesses e suas ordens são do mal!!! Lógico, foram contra eles!!!
Agora, sob a "nossa" ótica, e os "nossos" interesses, os tais rebeldes, os anjos caídos, é que são os que nos apoiaram. É como o que rolou na época da queda da monarquia. Sob a ótica dos reis, os rebeldes, que provocaram a queda deles, eram os maus da história. Agora sob a nossa ótica, a ótica do povo, que estava morrendo de fome, enquanto eles viviam no maior luxo, sob a pressão e absurdos de seus comandos, os rebeldes é que eram nossos amigos!!! É a mesma coisa que rolou ali. E plantaram, nas crenças religiosas, essa idéia de que os "anjos caídos" são do mal, demoníacos, etc. NADA A VER!!!! Eles foram do mal pra eles, não para nós!!!






Demônio coisa nenhuma!!! Papo furado, pra gente ficar com medo daqueles que querem nos ajudar!!!
Já vi um texto, querendo justificar que os tais anjos caídos nos ajudaram, somente para depois poder usar e abusar da gente. Isso me soa mais como, "ai, eles descobriram a verdade, planta outra mentira para distorcer, ou eles vão saber tudo"!!! Ou seja, isso me soa mais como constrainformação, para salvar a pátria. Nos deixa confusos, e continuamos a achar que os caras são do mal e, obviamente, não iremos querer nada com eles, quando eles é que estão para ajudar!!! É maquiavelicamente brilhante!!! Quanto mais estudo e descubro, mais realmente vejo como eles são manipuladores, brilhantes, e nós ficamos nesse caos aqui, sem entender nada e, por medo, continuamos acorrentados a seus interesses e domínio.






Bem, Jesus foi um desses caras que veio para falar a VERDADE, e nunca lhe passou pela cabeça criar outra religião, a necessidade de intermediários, criar dogmas, nada dessas baboseiras, que já existiam naquela época, e Constantino só deu um jeito de colocar seus ensinamentos no mesmo formato de controle e limitação da divulgação dos ensinamentos da verdadeira espiritualidade somente a uns poucos. Distorceu tudo, ocultou verdades, ensinamentos, fabricou uma religião segundo seus interesses. E hoje, tudo continua do mesmo jeitinho que era há 2000 anos. E o pessoal que segue tais religiões, a depender de suas necessidades de ratificar que acreditam na coisa certa, por vezes, preferem negar a verdade, do que rever seus conceitos, suas práticas, suas crenças. Ficam lá, sob a manipulação de milênios, em suas zonas de conforto.



SEGUEM DOIS TEXTOS SOBRE A VERDADEIRA HISTÓRIA DE JESUS, COM OS LINKS DOS QUAIS FORAM EXTRAÍDOS, PARA QUEM QUISER SABER MAIS DETALHES SOBRE A VERDADEIRA HISTÓRIA DE JESUS:





http://www.imagick.org.br/pagmag/themas2/jesusvivo.html




JESUS NÃO MORREU NA CRUZ



Diz a história cristã que o corpo de Jesus desapareceu porque subiu ao céu. Uma teoria tenta provar que Jesus não morreu na cruz como se acreditava.
Ele teria sobrevivido, fugiu da Palestina, chegou à Cachemira, lá teve filhos e morreu de morte natural, já velho.
Esta é a tese de Andreas Faber?Kaiser, editor da revista espanhola "Mundo Desconocido" e autor de "Jesus Viveu e Morreu na Cachemira", que decidiu investigar por que há 1.900 anos se venera em Srinagar, capital da Cachemira, um túmulo chamado Rozabal (a "tumba do profeta") como sendo o túmulo de Jesus.



Uma história surpreendente


A história cristã diz que Jesus foi crucificado numa sexta feira ao meio dia. Antes do cair da noite, já morto, seu corpo foi retirado da cruz e depositado na gruta funerária de José de Arimatéia, cuja entrada foi fechada com uma pedra. No domingo seguinte, o corpo de Jesus havia desaparecido inexplicavelmente, fazendo assim cumprir uma profecia bíblica: o filho de Deus ressuscitara de entre os mortos. Depois de um breve período na Terra, durante o qual entrou em contato com seus discípulos, Jesus subiu ao céu, onde está à direita de Deus Pai.
Mas a contrariar este dogma cristão está o túmulo de Srinagar. Andreas Faber-Kaiser apóia-se em dois pontos principais para tentar provar que Jesus não morreu na Palestina, aos 33 anos, e sim na Cachemira, ao norte da Índia, muito tempo depois: as circunstâncias de seu martírio na cruz e referências de que Jesus já vivera na Índia, dos 13 aos 30 anos, período de sua vida do qual a Bíblia não fala.




Sobre a crucificação, Andreas Faber-Kaiser considera que ela ocorreu numa sexta-feira, véspera do shabat judeu, o que obrigava a baixar o corpo de Jesus antes do cair da noite. De acordo com o calendário da época, o sábado começava na noite de sexta e, pelas leis judias, era proibido deixar suspenso na cruz um supliciado durante o dia sagrado do shabat.
Faber-Kaiser argumenta que o objetivo da crucificação não era a morte imediata, mas a lenta tortura, suportável por até quatro dias, principalmente por um homem jovem e saudável. Então, um supliciado que fosse baixado da cruz em tempo teria condições de sobreviver, se devidamente tratado. Para Faber-Kaiser, foi o que aconteceu com Jesus: submetido a apenas algumas horas de tortura, ele foi retirado da cruz ainda vivo e, assistido por seus amigos e discípulos dentro da gruta de José de Arimatéia, recuperou-se e conseguiu fugir.





0 autor de Jesus Viveu e Morreu na Cachemira recorre a vários trechos da história cristã nos quais há indícios de que o martirizado ainda estava vivo ao descer da cruz. O Evangelho Segundo São Marcos diz que Pilatos, conhecedor de que um crucificado leva dias para morrer, estranhou quando lhe comunicaram que Jesus já havia morrido. Diz também que Pilatos feriu o corpo de Jesus com uma lança, para verificar se estava de fato morto, e embora ele não tenha reagido, da ferida jorrou um "sangue abundante", o que não acontece a um corpo sem vida. O Evangelho Segundo São João faz notar que a tumba de José de Arimatéia não foi cheia de terra, como era costume entre os judeus, mas apenas fechada com uma pedra, o que deixava em seu interior espaço suficiente para respirar.




Por último, Andreas Faber-Kaiser afirma que as mais recentes análises científicas realizadas no sudário de Turim - o pano em que o corpo de Jesus foi envolvido
ao ser retirado da cruz - demonstram que o sangue nele impregnado era o sangue de uma pessoa ainda viva.








As mesmas Idéias, a mesma filosofia, o mesmo nome
Partindo, então, da hipótese de que Jesus sobreviveu ao martírio na cruz e fugiu da Palestina, Andreas Faber-Kaiser procura os sinais de sua presença na Cachemira. Sua principal fonte é o professor Hassnain, diretor do Departamento de Arquivos, Bibliotecas e Monumentos do Governo da Cachemira, diretor honorário do Centro de Pesquisas de Estudos Budistas da Cachemira e secretário do Centro Internacional de Pesquisas de Estudos Indianos Sharada Peetha.


O professor Hassnain colocou à disposição de Andreas Faber-Kaiser numerosos documentos que falam de um homem com idéias e filosofia idênticas às de Jesus. Este homem é designado nos documentos pelos nomes de Yusu, Yusuf, Yusaasaf, Yuz Asaf, Yuz-Asaph, Issa, Issana e Isa, que são traduções de Jesus nas línguas cachemir, árabe e urdu. E é este mesmo homem, segundo trajeto traçado pelos documentos, o que foi enterrado no túmulo Rozabal de Srinagar. Jesus, de acordo com as pesquisas de Hassnain, teve filho, e ainda hoje vive em Srinagar um seu descendente direto, chamado Basharat Saleem.





Segundo Andreas Faber-Kaiser, porém, ainda mais importante que os documentos que falam desse Jesus adulto são os manuscritos de Nikolai Notovitch, que contam a vida de um profeta Isa que viveu na índia, entre os 13 e os 30 anos, a mesma faixa de idade em que nada se sabe sobre Jesus. Para Faber-Kaiser, tais manuscritos fecham o ciclo: Jesus viveu na Índia, voltou para a Palestina e, depois, obrigado a fugir, retornou à região em que viveu toda a sua juventude.
Nikolai Notovitch foi um viajante russo que no século passado explorava os territórios do norte da índia, incluindo a Cachemira e o Ladakh, região também conhecida por Pequeno Tibete. Em uma de suas viagens, Notovitch conheceu em Hemis, no Ladakh, um lama (sacerdote budista entre mongóis e tibetanos) estudioso da vida de Isa.





Este lama traduziu para Notovitch, que anotou a mão, documentos escritos em páli (língua dos livros sagradas budistas), contando sobre a passagem de Isa na índia, numa época que corresponde àquela em que Jesus viveu é, principalmente, no exato período em que a Bíblia não registra sua presença na Palestina.
O professor Hassnain chegou aos manuscritos de Notovitch por acaso. Isolado por uma tempestade de neve em Leh, capital do Ladakh, ele dedicou semanas à pesquisa de velhos textos da biblioteca da lamaseria (o mosteiro dos lamas) local e lá encontrou os 40 volumes de diários dos missionários alemães Marx e Francke. Em um dos volumes havia uma referência aos manuscritos traduzidos que Notovitch deixara em Hemis, a 38 quilômetros a sudeste de Leh.
Os missionários alemães não dão crédito às informações de Notovitch, mas o professor Hassnain está totalmente convencido de sua autenticidade.



As revelações sobre o menino-messias
Em “Jesus Viveu e Morreu na Cachemir”a estão reproduzidas alguns trechos dos manuscritos de Notovitch sobre a história de Isa:
"Um formoso menino nasceu no país de Israel e Deus falou pela boca deste menino explicando a insignificância do corpo e a grandeza da alma.
O menino divino, a quem deram o nome de Isa, começou a falar, ainda criança, do Deus uno indivisível, exortando a grande massa extraviada a arrepender-se e a purificar-se das faltas que havia cometido.

De todas as partes as pessoas acorriam para escutá-lo e ficavam maravilhadas diante das palavras de sabedoria que surgiam de sua boca infantil; os israelitas afirmavam que neste menino habitava o Espírito Santo.
Quando Isa alcançou a idade de 13 anos, época em que um israelita deve tomar uma mulher, a casa onde seus pais ganhavam o pão, através de um trabalho modesto, começou a ser ponto de reunião de pessoas ricas e nobres que desejavam ter o jovem Isa por genro, pois era ele conhecido em toda parte por seus discursos edificantes em nome do Todo-Poderoso.
Foi então que Isa desapareceu secretamente da casa de seus pais, abandonando Jerusalém, e se encaminhou com uma caravana de mercadores para Sindh (Paquistão), com o propósito de se aperfeiçoar no conhecimento divino e de estudar as leis dos grandes Bodas.

Aos 14 anos, Jesus havia atravessado todo o Sindh e os devotos do deus Jaina lhe imploravam que ficasse entre eles, mas ele os deixou, caminhando para Jagannath (uma das cidades sagradas da Índia), onde foi recebido com grande alegria pelos sacerdotes de Brahma, que lhe ensinaram os Vedas, a salvar o povo através de orações, a expulsar o espírito do mal do corpo humano e a devolver a este sua forma humana.
Jesus viveu seis anos percorrendo as cidades sagradas de Jaganath, Rajagriba, Benaíes e outras, em estado de paz com os Vaishyas e Shudras, aos quais ensinou a sagrada escritura".

Desde muito jovem, pregando a igualdade dos homens
Nos manuscritos de Notovitch consta que Jesus ganhou suas primeiras antipatias na Índia quando falou da igualdade dos homens, pois os brâmanes escravizavam os sudras e afirmavam que estes só se livrariam da escravidão com a morte. Jesus recusou o convite dos brâmanes de aderir a suas crenças e foi pregar entre os sudras, contra eles.
Condenou então severamente a doutrina que dá aos homens o direito de explorar outros homens, e também combateu a idolatria, defendendo a crença em um único Deus todo?poderoso. Finalmente os brâmanes decidiram que ele devia morrer. Advertido pelos 'sudras, Jesus abandonou a índia e alcançou o Nepal.

Depois de aprender a língua páli, deixou o Nepal e caminhou em direção ao oeste, passando pela Cachemira e chegando à Pérsia (hoje Irã), onde os sacerdotes proibiram o povo de ouvi?lo. Como o povo desobedecesse à proibição, Jesus foi preso e solto pouco depois.
Aos 29 anos, Jesus empreende sua viagem de volta a Israel, onde chega um ano depois. A partir daí, os manuscritos de Notovitch, segundo Faber-Kaiser, se confundem com os textos bíblicos.
Depois de comparar as filosofias desse Isa descrito por Notovitch, do Jesus da história cristã e do profeta que voltou à Índia e se fixou na Cachemira após a crucificação, Andreas Faber?Kaiser conclui que os três são uma só pessoa.



Mulher, filhos e um descendente vivo até hoje
Para Faber-Kaiser, desde o início de sua fuga Jesus pretendia chegar à Cachemira, para cumprir uma missão: reunir as tribos perdidas de Israel, que se espalharam pela Ásia depois do grande cisma. Segundo Kaiser, havia indícios de que os sobreviventes das dez tribos se estabeleceram quase todos na Cachemira, e alguns no Afeganistão e no Paquistão.

Baseado nos documentos recolhidos pelo professor Hassnain, Faber-Kaiser reconstitui a trajetória que Jesus percorreu da Palestina até a Cachemira: "Ele e sua mãe, Maria, tiveram que emigrar da Palestina e partir para um país longínquo, passando de país a país. Acompanhou-os na fuga Tomás, um dos discípulos de Jesus. Encontramos rastros de Jesus na Pérsia, no Afeganistão, e, na localidade de Taxila, no Paquistão. Saídos de Taxila, Jesus, Maria e Tomás rumam em direção à Cachemira, mas Maria não chega a ver a ‘Terra Prometida’; não suportando mais as penas da longa viagem, morre no povoado de Murree".
Faber-Kaiser prossegue: "De Murree Jesus entra na Cachemira por um vale que até hoje se chama Yusmarg (o vale de Yusu). Na Cachemira, Jesus teve mulher e filhos, e até hoje mora em Srinagar o senhor Sahibzada Basharat Saleem, que conserva a árvore genealógica completa de sua família, de Jesus até ele".

A cena da morte de Jesus, Faber-Kaiser transcreve do livro Ikmatud Din, do escritor e historiador oriental Shaikh al Sa'id us-Sadiq, morto no ano de 962: "Jesus, ao sentir a aproximação de sua morte, mandou buscar seu discípulo Ba'bat (Tomás) e expressou a este seu último desejo: que se construísse uma tumba sobre seu corpo no lugar onde expirasse".
Esta tumba, está em pleno centro da cidade de Srinagar, capital da Cachemira. A entrada da tumba lê-se a inscrição Rozabal, que quer dizer o túmulo do profeta.

Jesus viveu na Índia.




