A maioria das pessoas vive física, intelectual ou moralmente, num círculo muito restrito do seu ser potencial. Elas fazem uso de uma parte muito pequena de sua consciência possível.


( William James)


terça-feira, 2 de agosto de 2011

EXÉRCITO VERDE


Que tal cada leitor reservar pelo menos uma vez ao mês para aderir a esta iniciativa ambiental para tornar cada cidade ou bairro, mais verde?

Se trata das BOMBAS DE SEMENTES. Técnica desenvolvida a décadas atrás pelo grande sábio Masanobu Fukuoka. Quando vemos praças em nosso bairro mal tratadas, terrenos baldios e jardins públicos, podemos bombardear estes lugares com sementes.

Assim, com o tempo, muitas comunidades terão árvores frutíferas, leguminosas ou até remédios naturais para consumirem, sempre respeitando nossa mãe natureza. Muito se tem falado por aí do codex alimentarius, iluminatis e etc., mas realmente somos NÓS que temos o poder de reverter o quadro e não ficar somente na expectativa de profecias e blá blá blá. Este ao meu ver também é uma ótima opção de boicote a monsanto pois, nós podemos fazer sim, estoques de sementes e bombardear cada pedaço de terra disponível ao nosso redor transformando a selva de pedra das cidades grandes, em pequenas selvas naturais novamente...bom, a idéia é esta e a receita simples ! Mãos a massa hermanos !!

Como fazer:

5 partes - terra argilosa peneirada (de preferência vermelha);
3 partes - composto (de planta, não incluir esterco animal);
1 parte - coquetel de sementes SECAS (procure incluir uma boa variedade, incluindo sementes de adubação verde - feijao guandu - frutiferas, arbustos, legumes, etc.);


Adicionar o composto às sementes e misturar bem;
Adicionar a terra às sementes + composto e misturar até que esteja homogêneo;
Adicione a água passo-a-passo até que as bolas possam ser feitas, num diâmetro de até 1,5 cm (de preferência);


Secar as bolas de sementes à sombra, entre 1 a 2 dias;
Pronto! As bolas podem ser usadas imediatamente, ou armazenadas em local seco para uso posterior;
Para usar, simplesmente coloque ou jogue as bolas sobre a superfície, sem enterrá-las. Se possível escolha lugares onde a grama (quando houver) esteja bem baixa. Deixe-as sobre a terra até que a chuva as umedeça e inicie o processo...
Com a chegada da chuva a cobertura de terra se desfaz e as sementes começam a germinar. O composto por sua vez fornece aquela carga extra de energia à semente recém-brotada, e parte ao solo que vai receber a nova vida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário