A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


sábado, 29 de janeiro de 2011



O que é a Matrix?



Matrix é a dualidade. Nós estamos tão aprisionados na matrix do intelecto, que achamos que é a realidade, mas ela é só uma criação da mente, criada através de nossas percepções.
Tudo está dentro de nós, mas nós vemos como se tudo estivesse fora. Este é o truque da percepção humana. Dentro da matrix criada pela mente ou pela ilusão, estamos constantemente fugindo de nós mesmos, em busca de amor e tudo o que nos satisfaça, quando na realidade, tudo o que precisamos fazer é estar com nós mesmos, porque somos a fonte de todo amor. Parece que, para o ser humano é a coisa mais difícil de fazer, simplesmente estar consigo mesmo, porque nós temos uma aversão arraigada e um descontentamento sobre quem realmente somos. Nós acreditamosque há alguma coisa terrivelmente errada!


O que é inocência?



Ser inocente é estar aberto a ver cada momento como uma novidade. Ser inocente é não ter uma idéia preconcebida do que vai acontecer, de como alguma coisa deve parecer ou qual deve ser o resultado. Ser inocente é acolher cada momento como se fosse magia, em vez de ver as coisas com uma percepção exaurida do que aconteceu antes.
Ser inocente é se dar cem por cento ao momento, é amar sem máscaras, é deixar para trás nossas imagens e falsidades e ser como uma criança: sem apegos e sem julgamentos. Simplesmente existir na alegria do momento. Esta é uma pequena parte da inocência, mas é uma parte que falta na vida de muitos adultos.

O que é o perdão?



Para mim, o perdão é ver além. Eu sempre cito Jesus como exemplo. Ele disse: ''Perdoe-os, pai, porque eles não sabem o que fazem.''
Ele disse isso porque o pai é a consciência e a consciência pode ver que os seres humanos se comportam como robôs. A consciência pode ver que, na realidade, as pessoas não sabem o que fazem. Em outras palavras: a consciência vê que, na verdade, não há nada a perdoar!
Quando você está ancorado no amor incondicional do eu, é fácil ver a perfeição dentro do drama da vida das outras pessoas. Você simplesmente vê o UM, vivendo uma experiência humana e voltando, eternamente, ao lar, ao amor.
Por isso o perdão vem do amor do eu. Mas, na verdade, não é perdão. É simplesmente ver além e descobrir a verdade.

Fonte: ISHA

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

QUEREM ACABAR COM A NATUREZA..QUEREM ACABAR COM A AMAZÔNIA




Obs: Infelizmente faltou informação na mídia sobre este grande desastre ambiental, que será a construção desta merda de usina com interesses puramente da máfia (políticos). Muitos irmãos serão expulsos de seu habitat natural assim como tribos de índios nativos, animais e toda flora local. Tudo por causa do capitalismo, ''idiotismo'' e todos os ismos causados pela ganância ao poder que esta máfia que governa não só o Brasil mas o mundo, tem e não se importam com comunidades carentes, com o ser humano, simplesmente não se importam com nada, NINGUÉM...


Para eles só os interesses materiais, da própria família, políticos, de dominação em massa é o que conta. Quanto mais podre eles deixarem o planeta, quanto mais tóxico e artificial eles deixarem o corpo e o cérebro humano melhor..humanos tem sentimentos, mas robôs...simplesmente seguem regras programadas e dizem amém ao que a política e a mídia prega, sem questionar.
----------------------------------------------------------------------------------------------
26/01/2011
Ibama libera licença para construção de Belo Monte

AGNALDO BRITO
DE SÃO PAULO


O Ibama liberou nesta quarta-feira a licença de instalação da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará. Com isso, a Norte-Energia, empresa que reúne os investidores, poderá dar início a construção.
A liberação consta do sistema informatizado de licenciamento ambiental do Ibama.
A usina de Belo Monte será a terceira maior do mundo, com capacidade de 11.233 MW (megawatts), atrás da chinesa Três Gargantas, com 22,5 mil MW, e da binacional Itaipu, com 14 mil MW.


O custo é estimado em até R$ 30 bilhões pela iniciativa privada --o governo estima em R$ 25 bilhões.
A primeira unidade geradora da hidrelétrica de Belo Monte deverá entrar em operação comercial em fevereiro de 2015.
A Norte Energia venceu, em abril deste ano, o leilão de geração promovido pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para a construção, operação e manutenção da Usina de Belo Monte. A operação e manutenção do empreendimento será realizada pela Eletronorte.
No início do mês, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou que existem mais de 30 pendências ambientais emperrando projetos de energia no país. O principal deles, a construção da hidrelétrica de Belo Monte, poderia atrasar em um ano se a autorização do Ibama não saísse até fevereiro.