O teólogo alemão, Holger Kersten, apesar de jovem, é um especialista dos mais citados pelos autores, estudiosos e teólogos, nos livros onde se pesquisam os estudos bíblicos e os "Documentos Patrimônio da Humanidade". Para escrever o seu livro, polêmico por excelência, Holger Kersten empreendeu uma pesquisa de campo, viajando pela Índia, Afeganistão, Oriente Médio e Israel, em pesquisas exaustivas.-"O Cisma entre pensamento científico e fé colocou o homem moderno diante de uma dicotomia aparentemente intransferível. Os sentimentos espirituais se restringem cada vez mais com o crescimento daqueles que duvidam da verdade da mensagem do Cristo, e das discussões em torno da doutrina cristã. Até mesmo dogmas fundamentais sustentados pela tradição eclesiástica, como Deus, Cristo, Igreja e Revelação se transformaram em objeto de veementes debates entre leigos e teólogos, indistintamente".
-Holger Kersten.HistóricoEstatísticas alemãs apresentadas por Kersten: ano de 1979 - um entre cada três cidadãos concorda com os ensinamentos das Igrejas cristãs. 77% acreditam na possibilidade de independerem de quaisquer igrejas. Uma grande maioria não acredita que Cristo seja um "emissário divino". Kersten expõe o seu pensamento: - "A crença denominada cristianismo deveria ser chamada de paulinismo". - Ao seu ver, Jesus oferecia ensinamentos contrários aos de Paulo, - " Que teve a sua mensagem oficializada como religião".
- H. Kersten.O teólogo protestante Manfred Mezger cita Emil Brunner:-"A Igreja é um grande mal entendido. De um testemunho construiu-se uma doutrina; da livre comunhão, um corpo jurídico; da livre associação, uma máquina hierárquica. Pode-se afirmar que, em cada um de seus elementos e na sua totalidade, tornou-se, exatamente, o oposto do que se esperava" -Jesus - divulgação - PlanetaHolger Kersten concorda com os dois teólogos e acredita que a mensagem de Jesus - Amor e Tolerância - foi substituída pelo dogmatismo e o fanatismo, rios de sangue banharam as lutas pela "supremacia de uma fé verdadeira".
- Kersten faz outra citação que considera importante:"Fiquei profundamente traumatizado em minha carreira de teólogo. Sinto-me aviltado, humilhado, insultado, desonrado, mas não por ateus, nem por gente zombeteira ou incrédula, mas sim por dogmatistas. Por eles e seus pastores que seguem apenas a letra dos ensinamentos que consideram ser o único caminho para chegar a Deus. Fui ferido no ponto mais central, no ponto que, apesar de uma profunda melancolia, tem me mantido vivo: minha crença em Deus...
Heinz Zarhnt - teólogo.Nenhum dos historiadores da época de Jesus faz menção ao nascimento, infância e adolescência de Jesus e nem a ele: Flavio Josefo (93 d.C.) cita Herodes, Pilatos e João Batista. Justo (contemporâneo de Jesus), Filon de Alexandria (contemporâneo de Jesus) e um grande erudito. No século III d.C. surpreendente e inesperadamente, Josefo lança o - Testimonium Flavianum narrando e confirmando os milagres de Jesus e a sua ressurreição, deixando assombrados os padres da Igreja: Justino, Tertuliano e Cipriano. Orígenes clama que Josefo não acreditava em Jesus. Holger Kersten conclui que só nos resta estudarmos o Novo Testamento.-
"Os Evangelhos Apócrifos (textos rejeitados pelo Canon) lançam "- Uma luz estranha e misteriosa sobre a personalidade de Jesus" - H. Kersten - e o teólogo aponta as contradições dos Evangelhos Canônicos (Marcos, Mateus, Lucas e João). Rudolf Bultmann, o criador da "crítica da forma", vigente na atualidade em todos os estudos bíblicos, dá a sua opinião - "Não sabemos com certeza se a antiga tradição reúne palavras do Senhor, altera-lhes a ênfase e as amplia através de adição. Muitas das palavras atribuídas a Jesus no Livro dos Ditos" não lhe pertencem".
- R. Bultmann.Jeremias, historiador eclesiástico faz pesquisa e descobre 21 citações insuspeitas atribuídas a Jesus e as publica - "As palavras desconhecidas de Jesus".A Vida do Santo Issa e o Evangelho AquarianoNicolai Notovitch (1887) o historiador russo escreveu o livro - "A Vida Desconhecida de Jesus Cristo"-
baseado na sua descoberta feita em uma das viagens ao Oriente; Srinagar, na Caxemira. Lá, soube da existência de um livro antiquíssimo - A Vida do Santo Issa - guardado em Lhasa (Tibete) na Índia e no Nepal. Prosseguindo a viagem, Notovitch recebeu em um mosteiro de Hemis, perto da capital do Ladakh, dois livros extremamente antigos. Sofrera um acidente e teve o tempo necessário para pesquisá-los - "A Vida do Santo Issa e o Evangelho Aquariano." - O "Evangelho aquariano" foi escrito por Levi H. Dowling, americano do Ohio - 1884.
