A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


quarta-feira, 29 de junho de 2011

O QUE É MEDITAÇÃO?

Enquanto pedalava pelo sul, Santa Catarina e Rio Grande, no mapeamento do meu próximo livro – Guia de Trilhas Serra Geral (BluGrama) – tentei explicar a meu companheiro de pedal o que é meditação. Tarefa difícil...

Lembrei de um comediante, acho que francês, que dizia que “meditar é algo muito mais importante do que ficar sentado no chão sem fazer nada”... Ele fazia graça, mas disse a verdade. Meditar requer muito esforço, embora o corpo aparentemente não faça nada.

Gosto da imagem que ouvi de um professor de budismo, repetida depois algumas vezes por monges budistas que conheci... Na meditação a gente observa a mente como se fosse uma tela de cinema. É assim que eu tento agir, enquanto medito: puxo uma cadeira e me sento, no meio da minha mente, em silêncio e muito atento, sem crítica e sem tentar controlar, e observo as projeções que minha mente joga na tela que me circunda.

Lembranças, fantasias, emoções, sensações físicas e, entre uma imagem e outra, vislumbres da própria mente. Passado, futuro, prazer, desejos, dor e um padrão de agitação constante. Assim minha mente se manifesta. Inquieta, sempre ocupada, como se tudo nela fosse muito importante. Cheia de si e lotada com todo tipo de detalhe. Ou, em outras palavras... Fechada para tudo o que não é produto dela mesmo.

Meditar é tomar consciência, observar, analisar, entender que essas manifestações mentais têm origem, duração e término – como tudo no universo, inclusive o próprio universo. Nos raros intervalos entre uma onda de agitação e outra, aparecem espaços que não são vazios porque parecem conter absolutamente tudo. Se medito com regularidade e dedicação, esses espaços ficam mais frequentes e de maior duração. Sinto um certo alívio.

Quando a mente não está ocupada fazendo tanto barulho, aparece o silêncio. O mundo à minha volta pode estar em carnaval, mas a mente fica em silêncio. Somente no silêncio da mente consigo ouvir o mundo à minha volta e, se estiver muito atento, consigo entendê-lo um pouco. Isso é meditar.

Obviamente não é preciso sentar no chão e fechar os olhos. Não é preciso se retirar para um canto escuro e silencioso. Mas esse isolamento ajuda no começo, porque não estamos habituados a prestar atenção no barulho da nossa mente ou a valorizar quando ela não está “ativa”. Achamos a agitação mental natural e até saudável.

Quando medito consigo abrir espaço na minha mente para apreciar – silenciosamente, sem a eterna voz do locutor (eu mesmo) que narra constantemente a vida na minha cabeça – o mundo à minha volta. Se estou, por exemplo, nos campos ondulantes de altitude da Serra Geral, polvilhado de bosques de araucárias e cortado por rios cristalinos correndo sobre lajes polidas de pedras, consigo beber o cenário com cada célula do meu corpo e não apenas com os olhos e a mente. Tudo parece mais vivo e presente.

Quer tentar?

FONTE: http://clubedaaventurakalapalo.blogspot.com/2011/06/o-que-e-meditacao.html

terça-feira, 28 de junho de 2011

COMETAS HONDA E ELENIN CUMPREM AS PROFECIAS MAIA, HOPI E CRISTÃS CONFORME O CALENDÁRIO MAIA SE APROXIMA DE SEU FINAL EM 28 DE OUTUBRO DE 2011


Muitas pessoas já ouviram falar sobre a próxima entrada para o sistema solar do cometa Elenin ( http://elenin.org ) e há toda uma gama de idéias e especulações sobre o que isso implicaria. Cometas sempre foram vistos como precursores de notícias auspiciosas ou (mais comumente) sinistras, e este certamente não é exceção. Idéias têm sido sugeridas que é na verdade uma estrela anã marrom, uma nave espacial ou as causas de alguns terremotos. Independentemente disso, neste outono próximo, dois cometas, Honda e Elenin, mais tarde a ser seguido por Levy, chegará a criação de uma sequência de corpos celestes no céu.