Para evitar atrasos, as obras da usina têm que começar antes do período chuvoso, que inicia em abril.


FINANCIAMENTO


Em dezembro, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) aprovou empréstimo-ponte no valor de R$ 1,087 bilhão à Norte Energia para a implantação da usina hidrelétrica de Belo Monte.
"O empréstimo-ponte é um adiantamento de recursos a título de pagamento inicial das encomendas para a fabricação de máquinas e equipamentos necessários ao projeto, a fim de garantir o cumprimento do cronograma da obra, estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica", explicou à época, em nota.


Segundo o BNDES, o capital servirá para compra de materiais e de equipamentos nacionais, além do pagamento de serviços de engenharia e de estudos técnicos para a instalação da usina. O projeto faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).
O empréstimo chegou a ser questionado pelo Ministério Público Federal e ONGs tentaram barrar o financiamento.

Fonte: Folha Online

sábado, 22 de janeiro de 2011

TRÊS DIAS DE ESCURIDÃO


A cada 500 mil anos aproximadamente, o planeta terra passa por uma tremenda mudança nos seus campos magnéticos, eles se invertem causando o dilúvio e resfriamento global pois, os pólos norte e sul mudam de lugar. Já não é de hoje que sabemos a grande capacidade de manipulação que o ser humano tem por interesses próprios e a ancia que alguns tem de dominar tudo e a todos. Pegando o exemplo da antiga constantinopla onde o imperador Constantino por interesses puramente políticos e de dominação em massa, moldou a atual bíblia sagrada ao seu modo, retirando várias partes que seriam interessantes ao despertar da grande massa naquela época, mas que para ele não seria viável pois, ele não conseguiria manter as regras naquele período se não dominasse o catolicismo do seu jeito.

Anos passam, séculos se vão..e praticamente a igreja continua escondendo a realidade dos fatos por interesses pessoais...como seria possível realizar tantos ritos para ''obter almas fiéis'' se todos descobrissem a verdade? que todos somos livres? que a morte não existe? que não há nenhum Deus nos punindo? que não há Diabos e c&a para nos queimar no caldeirão do inferno? ah mas claro que também sabemos de onde vem a influência que os ''donos do poder'' deste planeta, recebem 24 horas por dia (Clique aqui para saber mais), para manter a maior parte da humanidade na ilusão. Pensar desta forma até parece pender para um dos lados da polaridade que existe neste planeta (positivo ou negativo, bom ou mau) mas, por tudo o que está para ocorrer é bom estar informado.
Conhecimento também é consciência ...hehe =)


Ao ocorrer esta inversão dos polos magnéticos da terra que já faz parte de todo processo de evolução deste mundo material (físico), a Terra chega no seu ponto zero. Ponto zero é quando estes campos magnéticos perde completo a sua rotação ficando assim totalmente parada por TRÊS DIAS, voltando a girar no quarto dia no movimento oposto e o sol voltará a nascer no lado oeste e se porá no lado leste.
Greg braden diz que o Ponto Zero ou a Mudança das Eras vem sendo predito por povos ancestrais há milhares de anos. Têm acontecido ao longo da história do planeta muitas transformações geológicas importantes, incluindo aquelas que ocorrem a cada treze (13) mil anos, precisamente na metade dos vinte e seis (26) mil anos de Precessão dos Equinócios.


Isto nada tem a ver com a idéia ''apocalíptica'',ou de fim do mundo e etc., pois faz parte do processo de evolução terrestre. Apocalipse no grego em que foi escrito o livro significa ''revelação'' e não fim do mundo. Na época da lemúria e atlântida que eram raças totalmente superiores a consciência atual que aqui está encarnada, também ocorreu este processo e o planeta terra aqui está...se vai os humanos e o planeta fica, mais purificado para uma nova era cumprir sua missão de aprendizado. E qual é a missão dos seres humanos ao resolverem encarnar por aqui? O AMOR...acordar da ilusão e ver o amor em tudo e em todos.RETORNAR A CONSCIÊNCIA DE UNIDADE DE IRMANDADE PLANETÁRIA.
Fico imaginando o alarde que a mídia e as igrejas farão quando estivermos no ponto zero, nos ditos três dias de escuridão...muita gente vai pirar pois estão muito ''condicionados'' com o que a mídia e a religião prega. Pois é, esta é a matrix e se você descobre como sair deste ''programa de computador mental'' no qual nascemos aqui inseridos já com todas as regras deste jogo ilusório imposto, a maioria que continua regrada, julga você de arrogante, louco, doido e etc., não foi diferente com Jesus e por isso o crucificaram.