Levi era um pastor que recebeu a ordem de escrever a vida de Jesus, através de uma "visão". Durante quarenta anos meditou e orou, e nas noites silenciosas, pelo tempo de quarenta anos, recebeu a revelação do seu Evangelho através das "Memórias do Akasha" (a memória universal). As "Memórias do Akasha" são o que os hebreus denominavam de "O Livro das Memórias de Deus".Gaiola de madeira dentro de Roza Bal - divulgaçãoA Bíblia, lembra Holger Kersten apoiado por todos os estudiosos do "Livro Sagrado", é constituída também por "sonhos lúcidos", profecias de inspiração divina, visões, aparições, vozes do além, material semelhante ou igual às "memórias de Deus" hebraicas ou "Registros Akashicos" - Memória universal."A Vida do Santo Issa"É iniciada com uma breve e sucinta história de Moisés. Em seguida, a preleção de como o Espírito eterno resolveu-se - "Se fazer homem a fim de nos mostrar, com seu exemplo, como alcançar a pureza moral e libertar a alma dos guilhões do corpo, com o fito de ganhar o céu, regido pela felicidade eterna".
- Neste Evangelho encontra-se a infância de Issa (Jesus) quando chegou à região de Sindh (ou Indo), para estudar e se aperfeiçoar vivendo de acordo com as leis de Budha. Holger Kersten se surpreende com o histórico deste Evangelho, segundo ele, semelhante ao Novo Testamento: Jesus ganha a ira dos Brâmanes, insurgindo-secontra o sistema de castas: - "Deus, nosso Pai, não faz diferença entre seus filhos, amando-os a todos igualmente". - E declara em seguida que - " A lei feita para indicar o caminho aos homens, o juiz, Eterno Espírito, que fez a alma-mundo, única e indivisível, julgará com severidade aqueles que se arrogam privilégios". -Frases do "Evangelho de Issa":"Os milagres do nosso Deus foram manifestados no primeiro dia da Criação do mundo e se renovam a cada dia e a cada momento. Quem não tem a capacidade para compreendê-los e percebê-los, acha-se privado de um dos mais belos dons da vida". (quando lhe foram pedidos "milagres")."Quando os povos não tinham ainda sacerdotes, eles eram guiados pela lei natural e conservavam a pureza de alma.
Suas almas encontravam-se na presença de Deus e, para entrar em comunhão com Ele, não tinham necessidade de intermediação de um ídolo ou de um animal, nem do fogo, como ocorre com vocês, que afirmam que o sol deve ser adorado, assim como os espíritos do bem e do mal. Ele depende, única e exclusivamente, da vontade do Criador Invisível, a quem deve sua existência e que lhe deu a missão de iluminar a terra e aquecer o trabalho e a semente do homem."Nos textos deste Evangelho, Issa foi para o Nepal, estudar as escrituras budistas.-" Os ensinamentos que ele começa a difundir são extremamente simples, cristalinos e justos para com os fracos e oprimidos". - H. KerstenJesus volta à PalestinaJesus foi expulso da Pérsia, para onde se dirigira apósO "Sarcófago" de Yuz ASAF - divulgaçãoa sua estada no Nepal, pela classe sacerdotal enciumada, e volta à Palestina.- Quem é você e qual o seu país de origem?- Sou israelita, responde Issa. A explicação seguinte coincide com a dosevangelhos bíblicos e os confirmam, segundo o teólogo H. Kersten:- "No dia do meu nascimento, vi as muralhas de Jerusalém, ouvi os gemidos de meus irmãos escravizados e o pranto de minhas irmãs, condenados a viver entre os gentios.
Senti profunda dor ao saber que meus irmãos tinham se esquecido do Deus verdadeiro. Ainda criança, deixei o lar paterno para vier entre outros povos, mas, para reconduzir à fé dos nossos antepassados, uma fé que nos convida a sermos pacientes na terra, para alcançarmos a mais completa e sublime felicidade no além". --Holger Kersten pede uma extensa e objetiva pesquisa histórica a respeito deste Evangelho perdido nos confins do Oriente.-"Como professor de religião cristã, tenho tido oportunidade de verificar que um número cada vez maior de teólogos esclarecidos estão encontrando dificuldades em aceitar determinados "mitos" que lhe foram impostos: o dogma da imaculada concepção ou da morte na cruz, seguida de uma extraordinária ressurreição e da ascensão de Cristo, sobretudo após Ter descoberto (somente na universidade) alguns novos elementos a respeito dos Textos bíblicos".