O cometa Elenin, que recebeu a maior atenção destes, estima-se em sua menor distância da Terra em torno de 16-20 outubro de 2011 perto do ponto médio do sétimo dia da Nona onda (ou Submundo Universal). Especialmente porque isto é justo antes da data verdadeira da conclusão 13 Ahau do calendário maia (28 de outubro de 2011), este cometa é, independentemente da natureza específica e do papel que ele pode ter, um fenômeno do fim dos tempos.

Esses cometas, então, chegarão no contexto de aprofundamento do caos político e econômico global produzido, porque as instituições do mundo não são consistentes com a consciência da unidade de entrada da Nona onda. Isso obriga um estudo de como este cometa está relacionado às profecias do final dos tempos por várias fontes.


A NOVA ORDEM MUNDIAL



As rebeliões que varrem o Oriente Médio e o Norte da África são “um bem para a democracia”
diz Ex presidente Lula...

Me perdoem os que estão enxergando mentes conscientes no meio de todos esses protestos pelo mundo. Eu não vejo nada disso, o pessoal na Grécia, na Espanha, as “revoltas” que estão acontecendo pelo mundo, estão ocorrendo porque os problemas chegaram no bolso da população. Uma porcentagem imensa de desempregados e falta de dinheiro é o que move a revolta desse povo.

Conscientização seria se todas essas revoltas estivessem direcionadas para colocar um basta nas guerras que se desenvolvem pelo globo e em especial no Oriente Médio e África.

Apenas nos primeiros dias de guerra na Líbia gastou-se 353 milhões de euros segundo o Centro de Avaliação e Orçamento de Washington e acredita-se que o custo da operação pode passar facilmente em 1 bilhão de dólares. E as guerra no Iraque e Afeganistão custaram nada mais nada menos que 1,3 trilhões.


Enquanto isso, a ONU anuncia a redução drástica de ajuda alimentar à Somália, porque houve uma queda nas doações.

“Temos apenas 30% da comida que precisamos para alimentar um milhão de pessoas".

"Na verdade estamos alimentando 66% dos um milhão de pessoas que deveríamos estar alimentando, e a quantidade de comida entregue é de apenas 33% do que deveríamos estar entregando"


sexta-feira, 17 de junho de 2011

O INFERNO VEM AÍ...


A palavra inferno vem do latim INFERIUS que significa lugar energéticamente falando, inferior ao Planeta terra onde reina a involução e vibrações densas de materialismo. A cada 3.500 anos, ocorre a passagem de um astro ou planeta ''desconhecido'' próximo a órbita da Terra para que os espíritos que não se libertaram das ilusões da inconsciência possam ser direcionados a este astro para assim, continuarem sua caminhada rumo a CONSCIÊNCIA. As religiões fazem confusão a cerca das profecias e sobre as palavras céu e inferno pois, desde a antiguidade a elite de cada povoado e seu reinado tentam manipular as pessoas para não descobrirem a verdade sobre estes ciclos terrestres e o tempo para que as pessoas despertem a consciência porém este conhecimento sempre se restringiu ao ocultismo e seitas secretas de cada época, fazendo a religião passar ao povo a errônea crença de que quem tentasse se aproximar do ocultismo, iria para o inferno pois era coisa do diabo.

Novamente este astro se aproxima da Terra só que agora com novo nome ''nibiru'', hercólubus, ''planeta X'' e outros, mais um ciclo de 3.500 anos chega ao fim causando dilúvio, tsunamis, terremotos e extinção de espécies históricas para que o planeta resurja das cinzas e ínicie uma nova jornada. Muitas pessoas acreditam que catástrofes e final do mundo ocorrem devido a profecias e religiões e por causa de um salvador e blá blá blá devido a grande manipulação do livre arbítrio da grande massa que segue o inconsciente coletivo mas se esquecem que a única pessoa responsável pelo despertar e encontrar a liberdade, é somente cada um. Não há salvadores, divindades, políticos e nenhum ser externo capaz de intervir por ninguém pois é estipulado um tempo para todos nós e são apenas dois caminhos INCONSCIÊNCIA OU CONSCIÊNCIA.