O importante é observar as catástrofes de purificação que o planeta está passando, retornar ao lar chamado coração e amar mais..confiar acima de tudo no nosso poder interior de cura, bençãos pois somos divindades encarnadas. SOMOS SAGRADOS e infinitos...Não existe morte, o absoluto não pode morrer nunca. E quando este processo acontecer vamos ter certeza que o medo não é real pois é criação de nossa mente. Tudo o que pensarmos e colocarmos nossa força mental irá se manifestar instantaneamente a nossa frente. Será necessário estes dias para descobrirmos que o céu e o inferno é o que nós acreditamos como verdade, e não um lugar ''físico'' como muitos pensam devido a manipulações religiosas.

O importante é focar a consciência cósmica, o amor, a paz, a irmandade e celebrar mais a vida. Tudo o que está para ocorrer já aconteceu muitas vezes antes, faz parte do processo planetário. Mesmo que a maioria de nós perca nossos corpos físicos o que vai importar? O caminho da evolução espiritual continuará por todos os lugares do universo. Este é o jogo do UM, experienciar a si mesmo como criador e criação. Não há nada a temer...confiar é amar incondicionalmente. Nunca nascemos e nunca morreremos, somos consciência infinita AQUI E AGORA. Seja luz ao seu redor quando este momento chegar, seja consciência em equilibrio, seja DEUS, pois você é AMOR... e o amor é Deus.


quinta-feira, 20 de janeiro de 2011



SE O UNIVERSO SEMPRE VIBRA EM LOUVOR, GRATIDÃO, AMOR E COMPAIXÃO, POR QUE NÃO PODEMOS VER ISSO? POR QUE TEMOS QUE EXPANDIR A NOSSA CONSCIÊNCIA PARA VER ISSO, SE ISSO É A NATUREZA DE TUDO?

Nós jogamos um jogo de dualidade. Eu não posso viver o amor sem passar pelo medo. Eu não posso conhecer o elogio sem a crítica. Trata-se de uma dualidade, de uma experiência humana. Temos a experiência de uma parte mínima da nossa divindade. Nós bloqueamos o nosso conhecimento, a percepção da grandeza de quem somos para participar desse jogo. É por isso que criamos a separação. Mas então nós decidimos despertar...


O coração está sempre nos chamando de volta para casa. Essa é a função do coração. Ele nos chama para casa, para a inocência, para a casa do amor. Mas na realidade, o amor sempre esteve lá. A matrix criada pelo intelecto, a ilusão do medo e da separação é o que nos impede de enxergar o amor. A matrix é criação da mente. Por isso que as crianças não tem essa experiência, porque elas estão aqui, no agora, olhando, amando, inocentes. Elas não vêem nada de errado. Elas não vêem imperfeições.


Até que a sociedade, nossos pais, e todos os que permitem que participemos desse jogo, nos ensinam o que há de errado nas coisas. Primeiro, em nós mesmos e, depois, em tudo ao nosso redor. É claro que isso também é perfeito. É o que eles devem fazer, nós temos que passar por toda esta experiência de dualidade para compreender. Mas quando despertamos, é aí que começa a ficar divertido. Porque o sofrimento desaparece, e o medo também.

QUAL É A SUA OPINIÃO SOBRE A TEORIA MAIA QUE PREVÊ UMA MUDANÇA PLANETÁRIA GIGANTESCA EM 2012?

As coisas da ilusão não me interessam. A única coisa na qual eu me concentro é que todos se curem e voltem ao lar, á união. Já me falaram sobre as profecias maia, e eu acho que seria maravilhoso se elas se realizassem. Mas eu não projeto nada no futuro: o futuro não existe. A única coisa importante é estar, neste instante.


Estar consciente e ser mais amor em todas as oportunidades. Retorne ao lar com inocência. Não coloque a vida de lado por um momento futuro. A vida é aqui e agora. A inocência não delimita o futuro! Ela está aberta para o que quer que aconteça. Ela vê tudo de um ponto de vista do amor. Ela acolhe cada momento como uma experiência. Talvez toda humanidade unificará a consciência simultaneamente. Ou talvez metade da humanidade escorregue e caia do planeta. Realmente, não faz diferença. Porque a morte é impossível.


O planeta de criação é uma ilusão. Você pode criar qualquer coisa num instante sagrado! A única coisa que eu preciso é estar cem por cento neste momento. A única coisa que eu preciso é estar no meu coração neste momento. Seja o amor neste momento. Acolha a inocência de uma criança neste momento.


SE SOMOS PARTE DO UM, POR QUE DECIDIMOS VIVER ESSA DUALIDADE?

Porque ela é um jogo! Você não está se divertindo?! O intelecto sempre quer uma razão. Você vai a escola e aprende a ser racional em tudo, e ensinam a você que existe uma razão para tudo. Mas a dualidade simplesmente é. Ela é.