- Kersten declara que os teólogos são obrigados, de uma forma absurda, a calar e a continuar repetindo aquelas estórias ingênuas da Bíblia, como se fossem verdades. Nicolai Notovitch tentou entrar em contato com os dignatários da Igreja. Foi rechaçado por todos eles. No Vaticano, um personagem ligado ao Papa dissuadiu o escritor de publicar o seu livro e ofereceu-lhe dinheiro. O escritor Ernest Renan, que depois escreveria a "Vida de Cristo", interessou-se pelos manuscritos, mas queria utilizá-los em seu próprio benefício, (o que talvez tenha conseguido), entretanto, Notovitch recusou-lhe a sua preciosidade e publicou a obra. Segundo H. Kersten, - "a Igreja usa de seu poder para impedir o questionamento da autenticidade dos seus ensinamentos canônicos. Os críticos e cépticos são condenados como ateus e heréticos, sendo amordaçados ou simplesmente repudiados".
- (Kersten pág. 24 - Jesus viveu na Índia - ed. Best Seller - 2ª edição língua portuguesa).O Evangelho AquarianoNos capítulos 6 e 7 deste evangelho, Levi Dowling relata as viagens de Jesus à Índia, decorrentes do seu encontro com o príncipe Ravanna de Orissa (Notovitch Orsis, cidade da Índia) quando Jesus falou no templo, aos doze anos de idade e o príncipe, encantado, o levou para a Índia com o fito de aprofundar os seus estudos. O capítulo 7 descreve as viagens de Jesus dos Himalaias, até o Tibete, onde Jesus estudou os velhos manuscritos de Lhasa. Na sua volta visitou Sindh, Lahore retornando ao Oriente Próximo. Em vários itens, este evangelho coincide com os textos de Notovitch .-"Logicamente, o mundo moderno e "racional" dificilmente se impressiona com um texto como este do "Evangelho Aquariano", por Ter sido mediado por uma pessoa de fé.
No entanto, os anúncios proféticos dos livros canônicos da Bíblia são igualmente aceitos sem discussão, talvez por causa de sua antigüidade. Nestas circunstâncias, é de vital importância examinar as pesquisas modernas sobre a historicidade de Jesus para podermos determinar o que de fato é incontestável em tudo isso". - H. Kersten.O Testemunho de PauloO túmulo de Maria, mãe de Jesus CristoDivulgação"Paulo é um caso típico de intolerância" - Deismann - teólogo (Paulo - 2ª edição 1925) - "Paulo não conheceu nem privou da presença de Jesus" - "Paulo passou por cima dos ensinamentos de Jesus e o colocou num pedestal, transformando-o no Cristo que Jesus nunca quis ser. Se quisermos ser cristãos, teremos que rejeitar as óbvias falsidades que foram consideradas intocáveis e voltar aos puros ensinamentos de Jesus e às questões essenciais da religião" - H. Kersten.
De uma forma quase que geral, os especialistas implicam com Paulo e a religião que, segundo eles, Paulo criou. Wilhelm Nestle, historiador eclesiástico comenta: "O cristianismo foi a religião fundada por Paulo, que substituiu o evangelho de Cristo por um evangelho sobre Cristo". -Muitos teólogos e especialistas contestam a veracidade da pregação paulina, segundo eles, com toques das religiões primitivas semíticas, onde os pais sacrificam seus primogênitos para adorarem e obedecerem a Deus.Holger Kersten visitou "Rozabal" o suposto sepulcro de Jesus, na Índia, cerca o túmulo de "Mai Mari", o também suposto sepulcro de "Mãe Maria". Holger Kersten é um dos teólogos, a exemplo dos gnósticos de Nag Hammadi e do "Corão" muçulmano, que negam a morte de Jesus na cruz. Neste direção, Kersten se baseia, também, nos estudos do Santo Sudário.
O teólogo apresenta no seu livro outros esclarecimentos sobre a personalidade de Paulo, que tornaram-se em livro, assinado pelo médico e psiquiatra alemão, Wilhelm Lange Eichbaum - "Gênio, loucura e glória". -Como são conclusões muito sérias, o "Infinito" remete o leitor ao livro de Holger Kersten: "Jesus viveu na Índia"."A verdade sobre Jesus, e sobre o que ele realmente pregava, é mil vezes mais fascinante que todas as histórias inventadas a seu respeito". Holger Kersten - teólogo e professor.Por que o teólogo Holger Kersten não acredita que Jesus tenha morrido na cruz?Prof.Fida HassmainDescobridor das lápides do túmulo de JesusNum dos capítulos do seu livro "Jesus V iveu na Índia", Holger Kersten apõe o subtítulo: "ELE NÃO MORREU NA CRUZ". A sua justificativa recorre à História, aos historiadores e à medicina, que elucidam detalhes sobre os costumes vigentes naquele tempo.
- "A sentença de morte nos tribunais romanos se consubstanciava nas palavras "ibis and crucem": subirás à cruz". Esta era a forma a mais infamante e brutal de castigo. Esta sentença não se aplicava aos romanos e sim aos rebeldes que viviam sob o jugo romano para torná-los dóceis e obedientes. Os judeus não conheciam esta forma ignominiosa de morte, usavam a lapidação, decapitação, estrangulamento e fogueira. A lei mosaica, entretanto, regulava que o "quase morto" podia ser dependurado em uma árvore o que significava - Maldito por Deus - (Deuteronômio 21,23). Entre os judeus não se poderia crucificar ninguém no sábado e o sábado tem início no DIA DA PREPARAÇÃO, na Sexta-feira à tarde. Foi por isso que a crucifixão de Jesus foi feita às pressas para que não terminasse ao cair da tarde.