Acredito que Deus seja a Consciência cósmica infinita que nos concedeu o livre arbítrio, como um infinito mar de amor incondicional do qual somos pequenas gotas e a inconsciência é apenas uma parte deste mar, só que poluído ou turvo mas que mesmo nestas condições a Consciência em seu infinito amor e compaixão acolhe esta parte do mar compreendendo os motivos por trás de tal nível de poluição mas que no fundo sabe quando aquela parte do mar voltará a ser pura e cristalina pois, tudo é este mar de Consciência, tudo é Buda, Todos são divindades e todos são Deus.


Por mais que muitas pessoas estejam seguindo o inconsciente coletivo sem questionar, sem fazer o esforço interno para despertar e continuam se deixando manipular justamente pela inconsciência que criou as religiões, política, fronteiras e toda forma de nos fragmentar para poder dominar mas que sabe que lá vem o seu planeta de origem para puxar como um imã toda forma de inconsciência que insiste em não evoluir sempre permitido pelo livre arbítrio de cada um. Cada pessoa sabe o que serve para seu despertar consciencial ou não, uma pessoa não mata e rouba a toa pois, ela faz isto na inconsciência e na sua crença de felicidade e satisfação dos cinco sentidos da mesma forma que as religiões extremistas e evangélicas que se sentem muito bem em se julgar ''escolhidos'' e desdenhar dos restantes chamando-os de criaturas condenadas mas eles, também seguem na inconsciência pois toda forma de guerra, ódio, rancor, sofrimento é INCONSCIÊNCIA.

Ter o discernimento para perceber que consciência desperta é equilíbrio, também nos faz chegar a conclusão de que tudo o que existe neste planeta terra, tudo o que nos atinge, tudo o que é manifestado foi criadojustamente para que você e todos nós, despertemos a consciência cósmica infinita que não tem formas, não tem domínio pois é UNO com o todo e toda as galáxias e universos. Cada ser é especial de mais para a consciência e por mais que pareça que estamos a deriva de meros seres materialistas inconscientes que vieram de outras orbes para escravizar o planeta terra a muito tempo atrás, isto não é a realidade pois, o poder real que existe não está na mão de nada nem de ninguém. Está apenas dentro de cada um de nós o poder de se libertar do inconsciente coletivo que escolheu ser assim por ter medo de questionar toda história que nos foi imposta como verdadeira durante séculos e séculos.

O planeta terra por ser um mundo de expiação é como uma escola de aprendizado espiritual onde só há Consciência e inconsciência, portanto muitos seres de outros planetas estão aqui encarnados para aprendizado e retorno aos infinitos lares de consciência e o tempo desta dimensão está terminando para o inconsciente coletivo que assim segue por ESCOLHA própria por acreditar na manipulação dos que querem manter a grande massa fragmentada discutindo teorias e crenças impostas exatamente com este propósito, o de dividir para conquistar e ocultar o que acontece e o porque em cada final de ciclo que tem como pano de fundo as profecias apocalípticas.

Consciência é o sentimento de gratidão por reconhecer tudo na vida como caminho, para nos encontrarmos com nossa divindade interior e se tornar unos com este infinito mar de amor incondicional, é respeitar e amar tudo e todos como a nós mesmos enxergando no outro as mesmas condições para despertar e respeitar as escolhas da inconsciência mesmo que seja difícil pois, ver qualquer ser vivente causando dor ou sofrendo não é fácil, mas compreendemos o poder que cada pessoa tem para despertar para o caminho do amor. Encarar tudo isto como uma grande piada cósmica e relaxar na certeza de que não há nada errado lá fora, pois tudo está como deveria estar não é fácil para a mente cartesiana e linear, não há o que dar atenção ou mudar no mundo externo. Há somente o que mudar e evoluir dentro de cada um de nós para que o externo seja nada mais que o reflexo da própria consciência em ação.