Estar na beleza, na dualidade, na magnificência, na confusão dentro de tudo isso, é simplesmente para que o UM experimente a si próprio. O intelecto quer saber o porquê. Nós achamos que existe alguma coisa a realizar. Nós achamos que isso é um teste. Mas não é. Tudo simplesmente é. Encontrar alegria e, então, descobrir o amor do eu. Essa é a razão. Amar a si mesmo incondicionalmente. Então, haverá liberdade absoluta.


Fonte: ISHA

sábado, 15 de janeiro de 2011

Caros amigos,



O Presidente do IBAMA se demitiu ontem devido à pressão para autorizar a licença ambiental de um projeto que especialistas consideram um completo desastre ecológico: o Complexo Hidrelétrico de Belo Monte. A mega usina de Belo Monte iria cavar um buraco maior que o Canal do Panamá no coração da Amazônia, alagando uma área imensa de floresta e expulsando milhares de indígenas da região. As empresas que irão lucrar com a barragem estão tentando atropelar as leis ambientais para começar as obras em poucas semanas.

Abelardo Bayama Azevedo, que renunciou à Presidência do IBAMA, não é a primeira renúncia causada pela pressão para construir Belo Monte. Seu antecessor, Roberto Messias, também renunciou pelo mesmo motivo ano passado, e a própria Marina Silva também renunciou ao Ministério do Meio Ambiente por desafiar Belo Monte. A Eletronorte, empresa que mais irá lucrar com Belo Monte, está demandando que o IBAMA libere a licença ambiental para começar as obras mesmo com o projeto apresentando graves irregularidades. Porém, em uma democracia, os interesses financeiros não podem passar por cima das proteções ambientais legais -– ao menos não sem comprarem uma briga.


A hidrelétrica iria inundar 100.000 hectares da floresta, impactar centenas de quilômetros do Rio Xingu e expulsar mais de 40.000 pessoas, incluindo comunidades indígenas de várias etnias que dependem do Xingu para sua sobrevivência. O projeto de R$30 bilhões é tão economicamente arriscado que o governo precisou usar fundos de pensão e financiamento público para pagar a maior parte do investimento. Apesar de ser a terceira maior hidrelétrica do mundo, ela seria a menos produtiva, gerando apenas 10% da sua capacidade no período da seca, de julho a outubro. Os defensores da barragem justificam o projeto dizendo que ele irá suprir as demandas de energia do Brasil.

Porém, uma fonte de energia muito maior, mais ecológica e barata está disponível: a eficiência energética. Um estudo do WWF demonstra que somente a eficiência poderia economizar o equivalente a 14 Belo Montes até 2020. Todos se beneficiariam de um planejamento genuinamente verde, ao invés de poucas empresas e empreiteiras. Porém, são as empreiteiras que contratam lobistas e tem força política –- a não ser, claro, que um número suficiente de cidadãos se disponha a erguer suas vozes e se mobilizar. A construção de Belo Monte pode começar ainda em fevereiro. O Ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, diz que a próxima licença será aprovada em breve, portanto temos pouco tempo para parar Belo Monte antes que as escavadeiras comecem a trabalhar.

Vamos desafiar Dilma no seu primeiro mês na presidência, com um chamado ensurdecedor para ela fazer a coisa certa: parar Belo Monte. Assine agora:

http://www.avaaz.org/po/pare_belo_monte/97.php

Belo Monte derruba presidente do
Ibama:

http://colunas.epoca.globo.com/politico/2011/01/12/belo-monte-derruba-presidente-do-ibama/

Belo Monte será hidrelétrica menos produtiva e mais cara, dizem técnicos:
http://g1.globo.com/economia-e-negocios/noticia/2010/04/belo-monte-sera-hidreletrica-menos-produtiva-e-mais-cara-dizem-tecnicos.html

Vídeo sobre impacto de Belo Monte:
http://www.youtube.com/watch?v=4k0X1bHjf3E

Uma discussão para nos iluminar:

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101224/not_imp657702,0.php

Em nota, 56 entidades chamam concessão de Belo Monte de "sentença de morte do Xingu":

http://oglobo.globo.com/economia/mat/2010/08/26/em-nota-56-entidades-chamam-concessao-de-belo-monte-de-sentenca-de-morte-do-xingu-917481377.asp




BOICOTE A BELO MONTE!!

https://secure.avaaz.org/po/pare_belo_monte/?vl

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Um pouco de humor da realidade dos palcos da política Brasileira..


Declaração de Marcela sobre como se apaixonou por Temer:

"Eu sei que é difícil de CREDICARD, mas foi amor a primeira VISA."