Segundo os evangelhos, Jesus foi pregado na cruz na "Sexta hora" (meio dia) e morreu na "nona hora" (três da tarde). Às seis horas da tarde foi retirado da cruz. Se os Evangelhos são corretos, Jesus já estaria "morto" há três horas. Era costume colocar-se sob os pés dos crucificados o nome e o motivo da condenação. Nos pés de Jesus lia-se: "Jesus nazareno rei dos judeus" - INRI - . Uma das condenações de Jesus era a de ele pertencer à seita NAZARENA. Jesus, dificilmente, estaria morto nestas três horas, ele não era, ao contrário dos essênios, um asceta. Mateus, 11,19 - o descreveu: "Veio o Filho do homem que come e bebe, e dizem: "Eis aí um glutão e bebedor de vinho"!... Jesus, segundo outros detalhes, pesava cerca de 79 Kg. (Santo Sudário - conclusões)Jesus não havia morridoVista externa do túmulo de Jesus - divulgaçãoA razão encontrada por Kersten para justificar as suas assertivas é a de que nos versículos 27 e 30 de João, está escrito (após o detalhe de que "Chegando a Jesus e vendo-o já morto não lhe quebraram as pernas" - João 19,33) - o que era o costume para abreviar a morte dos condenados): "Estava ali um vaso cheio de vinagre num ramo de hissopo, levaram-na à sua boca. Quando Jesus tomou o vinagre disse: "Está consumado! E inclinando a cabeça entregou o espírito". Kersten pergunta: - "Jesus tomou o vinagre ou outra substância?
O vinagre e os sais aromáticos eram usados para "dar força", reanimar os condenados às galés e energia para os feridos. Jesus viu acontecer o contrário, - "Jesus ao aspirar ou experimentar o "vinagre", pronunciou as suas últimas palavras e expirou". Em termos fisiológicos - continua Kersten - "Esta reação é inexplicável"! - O normal seria que Jesus tomasse "vinho" - "Aquele que caminhava para a execução recebeu um copo de vinho, com um pedaço de incenso, para que ficasse inconsciente" - Talmud judaico (Sauh. 43 a).
Os romanos admitiam o uso de narcóticos e foi um soldado romano quem ajudou a administrar o vinagre a Jesus. - "A palavra latina para vinagre é acetum que vem de "acidus", ácido, azedo". - E Holger Kersten prossegue nos detalhes que irão invocar os estudos feitos no "Santo Sudário", por médicos renomados, pela Nasa e outros depoimentos importantes que serão analisados em detalhe, no fascículo referente ao "Santo Sudário", nas nossas próximas edições. Kersten acredita que, no vinagre, encontrava-se uma substância muito usada na antigüidade, o SOMA, que era manipulado pelos essênios, hindús, zoroastristas e outros, considerada como sendo o "símbolo da vida divina, uma bebida dos deuses e a bebida da imortalidade".
H. Kersten.O teólogo acredita que Jesus recebeu o soma junto com o vinagre e entrou em estado cataléptico, o que justifica a pressa com a qual José de Arimatéia (primo de Jesus) o retirou do lenho ajudado por Nicodemus, quem preparou a mistura de 50 Kg. de mirra e aloés para o enterro de Jesus. O evangelho apócrifo de Nicodemus relata que José de Arimatéia foi libertado mais tarde de uma prisão judia, por Jesus. (Evang. Nic. 12,15).Kersten conclui que, no vinagre, Jesus recebeu o "soma", na presença da "erva-andorinha" (asclepias acida) e que Paulo, aproveitando-se do fato de a Ressurreição jamais ter sido comprovada, formulou - " a doutrina pagã da redenção sacrificial, que prometia a salvação através da morte e derramamento de sangue". -Por ter chegado à conclusões semelhantes, John M. Allegro, já citado nos textos sobre os "Manuscritos Qumran", foi deposto da "Equipe Oficial - Equipe Internacional" -, desacreditado, ridicularizado e difamado.
Não se deve pensar que Holger Kersten nega Jesus, pelo contrário, ele se mostra fascinado por Jesus, pelo Jesus real e verdadeiro e clama contra o que se fez com esta figura impar - " A direção da Igreja comete quase uma blasfêmia ao conferir autoridade "divina" a textos repletos de erros, omissões, contradições, falsas conclusões, perjúrios e mentiras óbvias". E termina: "Jesus foi comercializado, esticado, codificado, mercadejado e virou mito". "Se nos afastarmos da crença da ascensão do corpo físico de Jesus crucificado, crescerá no coração de cada um, e mesmo no coração daqueles que se educaram dentro do cristianismo tradicional, a fé nas verdades puras, ensinadas pelo próprio Cristo" - Holger Kersten - teólogo e professor de religião.(O livro "Jesus Viveu na Índia" já está na sua sétima edição, na Alemanha)
Fonte:Holger Kersten - "Jesus Viveu na Índia" - ed. Best Seller
Endereço do autor: Caixa Postal 961D - 7800 Freiburg - Alemanha Ocidental.