Fonte: Alberto Marsicano

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Remando contra a Maré


A prática de tonglen reverte a lógica habitual de evitar o sofrimento e buscar o prazer. Nesse processo, nós nos libertamos de padrões muito antigos de egoísmo. Começamos a sentir amor, tanto por nós mesmos quanto pelos demais; passamos a cuidar de nós mesmos e dos outros. Tonglen desperta nossa compaixão e nos faz conhecer uma visão muito mais ampla da realidade.
Para sentir compaixão por outras pessoas, precisamos sentir compaixão por nós mesmos. Precisamos nos preocupar, principalmente, com as pessoas que sentem medo, raiva, inveja, que são dominadas por todo tipo de vício, que são arrogantes, orgulhosas, mesquinhas, egoístas, más — você pode escolher. Ter compaixão e carinho por elas significa não fugir da dor de encontrar essas características em si mesmo. De fato, toda a nossa atitude diante da dor pode mudar. Em vez de rechaçá-la e de nos escondermos dela, é possível abrir nosso coração e nos permitirmos sentir essa dor, senti-la como algo que nos abranda, purifica e nos torna muito mais amorosos e bondosos.



A prática de tonglen é um método para nos conectarmos com o sofrimento — nosso próprio sofrimento e o que nos rodeia onde quer que possamos ir. É um método que nos leva a superar nosso medo da dor e a dissolver a dureza de nosso coração. Acima de tudo, faz despertar a compaixão que é inerente a todos nós, não importa quanto possamos parecer cruéis ou frios.
Iniciamos essa prática recebendo em nós mesmos a dor de alguém que sabemos estar em sofrimento e desejamos ajudar. Se sabemos que uma criança está sofrendo, por exemplo, inspiramos essa dor, desejando que ela se liberte totalmente do pesar e do medo. Quando expiramos, enviamos felicidade, alegria, ou o que lhe traga alívio. Esta é a essência da prática: inspiramos a dor do outro, para que ele possa sentir-se bem e ter mais espaço para relaxar e abrir, e expiramos, transmitindo relaxamento ou aquilo que sentimos que pode trazer alívio e felicidade.



Freqüentemente, entretanto, não conseguimos realizar essa prática porque nos vemos frente a frente com nosso próprio medo, nossa resistência, raiva ou qualquer outro sofrimento pessoal que esteja presente.
Nesse momento, podemos mudar o foco e começar a praticar tonglen por aquilo que estamos sentindo e por milhares de pessoas que, como nós, naquele exato momento, sentem precisamente a mesma impotência e angústia. Talvez sejamos capazes de dar um nome à nossa dor. Reconhecemos claramente o terror, repulsa, raiva ou desejo e vingança. Então, inspiramos por aqueles que estão dominados pelas mesmas emoções e irradiamos alívio ou qualquer outra sensação que proporcione espaço para nós mesmos e para essas incontáveis pessoas. Às vezes, não conseguimos dar um nome ao que estamos sentindo. Mesmo assim, podemos perceber sua presença — um aperto no estômago, uma certa opressão ou o que quer que seja. Simplesmente entramos em contato com o que estamos sentindo e inspiramos, trazendo-o para dentro de nós e fazendo isso por todos. Então, enviamos para fora alívio para todos.



Diz-se, freqüentemente, que essa prática contraria o padrão costumeiro que usamos para não desmoronar. Na verdade, a prática de tonglen realmente se opõe à nossa tendência habitual de querer tudo ao nosso próprio modo, de desejar que tudo dê certo para nós, independente do que aconteça aos outros. Ela desfaz os muros que construímos ao redor de nosso coração, as camadas de autoproteção que lutamos tanto para criar. Usando uma linguagem budista, podemos dizer que dissolve a fixação e o apego do ego.
A prática de tonglen reverte a lógica habitual de evitar o sofrimento e buscar o prazer. Nesse processo, nós nos libertamos de padrões muito antigos de egoísmo. Começamos a sentir amor, tanto por nós mesmos como pelos demais; passamos a cuidar de nós mesmos e dos outros. Tonglen desperta nossa compaixão e nos faz conhecer uma visão muito mais ampla da realidade. Ele nos apresenta a amplidão ilimitada de shunyata. Quando o praticamos, começamos a nos conectar com a vasta dimensão de nosso ser. Inicialmente, deixamos de dar tanta importância a tudo e nossa experiência passa a ser menos sólida do que parecia.



A prática de tonglen pode ser feita para os que estão doentes, para os que estão morrendo ou já morreram, para todos aqueles que, de alguma forma, estão sofrendo. Tonglen pode ser praticado como uma meditação formal, ou em qualquer lugar e a qualquer momento. Estamos passando e vemos alguém em sofrimento — ali mesmo, começamos a inspirar essa dor e a exalar alívio. Ou então, ao ver alguém sofrendo, podemos desviar o olhar. Esse sofrimento desperta nosso medo ou raiva, nossa resistência e confusão. Portanto, naquele exato momento, podemos praticar tonglen por todas as pessoas que, assim como nós, desejam ser corajosas, mas são covardes. Em vez de nos punirmos, podemos usar nossos próprios entraves como o primeiro degrau para compreender o que outras pessoas, no mundo inteiro, estão enfrentando. Inspirar por todos nós e expirar por todos nós. Usar o que parece veneno como remédio.


Podemos usar nosso sofrimento pessoal como um caminho em direção à compaixão por todos os seres.
Quando praticamos tonglen no momento em que nos deparamos com o sofrimento, apenas inspiramos e expiramos — inspiramos a dor, exalamos a amplidão e o alívio.


Quando praticamos tonglen como uma meditação formal, devemos seguir quatro passos:


1. Em primeiro lugar, descanse sua mente por alguns segundos em um estado de abertura ou quietude. Esse estágio é tradicionalmente chamado de lampejo do bodhichitta absoluto, ou de súbita abertura à amplidão e clareza fundamentais.


2. Em seguida, trabalhe com a textura. Inspire o calor, a escuridão e o peso — a sensação de claustrofobia — e expire serenidade, claridade e leveza — a sensação de frescor. Inspire profundamente, por todos os poros, e expire, irradie completamente, usando todos os poros de seu corpo. Faça isso até que essas sensações estejam sincronizadas com sua inspiração e expiração.


3. No passo seguinte, trabalhe uma situação pessoal — qualquer situação dolorosa que seja real para você. Tradicionalmente, começa-se praticando tonglen por alguém com quem nos preocupamos e que queremos ajudar. Entretanto, como já mencionei, quando seus próprios problemas o impedem de prosseguir, você pode realizar a prática pela dor que está sentindo e, simultaneamente, por todos aqueles que, como você, passam pelo mesmo tipo de sofrimento. Por exemplo, se está se sentindo incapaz, inspire essa sensação, por si mesmo e pelos outros que estão no mesmo barco, e exale confiança, sentimento de ser capaz ou de alívio, da forma que desejar.


4. Finalmente, torne esse processo mais abrangente. Se você está praticando tonglen por alguém que ama, estenda a prática a todos aqueles por quem nutre o mesmo sentimento. Se está praticando por alguém que viu na televisão ou na rua, faça o mesmo por todos os que estão em situação semelhante. Não se limite a uma única pessoa. Talvez já seja suficiente praticar por todos aqueles que, como você, estão dominados pela raiva, medo, ou por qualquer outro sentimento que também o aprisione. Entretanto, em todos esses casos, você pode ir além. Você pode praticar tonglen por aqueles que considera inimigos — aqueles que o ferem ou ferem alguém. Faça tonglen por eles, pense neles como dominados pela mesma confusão e impotência que vê em si mesmo e naqueles que ama. Inspire a dor deles, expire alívio.



A prática de tonglen pode ser infinitamente ampliada. À medida que pratica, gradualmente e ao longo do tempo, verá que sua compaixão naturalmente se expande, e o mesmo acontece com a percepção de que as coisas não são tão sólidas quanto você pensava. À medida que pratica, gradualmente e em seu próprio ritmo, ficará surpreso ao perceber-se cada vez mais capaz de ajudar os outros, mesmo em situações que pareciam insolúveis.




FONTE: Pema Chödrön, do livro Quando tudo se desfaz

Seja amoroso com você..


Ame-se, respeite-se, seja gentil consigo mesmo. A menos que você seja amoroso para consigo mesmo, você não pode ser amoroso com ninguém, absolutamente. A menos que você seja atencioso consigo mesmo, você não pode ser atencioso com ninguém; é impossível.
Eu lhe ensino a ser realmente egoísta, de modo que você possa ser altruísta. Não há contradição entre ser egoísta e ser altruísta: ser egoísta é a própria fonte de ser altruísta. Mas até agora você tem aprendido exatamente o oposto, lhe ensinaram o contrário.


E qual tem sido o resultado desse ensinamento? Ninguém ama ninguém. A pessoa que se condena não pode amar ninguém. Se você não pode amar nem sequer a si mesmo - porque você é a pessoa mais próxima a você -, se seu amor não pode nem mesmo alcançar o ponto mais próximo, é impossível seu amor chegar até as estrelas. Você não pode amar nada - você pode fingir. E é isso que a humanidade se tornou: uma comunidade de fingidores, hipócritas.
Por favor tente entender o que quero dizer por ser egoísta. Primeiro você tem que se amar, se conhecer, ser você mesmo.


A partir disso, você irradiará amor, ternura, atenção com os outros. A partir da meditação, surge a verdadeira compaixão, mas a meditação é um fenômeno egoísta. Meditação significa deleitar-se consigo mesmo e com sua solitude, esquecer o mundo todo e simplesmente deleitar-se consigo mesmo. É um fenômeno egoísta, mas desse egoísmo surge grande altruísmo. E, então, não há nenhum vangloriar-se a respeito, você não se torna egoístico. Você não serve as pessoas; você não as faz sentir-se devedoras a você. Você simplesmente se deleita em compartilhar seu amor, sua alegria.

FONTE: OSHO (Guida Spirituale)

sábado, 8 de janeiro de 2011

Viva o Presente..



Quando você encerra suas buscas atrás das verdades que você achava que eram absolutas, caminhos e crenças ou qualquer sentido para sua vida que até então você não tinha manifestado na sua vida, um universo mágico com infinitas possibilidades se apresenta a você.
Situações, lugares e pessoas que sempre estiveram ali mas você nunca percebeu ganham um brilho extraordinário. O sentimento de gratidão por tudo e todos, por qualquer coisa que acontece se faz presente em todos os momentos e você percebe que realmente não há caminho para nada, nenhum lugar..o caminho é você e sempre foi, sempre será. Antônio machado no extraordinário poema já dizia ''Caminante, no hay camino, se hace camino al andar..''


Em qualquer lugar que você esteja, a percepção do momento presente aumenta intensificando a experiência do momento e neste instante não existe o passado nem o futuro pois, a consciência se unifica com o todo ao redor e não existe mais parte, nada a parte. Não existe eu ou você, mas somente o UM o AGORA.
Em todo lugar que você está, qualquer situação que aconteça e qualquer pessoa que se aproxime, a percepção é de unidade, você vê tudo como reflexo de alguma parte que você esconde de você mesmo. Engraçado como a vida tem este jeitinho de mostrar a nós mesmos, quem somos nós realmente o tempo todo..Se a dádiva do Agora não fosse um lindo PRESENTE, não teria este nome com certeza..é no momento AGORA que podemos ser quem realmente somos, sentir e viver intensamente sem medo, travas, amarras ou qualquer teia ilusória da mente pois, no agora não há ressentimentos, não há ódio, passado ou futuro e para isto basta estar Presente.






Apenas respire, contemple, SEJA, apenas EXISTA..na sua real potencialidade. Não há o que buscar, ter, conquistar tudo está aqui e agora sempre esteve..momentos que a maioria vê como ''banal'' ou do tipo que sempre diz ''eu não tenho tempo a perder'' com certeza não enxerga a simplicidade da vida, pois está atrás de metas, correndo sempre sem satisfação interior, por isto dá tanta importância em acumular objetos, coisas, pessoas, títulos, canudos..é apenas a projeção do vazio existencial interior.


Momentos simples numa conversa entre amigos, você se emociona ao estar totalmente presente e recebe a benção do AGORA..se diverte, ri e se atira aos pés do momento AGORA..você existe..você é o UM..indescritível..no cafézinho da manhã, você também se emociona com o coração cheio de gratidão, porque? por um simples cafézinho? pensaria a mente cartesiana cheia de porques e buscas..para o intelecto tudo precisa fazer sentido, ter um porque de ser..
Com o coração não..em todas as situações você agradece por existir e estar aqui AGORA, evoluindo. A vida se transforma numa grande celebração e a energia que flui no universo que é você, se intensifica e você percebe que qualquer pensamento seu, qualquer atitude afeta o TODO pois você é o Todo..TUDO.


''Quem não ouve a melodia acha maluco quem dança''...hehehe


E só por este momento cósmico AGORA chamado vida, já valeu a pena ter nascido num corpo físico..nós somos eternos, energia pura, magia pura..conscientize-se do seu real poder.
Eu sou um outro você..




PAZ E AMOR..;)

sábado, 1 de janeiro de 2011

FELIZ 2011...


Que tudo seja tranformado e renovado pela magia do Amor neste novo ano..Somos o Amor cósmico em unidade experimentando a nós mesmos em tudo e em todos a todo momento..
A seguir faço das palavras da iluminada ISHA, as minhas..


PAZ EQUILÍBRIO VERDADE E EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA A TODOS NESTA NOVA JORNADA DE ANO NOVO QUE SE INICIA...VOCÊ FAZ SEU PRÓPRIO CAMINHO SEMPRE, E ESTE CAMINHO É UMA LONGA VIAGEM PARA DENTRO DE SI MESMO..

-------------------------------------------------------------------------------------------------





A SENHORA SEMPRE DIZ: ''QUANDO EU ME CURO, EU TRAGO PAZ AO MUNDO''. MAS COMO?

Nós falamos sobre a paz mundial, mas a única maneira de alcançar a paz mundial é elevar a consciência. As pessoas podem mudar governos,podem criar mais regras, podem ser boa gente, mas quando as pessoas estão atoladas no stress e se odeiam, é impossível que amem umas as outras.


Por isso, temos que retornar a união. Perceber que somos todos um..
O Amor é a única coisa real, o universo físico é uma ilusão criada pela mente,criada no medo, na separação, na defesa. Em toda parte somos ensinados a nos proteger.Por isso as pessoas fazem guerras,para proteger seus demônios imaginários. Mas nós os criamos.Nós criamos o universo, criamos o medo e criamos os demônios.CRIAMOS TUDO EM NOSSA MENTE.


Agora estamos chamando todos para que retornem ao lar, a casa do coração. Este é o único lugar no qual podemos perceber que NÓS SOMOS TODOS UM.
Expressem tudo, caminhar em direção ao medo, em direção a separação e perceber que são apenas coisas que VOCÊ ESTÁ PROJETANDO.
A consciência é o coração, e é a inocência. Nós temos que retornar ao coração.Se você vê alguma coisa no exterior da qual você não gosta, cure isso. Acolha essa parte de você. Porque nada está separado, e não há nada fora de você.TUDO É VOCÊ. Se afeta você, é você.
O que está fora não existe.


É por isso que, quando você está sendo completamente real, todo o amor começa a vir de dentro. Nossas máscaras não funcionam porque todo o nosso universo tem as mesmas máscaras, e todos podemos ver as nossas máscaras, e assim, a única pessoa a quem você engana é você mesmo.

COMO A GUERRA, A FOME, ETC., PODEM SER VISTAS COMO UMA EXPRESSÃO DO AMOR?
É impossível para uma mente iluminada explicar a alguém que vive na dualidade como o amor pode ser encontrado nessas experiências.
A minha experiência é que a vida é um jogo. É um jogo de dualidade. Nós temos abundância e temos fome. nós temos guerras e temos a união dos jogos olímpicos. Nós temos todo tipo de coisas criando separação, diversidade, tragédia, alegria e variedade. Essas são as cores que criam a paisagem diversificada que chamamos de vida.


Não há nada fora de você. Tudo está dentro da sua consciência. Pode mudar de forma, mas está sempre presente. O AMOR ESTÁ SEMPRE PRESENTE. Não importa o que aconteça, ele não pode ser removido, porque a totalidade é um. É completa em todas as partes. Por isso, é impossível para a abrangência do todo existir sem uma das partes: todas as partes estão sempre presentes. Se você perde alguém que ama, você acolhe esse amor dentro do seu coração. Porque você é essa pessoa querida que partiu. O EXTERIOR É SÓ A IMAGEM DE UM ESPELHO QUE REFLETE A GRANDIOSIDADE DE QUEM VOCÊ É.

Se você está vivendo a separação, você vê o todo em partes.
Você vê aspectos diferentes do um.
Mas nós somos todos um, nós todos sempre temos sido um, e não há nada fora de nós.
Tudo está dentro. Dentro da consciência, dentro da união do amor. O que está fora é uma ilusão.


OS ANJOS E OUTROS SERES CELESTIAIS EXISTEM?
A ilusão é ilimitada. Eu posso criar qualquer coisa dentro da minha ilusão. Eu posso criar anjos dentro da minha percepção celestial. Eu posso criar hobbits com seis pernas, sentados numa palmeira roxa,tomando sol. Não há limite para o que eu posso perceber, porque toda a minha ilusão é criada pela mente.

Dependendo da variação, da cor, da imaginação e da complexidade da pessoa, não há limite para o que se pode criar.
Eu posso viver o inferno na terra ou posso viver como Peter Pan, eternamente jovem, num jardim de fadas e piratas. Eu crio o meu mundo a cada instante e o meu mundo é minha responsabilidade.

EU SOU UM ETERNO ''AGORA''. EU TAMBÉM EXISTO EM REALIDADES DIFERENTES, EM NÍVEIS DIFERENTES DE CONSCIÊNCIA?
Não há nada, exceto VOCÊ. Você é a única coisa que existe. Por isso, você pode recriar a si mesmo um bilhão de vezes, num bilhão de realidades diferentes. Mas você ainda é somente o amor tendo a experiência de si próprio.

NÓS NÃO VOLTAMOS PARA NADA E NÃO CHEGAMOS A LUGAR NENHUM. NÓS NUNCA FOMOS EMBORA E NUNCA DEIXAMOS DE EXISTIR. NÓS SEMPRE SOMOS AMOR, CONSCIÊNCIA, O UM.